Pesquisar
Close this search box.
/
/
Como economizar para comprar itens básicos da alimentação

Como economizar para comprar itens básicos da alimentação

Diante da alta nos preços dos alimentos especialistas e chef de cozinha dão dicas para uma alimentação saudável, sem desperdícios e uma cesta básica que cabe no bolso

A alimentação está mais cara para o brasileiro. O preço da cesta básica ficou mais caro entre os meses de setembro e outubro, em 12 das 17 capitais analisadas, de acordo com a Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

De acordo com o órgão, as principais altas foram em Porto Alegre (3,34%), Campo Grande (3,17%), Vitória (3,14%), Rio de Janeiro (3,10%) e Curitiba e Goiânia (ambas com 2,59%). Já as reduções foram em cidades do Norte e Nordeste: Recife (-3,73%), Natal (-1,40%), Belém (-1,16%), Aracaju (-0,61%) e João Pessoa (-0,49%).

Alimentação mais cara e seus fatores

A batata, o tomate e o pão francês são os grandes vilões do aumento, segundo o levantamento. Para o economista Leandro Rosadas, a razão do preço alto da batata em todas as cidades da região Centro-Sul, por exemplo, é por conta do fim da safra de inverno e pelas chuvas. “Já o tomate aumentou em 13 das 17 capitais, por conta baixa oferta ocasionada pela diminuição da colheita da safra de inverno”, explica Rosadas.

O pãozinho francês – que não pode faltar na mesa do brasileiro – também sofreu aumento de preço. “O quilo do pão francês aumentou em 12 das 17 capitais, em razão da expectativa de menor produção nos EUA e dificuldade de escoar o trigo da Rússia, devido à guerra com a Ucrânia, isso fez com que os preços internacionais do cereal ficassem elevados”, avalia Rosadas.

Já entre os itens que tiveram baixa, o economista destaca alguns que fazem parte da cesta básica do brasileiro. “O leite, que apresentou alta durante todo o ano; o feijão carioquinha e o feijão preto; o óleo de soja e o açúcar”, aponta Leandro Rosadas.

Conheça o Mundo do CX

Saída é pesquisar e adaptar a lista de compras

A educadora financeira, Aline Soaper revela que para economizar na hora de comprar a cesta básica, diante dos aumentos, a saída é pesquisar e adaptar a lista de compras.

“Com inflação e altas constantes dos preços dos produtos nos supermercados, o salário mínimo vigente hoje não supre a compra da cesta básica de alimentos”, frisa Aline.

O salário mínimo ideal para suprir as despesas básicas de uma família brasileira com quatro pessoas é de R$ 6.458,86. 

Diante da alta de preços no Brasil, o próprio Dieese mostrou que o salário mínimo ideal para suprir as despesas básicas de uma família com quatro pessoas no país é de R$ 6.458,86.

“A pesquisa de preços em diferentes estabelecimentos para escolher as melhores opções de acordo com o custo-benefício é uma estratégia que deve ser utilizada pelos consumidores”, destaca a educadora financeira.

Além disso, a substituição de produtos com valor nutricional parecido e optar por marcas mais baratas também é uma opção, diz Aline. Outra dica, é ir ao mercado com tudo que vai comprar anotado e levar calculadora. “Diante desses aumentos as despesas têm que estar na ponta do lápis para caber tudo no orçamento familiar”, indica Aline Soaper.

Desperdício zero como alternativa

A chef Marina Linberger, especialista em conservação e aproveitamento total dos alimentos, ressalta que diante desses aumentos, desperdício zero e sustentabilidade devem ser as palavras de ordem na cozinha dos brasileiros.

“Devemos mudar o padrão de consumo, trazendo uma nova percepção para alimentos que não estão dentro do ideal para serem ingeridos – seja por conta do tamanho ou até pelas pequenas imperfeições” – Marina Linberger, chef de cozinha.

Para a chef, quando falamos de alimentos perecíveis, podemos optar pela compra semanal, evitando a deterioração. Já o armazenamento também é importante. “Por exemplo, nem todos os vegetais precisam ser guardados na geladeira, como a batata. Já o tomate deve ir à geladeira para aumentar seu tempo útil”, indica Marina.

Além disso, para economizar Marina diz que é importante consumir ingredientes sazonais, que estão na época, pois são mais baratos. E também planejar as receitas para utilizar aqueles itens no máximo de receitas possíveis.

“Por exemplo, se você comprou um maço de couve que vai usar metade em um caldo verde, já planeja outra receita dentro do cardápio semanal para usar a outra metade da couve, para que ela não estrague na geladeira”, finaliza a chef Marina.


+ Notícias

Equilibrar consumo com menor poder de compra é desafio também das empresas 

Metade dos consumidores mais jovens compram produtos nas redes sociais 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]