Pesquisar
Close this search box.
/
/
Alexa, da Amazon, chega ao Brasil e, o melhor: falando português

Alexa, da Amazon, chega ao Brasil e, o melhor: falando português

A Amazon iniciou a venda de três caixas de som com a assistente de voz Alexa falando português do Brasil. Veja o preço e o que esperar dela no País

Alexa, a famosa assistente virtual da Amazon, iniciou nesta quinta-feira (3) oficialmente a sua jornada no mercado consumidor brasileiro. Isso porque as lojas brasileiras começam a vender os altos falantes da linha Echo com a assistente com um detalhe: falando totalmente em português. Dessa forma, o Brasil se torna o 15º país do mundo a receber a IA da empresa de Seattle.
De acordo com a companhia, inicialmente serão comercializados três produtos da Amazon em pré-venda: Echo Dot e o Echo Show 5, que serão enviados aos consumidores a partir da próxima semana. O terceiro produto, o Amazon Echo, só estará disponível para a pré-venda em novembro.

Prazer, Alexa!

A Alexa, ao lado da Siri da Apple, tornou-se um ícone quando o assunto é assistente virtual em todo o mundo. Mas se você nunca ouviu falar dela, sem problema. Vamos lá.
Alexa é o cérebro por trás do Echo e, como funciona na nuvem, fica mais inteligente com o passar do tempo. Basta fazer perguntar para que ela responda prontamente, toque músicas, leia notícias, traga os últimos resultados do futebol, controle sua casa inteligente, atualize sua lista de tarefas e muito mais. Com controle por voz de longo alcance, você pode fazer tudo isso do outro lado do cômodo, usando sua voz.
No Brasil, a Alexa chega com experiências construídas exclusivamente para o consumidor brasileiro. E o que isso significa? Terá uma nova voz, suporte ao idioma português falado no Brasil, conhecimento de alguns elementos da cultural local, além de  centenas de skills (aplicativos) locais – muitos deles criadas por desenvolvedores brasileiros – e mais. É possível até pedir um Uber, para se ter ideia.
“Dezenas de milhões de clientes ao redor do mundo já estão usando Alexa e estamos empolgados em apresentá-la aos clientes no Brasil”, disse Toni Reid, Vice-Presidente da Amazon Alexa.

“No Brasil, a Alexa é brasileira. Construímos uma experiência totalmente nova, que honra o idioma e a cultura únicos do Brasil, permitindo que os consumidores simplesmente peçam para tocar uma música, ouvir as notícias e ter informações sobre o clima, controlar sua casa inteligente e muito mais.”

Como usar

Para acessar a Alexa no Echo basta falar “Alexa”. Ao detectar o Echo, o anel de luz do dispositivo fica azul e começa a transmitir o pedido para a nuvem, onde ela processa o pedido.
Todos os dispositivos incluem uma série de microfones embutidos que utilizam tecnologia “beam-forming” para filtrar a direção da voz de comando, de modo que possam ouvir claramente quando você chamar a Alexa, mesmo do outro lado de um cômodo.
Essa tecnologia avançada combina o sinal dos microfones individuais para suprimir ruídos, reverberações, a música que estiver tocando e até conversas paralelas, a fim de ter certeza que a Alexa ouça claramente seu pedido mesmo em um ambiente barulhento.
Quanto ao preço, ela começa a ser vendida a partir de R$ 349 e pode chegar a R$ 559.

Bradesco

O Bradesco também pegou carona no lançamento e anunciou que vai se conectar com a Amazon. De acordo com um comunicado da companhia, a BIA, a assistente virtual do banco, vai interagir com a Alexa. Com a novidade, os clientes do Banco podem, utilizando a voz, esclarecer dúvidas sobre produtos e serviços, consultar saldo e realizar pagamento de boletos cadastrados em DDA (Débito Direto Autorizado).
As consultas utilizando o dispositivo podem ser realizadas em qualquer equipamento onde a Alexa esteja disponível, como o Amazon Echo. O cliente aciona a BIA dizendo a frase “Alexa, abra a BIA do Bradesco” para começar a utilizar.
O Bradesco vem trabalhando de forma pioneira junto com a Amazon para disponibilizar a BIA na Alexa.
“Nosso objetivo sempre foi disponibilizar a BIA onde o cliente estiver para que ele tenha uma experiência natural. O lançamento é mais um passo dessa estratégia, promovendo a interação de maneira conveniente e intuitiva”, afirma Walkiria Schirrmeister Marchetti, diretora executiva do Bradesco.


+ AMAZON

Varejista começa a oferecer vozes de celebridades para assistente virtual Alexa
Amazon Prime chega ao Brasil: uma ameaça para Spotify e Netflix?
Empresa cria função que impede que pessoas ouçam áudios gravados pela Alexa
Amazon cumprirá o Acordo de Paris antes dos 10 anos previstos
O que muda na hora das compras com a vinda da Amazon?


Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]