Pesquisar
Close this search box.
/
/
10 dicas de Jack Johnson sobre sustentabilidade

10 dicas de Jack Johnson sobre sustentabilidade

O cantor e ambientalista americano sugere medidas simples para diminuir o excesso de plástico no mundo e colaborar com um planeta mais sustentável

Desde o último Dia do Meio Ambiente, celebrado todos os anos em 5 de junho, Jack Johnson  exerce o papel de Embaixador da Boa Vontade do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA).

Para promover a conscientização sobre as consequências do descarte inapropriado do plástico no meio ambiente, Johnson divulgou uma lista de dez dicas úteis que podem ser facilmente adotadas para reduzir o uso desse material em nosso dia a dia.

1.Empacote você mesmo
Fico feliz em morar no Havaí, onde as sacolas plásticas foram proibidas recentemente. Apesar de muitas cidades terem criado leis sobre isso, a maioria segue utilizando-as indiscriminadamente. Você não precisa esperar por uma proibição para fazer a mudança. Comece a levar sacolas reutilizáveis a cada passeio no shopping ou no supermercado;

2.Reabasteça sua garrafinha
Garrafas plásticas de água não são apenas desperdício, também são prejudiciais à saúde quando reutilizadas. Use jarras, garrafinhas reutilizáveis de vidro e reabasteça no filtro sempre que possível;

Leia também: Soul Kitchen: o lado oculto do vocalista Jon Bon Jovi

3.Ressuscite o vidro
Substitua potes, sacos e filme plástico para conservar alimentos por recipientes de vidro reutilizáveis. Além de durar mais, você pode esquentar a comida com segurança no forno e no micro-ondas, sem riscos à saúde;

4.Marmita livre de desperdício
Como nos velhos tempos? Arrume uma lancheira, encha com comida de verdade, feita em casa, em vez de comprar alimentos industrializados e embalados em plástico;

5.Fique ligado no supermercado
Ao fazer compras, prefira aqueles produtos com a menor quantidade de plástico possível. Se um item que você quer vem em uma embalagem de vidro ou de plástico, escolha o vidro. Em vez de comprar carnes ou legumes embalados em grandes quantidades de plástico, compre esses produtos em açougues ou feiras locais, onde existe a opção de serem embalados em papel, e não se esqueça de levar a sua sacola reutilizável;

6.Reinvente a tele-entrega e a comida para levar
Ao pedir uma comida em um restaurante ou um café em um bar, leve a sua própria embalagem ou caneca de vidro ou inox. No caso da tele-entrega, avise quando não precisar de talheres de plástico, guardanapos ou excesso de embalagem. Não seja tímido, apenas explique gentilmente ao atendente que você prefere sua comida embalada de forma sustentável;

7.Canudos são para os fracos
Você realmente precisa de um canudo? Baristas e garçons irão frequentemente dá-lo a você apenas por hábito. Quando fizer o pedido, lembre-se de dizer: ?Sem canudo, por favor?;

Leia também: Maio, o mês da derrubada de barreiras sociais

8.Promova ecofestas
Copinhos, pratinhos e talheres descartáveis estão fora de cogitação. Se a louça for um problema, opte por petiscos que possam ser comidos com as mãos. Sugira aos seus amigos que tragam suas próprias canecas;

9.Limpe a barra do seu sabonete
Considere utilizar mais sabonetes em barra que vêm com menos embalagem plástica. Se você realmente preferir o líquido, compre o refil e reutilize as embalagens que já tem. Pesquise sobre os ingredientes da sua pasta de dentes e do seu esfoliante corporal e pare de usar qualquer coisa que contenha microesferas. Esses microplásticos são altamente poluentes e com elevado índice de absorção de pesticidas e metais pesados e vão parar em rios e oceanos onde as espécies marinhas se alimentam dessas partículas;

10.Seja um cidadão ativo e promova a responsabilidade corporativa
Junte-se a grupos que ajudam a defender as leis de responsabilidade das indústrias e dos produtores. Exija das empresas que assumam a responsabilidade sobre os produtos e embalagens que elas estão colocando no mundo.

Em Bahamas, no Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho), Jack Johnson liderou jovens na limpeza das praias locais. Assista ao vídeo.

Fonte: Nações Unidas.

 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]