Pesquisar
Close this search box.
/
/
Vídeos de youtubers mirins seriam trabalho infantil?

Vídeos de youtubers mirins seriam trabalho infantil?

Esse questionamento sobre pequenos youtubers, que vem ganhando força no meio jurídico, é uma das teses do Instituto Alana e já alcançou os tribunais em Minas Gerais

Blogueiros e youtubers, especialmente os mirins, viraram febre entre os jovens na internet. Afinal, eles são capazes de influenciar na roupa e até o que alguns seguidores devem comer. Há quem acredite que eles seriam “colaboradores” de algumas empresas pela maneira como citam alguns produtos ou serviços.

O que parece banal para algumas pessoas preocupa juristas e até entidades da sociedade civil organizada. O Instituto Alana, organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, que aposta em projetos que buscam a garantia de condições para a vivência plena da infância, defende a tese de alguns vídeos seriam anúncios disfarçados e, em alguns casos, feitos por youtubers com menos de 12 anos. O que isso significa para a Alana? Seria um desrespeito ao Código de Defesa do Consumidor (CDC) e até um exemplo de trabalho infantil.

“Esses blogueiros mirins são crianças com milhões de seguidores. As marcas, então, passaram a procurá-las e temos casos em que há contratos com essas crianças. Defendemos que menores de 12 anos estão proibido de fazer publicidade, se fizermos uma interpretação sistemática do ordenamento jurídico. Mas não apenas nós entendemos dessa maneira. O Ministério Público Federal (MPF) de Minas Gerais trabalha com uma ação específica contra um youtuber. Daqui para frente veremos cada vez mais casos de crianças fazendo esses anúncios”, afirma Isabella Henriques, diretora do Instituto Alana.

Verdade ou não, diversos são os vídeos de crianças ou jovens fazendo publicidade. Ou mesmo vídeos de crianças em encontros com youtubers em determinadas lojas. Veja alguns exemplos e tire suas conclusões.

Blogueiros e youtubers, especialmente os mirins, viraram febre entre os jovens na internet. Afinal, eles são capazes de influenciar na roupa e até o que alguns seguidores devem comer. Há quem acredite que eles seriam “colaboradores” de algumas empresas pela maneira como citam alguns produtos ou serviços.

O que parece banal para algumas pessoas, preocupa juristas e até entidades da sociedade civil organizada. O Instituto Alana, organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, que aposta em projetos que buscam a garantia de condições para a vivência plena da infância, defende a tese de alguns vídeo seriam anúncios disfarçados e, em alguns casos, feitos por youtubers com menos de 12 anos. O que isso significa para a Alana? Seria um desrespeito ao Código de Defesa do Consumidor (CDC) e até um exemplo de trabalho infantil.

“Esses blogueiros mirins são crianças com milhões de seguidores. As marcas, então, passaram a procurá-las e temos casos em que há contratos com essas crianças. Defendemos que menores de 12 anos estão proibido de fazer publicidade, se fizermos uma interpretação sistemática do ordenamento jurídico. Mas não apenas nós entendem dessa maneira. O Ministério Público Federal (MPF) de Minas Gerais trabalha com uma ação específica contra um youtuber. Daqui para frente veremos cada vez mais casos crianças fazendo esses anúncios”, afirma Isabella Henriques, diretora do Instituto Alana.

Verdade ou não, diversos são os vídeos de crianças ou jovens fazendo publicidade. Ou mesmo vídeos de crianças em encontros com youtubers em determinadas lojas. Veja o exemplo e tire suas conclusões.

Encontro de youtubers organizado pela Ri Happy

https://www.youtube.com/watch?v=DXFMYwFNjYQ

 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]