Pesquisar
Close this search box.
/
/
Varejo e Inteligência Artificial: disrupções, mudanças e aprendizados

Varejo e Inteligência Artificial: disrupções, mudanças e aprendizados

Sim, Inteligência Artificial vai mudar o varejo - e todos os negócios. O que você deve aprender desde já?

Os varejistas do mundo inteiro devem enfrentar uma nova fase de inovação tecnológica – com a Inteligência Artificial (IA) e o Machine Learning no seu núcleo. A IA emergiu como a forma mais eficaz para os varejistas transformarem dados em valor.

Por onde começar? Quais são as melhores práticas – que já foram estabelecidas – para fazer da Inteligência Artificial um instrumento a favor da geração de valor? Essas questões estão na mesa das lideranças do varejo. Observar como algumas empresas estão lidando com essa inovação representa mais uma fonte de conhecimento referencial.

A National Retail Federation (NRF) preparou um material, denominado princípios para IA, compartilhado durante o seu evento anual. Em linhas gerais, o documento destaca 4 princípios essenciais:

  • Governança e gestão de riscos;
  • Engajamento do consumidor;
  • Como a IA se relaciona com os colaboradores e quais as consequências dessa interação;
  • Quais os fornecedores que sua empresa irá escolher para liderar os projetos de IA?

Nessa linha, são muitas as questões envolvendo a adoção responsável de Inteligência Artificial. Quem precisa estar envolvido na governança interna da IA? É certo que uma empresa deve ter sua equipe de tecnologia, mas também é necessário envolver outras, como a área de conformidade ou compliance, o time jurídico e demais áreas de negócios relacionados à IA.

Uma visão prática – a experiência do Walmart

“Quando nos comunicamos com nossos clientes, consideramos com grande atenção a ‘Geração IA‘ e ferramentas poderosas, entendendo que há três elementos cruciais a serem destacados: aprimorar a experiência do cliente, economizar dinheiro como empresa e garantir uma implementação fácil e eficaz do processo”, afirmou Anshu Bhardwaj, VP Senior e Chief Operating Officer do Walmart Technologies. Para a executiva, a abordagem começa verdadeiramente com as necessidades dos clientes, seja resolvendo um ponto de dor específico ou proporcionando uma experiência encantadora. Ao compreender e efetivamente resolver as necessidades dos clientes, é mais provável construir conjuntos de dados para entender a direção correta a seguir.

Segundo Anshu, “esses três elementos convergem para criar uma experiência encantadora para o cliente. Para nós, a ênfase não está apenas na tecnologia; também buscamos investidores, fusões e aquisições, parcerias e pesquisa tecnológica”. A ideia é manter um olhar atento sobre os avanços tecnológicos, sem começar necessariamente com a obrigação de se impor uma inovação disruptiva.

A empresa usa a IA Walmart Plus para oferecer um serviço que antecipa as necessidades do cliente. E, é claro, toda a experiência do cliente e outros fatores. A força das lições do Walmart reside no fato da empresa ser uma gigante, com atuação praticamente global e com muitos e muitos recursos.

Ainda assim, todos os varejistas, incluindo os menores, podem embarcar na tendência de uso da IA. Não é mais possível operar sem utilizar a Inteligência Artificial para potencializar as ferramentas, processos e a força de trabalho, proporcionando uma experiência do consumidor superior.

A Era da IA dá mais poder à Geração Z?

O elemento central do uso da IA é assegurar confiabilidade e credibilidade para todos os consumidores. É fundamental conectar valores como privacidade e segurança para dar ao cliente a confiança necessária.

Finalmente, a IA tem efeitos positivos na produtividade dos associados. IA aplicada à qualificação, uma área ligeiramente negligenciada, mas que pode obter maturidade rapidamente, no sentido de incrementar a produtividade dos associados. Há muitas possibilidades, e muita vontade de experimentação. Esse contexto traz benefícios diretos do ponto de vista de receitas e lucratividade, e os clientes apreciam. Por último, diria que é essencial continuar experimentando, especialmente com a IA. Existe esse longo ciclo contínuo de inovação, e levará tempo para compreendermos a sutileza da regulamentação.

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]