Pesquisar
Close this search box.
/
/
Consumidor do futuro: o sentimento do cliente para 2024

Consumidor do futuro: o sentimento do cliente para 2024

Confira o sentimento do consumidor para o próximo ano, estudo aponta 4 insights para as marcas.

Entender e atender às necessidades do consumidor é um desafio constante para as marcas que desejam prosperar no futuro. Isso porque com a velocidade dos acontecimentos, incertezas econômicas e as inovações tecnológicas, o modo como consumimos produtos e serviços também se modificam. O consumidor de hoje já não é o mesmo de ontem e, sem dúvida, será diferente do consumidor de amanhã. No entanto, à medida que o consumidor, a tecnologia e as preferências evoluem, as marcas devem acompanhar essas mudanças.

A consultoria WSGN divulgou um estudo que identifica sentimento do consumidor que inicialmente que devem se tornar uma realidade para o mercado de massa até 2024. Essas tendências não apenas reflete a evolução das tendências dos consumidores, mas também tem o potencial de impactar o setor de negócios globalmente.

Quais serão os sentimentos esperados do consumidor no próximo ano?

Choque com o Futuro

Esse termo foi criado pelos escritores futuristas Alvin Toffler e Adelaide Farrell em seu livro ‘Future Shock’, de 1972. O termo descreve a paralisia social e emocional trazida por “estresse e desorientação opressivos”, gerados pela magnitude e pela velocidade em que as coisas mudam atualmente.

O estudo prevê que no próximo ano, a intensidade da tecnologia irá transformar radicalmente nossa forma de vida. Com o surgimento da “Internet de Tudo”, testemunharemos a completa dissolução das fronteiras entre o mundo físico e digital. Essa interconexão onipresente promete redefinir a maneira como vivemos e nos relacionamos.

A realidade virtual, embora útil em certos contextos, como procedimentos médicos e treinamento, a crônica do tempo pode causar dissociação da realidade, ansiedade, comportamentos viciantes e esse sentimento se chama Choque com o Futuro.

Excesso de estímulos

Como o próprio nome sugere, o excesso de estímulos causados pela conectividade irá impactar os nossos sentidos. Além disso, a sobrecarga sensorial acontece quando o cérebro recebe mais dados dos cinco sentidos do que ele é capaz de processar. Em 2024, o equilíbrio sensorial vai ser um antídoto ao excesso de estímulos.

Pode ser útil, por exemplo, adotar um ritual de ‘slowtechnology‘ pela manhã (usar apenas um dispositivo eletrônico por vez) ou procurar trabalhar sem nenhum som, desativando todas as notificações e ícones.

Assine nossa newsletter! Fique atualizado sobre as principais novidades em experiência do cliente

Otimismo realista

Aqui o estudo faz uma desassociação entre ser otimista realista e ter uma positividade tóxica. A sobrecarga emocional e a fadiga por compaixão são preocupantes. No Brasil, um estudo feito com adultos no Rio Grande do Sul apontou que os sintomas de depressão e ansiedade cresceram 6,6 e 7,4 vezes, respectivamente. Para se ter uma ideia, vídeos com a hashtag #selfcare foram assistidos mais de 20 bilhões de vezes no TikTok e há mais de 60 milhões de postagens #selfcare no Instagram.

Encantamento

Outro dado que chama atenção na pesquisa é que estresse e ansiedade crescem ao mesmo tempo em que consumidores buscam conforto em alimentos e bebidas que melhoram o humor.

“A sensação de arrebatamento que sentimos quando nos deparamos com algo tão poderoso que é difícil de explicar” essa foi a definição Professor de Psicologia da Universidade de Michigan (EUA), Ethan Kross.

Segundo o estudo, o encantamento é uma fusão de temor e admiração, um sentimento que ficou em segundo plano nos últimos dois anos. As pessoas substituíram os momentos de encantamento pela busca de estabilidade, pela sobrevivência e pela certeza.

De acordo com um estudo conduzido por psicólogos das universidades de Stanford e Minnesota, a experiência de encantamento desacelera a percepção do tempo das pessoas.

Marcas devem se preparar para responder a esses sentimentos

O comércio comunitário chegou para ficar

O mundo dos negócios está sempre evoluindo, e em 2024, as empresas enfrentam um cenário desafiador e empolgante. Do crescimento do comércio comunitário à próxima ascensão do metaverso, a capacidade de se adaptar e inovar é essencial para o sucesso empresarial. Para fidelizar o cliente, as empresas devem investir em iniciativas com um sentido de propriedade.

Invista na economia do cuidado

Crie momentos de compra que convidem à reflexão e apoie o consumidor que passa por problemas como doenças, fadiga mental e luto.  Incorpore o cuidado às suas entregas. As pessoas estão descartando tudo o que é tóxico em suas vidas – não deixe que a sua empresa esteja nesse mix.

Faça o metaverso trabalhar para você, não contra você

O estudo sugere que as marcas devam participar da Meteconomia, esse é um termo que tem ganhado destaque nos últimos anos, à medida que as tecnologias digitais e as economias virtuais se expandem rapidamente.

De acordo com o estudo, seja criando programa de fidelidade ou produtos digitais para avatares on-line ou investindo na tecnologia, até 2024, as marcas precisarão ter implementado uma metaestratégia sólida.

Acelere no ritmo certo

Faça testes com as estratégias sociais, defina quais categorias de produtos podem ser expandidas e garanta que os seus colaboradores tenham um espaço para descansar e refletir. Apesar das manchetes econômicas, a recuperação pós-pandemia é uma maratona, não uma corrida de 100 metros rasos.

Em tempos de transformações tecnológicas, econômicas, climáticas e incertezas geopolíticas, é fundamental estar cada vez mais atendo ao comportamento do consumidor. Cada vez mais, as empresas devem estar preparadas para tomadas de decisões rápidas e assertivas para acompanhar todas essas mudanças e prosperar em tempos de incertezas.



Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]