Pesquisar
Close this search box.
/
/
Ranking elege as 100 empresas mais sustentáveis em 2015

Ranking elege as 100 empresas mais sustentáveis em 2015

Adidas, L?Oreal, Johnson & Johnson, Unilever, Nokia e Natura são algumas das empresas que incorporam o ranking

O Global 100, ranking das corporações mais sustentáveis do mundo, foi lançado no Fórum Econômico Mundial, em Davos. Ele é anual e compilado pela Corporate Knights Capital desde 2005.

As empresas são julgadas de acordo com 12 métricas:

*Produtividade Energética;

*Produção de GEEs;

*Produtividade Hídrica;

*Produção de Resíduos;

*Capacidade de Inovação;

*Imposto pago relacionado ao EBITDA;

*A relação entre o pagamento do CEO e do trabalhador;

*Situação do Fundo de Pensão;

*Eficiência da Segurança;

*Rotatividade dos Colaboradores;

*Diversidade nos cargos de chefia;

*A ligação entre as remunerações e o ?Capitalismo limpo?.

Os números do resultado estão em porcentagem e a empresa que ocupa o primeiro lugar, a Bigen, teve sua avaliação em 73,5%. Confira o ranking abaixo.

1.    Biogen Idec (United States): 73.5%
2.    Allergan (United States): 72.8%
3.    Adidas (Germany): 72.6%
4.    Keppel Land (Singapore): 71.3%
5.    Kesko (Finland): 70.0%
6.    Bayerische Motoren Werke (BMW) (Germany): 69.2%
7.    Reckitt Benckiser Group (United Kingdom): 68.8%
8.    Centrica (United Kingdom): 68.5%
9.    Schneider Electric (France): 68.4%
10.    Danske Bank (Denmark): 68.4%
11.    Tim Hortons (Canada): 68.2%
12.    Outotec (Finland): 67.8%
13.    Novo Nordisk (Denmark): 67.6%
14.    L?Oreal (France): 66.8%
15.    BT Group (United Kingdom): 66.8%
16.    Marks & Spencer Group (United Kingdom): 66.6%
17.    Dassault Systemes (France): 66.6%
18.    Johnson & Johnson (United States): 66.2%
19.    Enagas (Spain): 66.0%
20.    Storebrand (Norway): 66.0%
21.    Commonwealth Bank of Australia (Australia): 65.8%
22.    Unilever (United Kingdom): 65.7%
23.    Atlas Copco (Sweden): 65.4%
24.    StarHub (Singapore): 65.3%
25.    Koninklijke Philips Electronics (Netherlands): 65.2%
26.    Coca-Cola Enterprises (United States): 65.2%
27.    Statoil (Norway): 65.2%
28.    Kone (Finland): 65.1%
29.    Teck Resources (Canada): 65.0%
30.    Galp Energia (Portugal): 64.5%
31.    Neste Oil (Finland): 64.4%
32.    Syngenta (Switzerland): 64.0%
33.    Nokia (Finland): 64.0%
34.    City Developments (Singapore): 63.7%
35.    Vivendi (France): 63.6%
36.    POSCO (South Korea): 63.4%
37.    TELUS (Canada): 62.9%
38.    Sigma-Aldrich (United States): 62.9%
39.    Henkel (Germany): 62.7%
40.    Electricite de France (France): 62.6%
41.    Westpac Banking (Australia): 62.2%
42.    Credit Agricole (France): 61.7%
43.    Novozymes (Denmark): 61.5%
44.    Natura Cosmeticos (Brazil): 61.5%
45.    Samsung Electronics (South Korea): 61.4%
46.    DNB (Norway): 61.4%
47.    Ecolab (United States) 61.2%
48.    Legrand (France): 60.8%
49.    General Mills (United States): 60.8%
50.    Eisai (Japan): 60.5%
51.    LG Electronics (South Korea): 60.4%
52.    Wolters Kluwer (Netherlands): 59.7%
53.    Agilent Technologies (United States): 59.5%
54.    Accenture (Ireland): 59.4%
55.    Siemens (Germany): 59.4%
56.    Intel (United States): 59.3%
57.    Bombardier (Canada): 59.2%
58.    Skandinaviska Enskilda Banken (Sweden): 58.7%
59.    British Sky Broadcasting Group (United Kingdom): 58.7%
60.    Daimler (Germany): 58.7%
61.    Adobe Systems (United States): 58.5%
62.    Shire (Ireland): 57.9%
63.    UCB (Belgium) 57.6%
64.    Enbridge (Canada): 57.6%
65.    Hess (United States): 57.2%
66.    Aeroports de Paris (France): 56.8%
67.    Sun Life Financial (Canada): 56.6%
68.    Pearson (United Kingdom): 56.4%
69.    Cisco Systems (United States): 56.4%
70.    Shinhan Financial Group (South Korea): 56.4%
71.    Johnson Controls (United States): 56.2%
72.    Colgate-Palmolive (United States): 56.2%
73.    Lenovo Group (China): 56.1%
74.    General Electric (United States): 56.1%
75.    H&M Hennes & Mauritz (Sweden): 56.0%
76.    The Toronto-Dominion Bank (Canada): 55.9%
77.    Campbell Soup (United States): 55.8%
78.    Australia & New Zealand Banking Group (Australia): 55.5%
79.    National Australia Bank (Australia): 54.5%
80.    BG Group (United Kingdom): 54.5%
81.    Renault (France): 54.2%
82.    BNP Paribas (France): 54.1%
83.    Varian Medical Systems (United States): 54.0%
84.    CapitaLand (Singapore): 53.9%
85.    Celestica (Canada): 53.9%
86.    Bank of Montreal (Canada): 53.7%
87.    Telefonaktiebolaget LM Ericsson (Sweden): 53.2%
88.    London Stock Exchange Group (United Kingdom): 53.2%
89.    Baker Hughes (United States): 53.0%
90.    Encana (Canada): 53.0%
91.    Hang Seng Bank (Hong Kong SAR, China): 52.8%
92.    Sanofi (France): 52.5%
93.    Suncor Energy (Canada): 52.3%
94.    British Land (United Kingdom): 52.0%
95.    ASML Holding (Netherlands): 51.7%
96.    Electrocomponents (United Kingdom): 51.3%
97.    Prologis (United States): 50.5%
98.    Intact Financial (Canada): 50.3%
99.    EMC (United States): 49.9%
100.    Essilor International, Compagnie Générale d? Optique (France): 48.2%.

Fonte: Tech.co.

Leia mais:

Brasil é o único latino-americano em lista de empresas sustentáveis

Empresas: as 100 mais sustentáveis do mundo em 2015

99% das empresas praticam a sustentabilidade
 

 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]