Pesquisar
Close this search box.
/
/
Quanto vale uma ideia?

Quanto vale uma ideia?

Conheça a história de um estudante que teve uma ideia inovadora para realização de pagamentos móveis e poderá ganhar um bom dinheiro com isso

Quanto vale uma ideia? No caso do estudante Flávio Salviano Junior, a resposta é exatamente R$ 100 mil. Ele está no terceiro ano do curso de Sistemas de Informação no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, e é um dos finalistas do Prêmio Santander Empreendedorismo. A proposta de Salviano é uma mudança no modelo que usamos para realizar pagamentos: ele quer desenvolver um sistema em que, para efetuar uma compra, você precisará apenas fornecer o número de seu telefone celular.

?O objetivo é propor uma nova tecnologia para efetuar o pagamento, tornando o processo mais seguro, pois as pessoas não precisarão repassar informações de seus cartões aos estabelecimentos comerciais?, explica o estudante. Aumentar a confiabilidade nas compras online e evitar o tráfego de informações confidenciais na rede são algumas das vantagens adicionais do sistema que Salviano pretende desenvolver, que já tem nome: PayCloud.

Como funciona a solução?

Os compradores precisarão cadastrar os dados de seus cartões e demais informações pessoais uma única vez na plataforma PayCloud. Por sua vez, os vendedores também deverão se cadastrar na plataforma para poderem utilizar o sistema. Ao realizarem esse cadastro, compradores e vendedores poderão se comunicar por meio da plataforma usando um aplicativo. Assim, quando for efetuar uma compra, bastará os compradores fornecerem o número do celular aos vendedores cadastrados. Com o número em mãos, os vendedores enviarão uma solicitação de pagamento para aquele telefone por meio do PayCloud. Ao receber a solicitação, basta o comprador acessar o aplicativo, inserir sua senha e autorizar o pagamento com um dos cartões já cadastrados no sistema. Automaticamente, o PayCloud enviará um comprovante de pagamento para o lojista.

?É um sistema que pretende solucionar o problema de quem não efetua compras pela internet porque tem receio de disponibilizar informações confidenciais em qualquer site e o dilema de quem sai de casa para ir a uma loja e fica com medo de ter sua carteira ou cartão roubados?, destaca Salviano. Por ter conquistado uma colocação entre os 15 projetos finalistas no Prêmio Santander Empreendedorismo, o estudante vai apresentar sua proposta em São Paulo para um grupo de especialistas que o ajudará a aprimorar sua apresentação. No dia seguinte, será o momento de mostrar sua ideia para uma comissão julgadora composta por executivos brasileiros e, após alguns dias, Salviano saberá se está na lista dos cinco projetos vencedores. Além de receber R$ 100 mil, os vencedores e os professores que os orientaram terão direito a uma bolsa de estudos na Babson College, em Boston, nos Estados Unidos, e a mentoria e licenças online fornecidas por uma empresa brasileira reconhecida na área de empreendedorismo.

Reconhecimento

?Desde quando ele me apresentou a ideia, achei que tinha potencial porque era algo simples e inovador?, conta Ellen Francine, professora do ICMC que orientou Salviano durante o desenvolvimento do projeto. ?É um sistema totalmente viável computacionalmente. É claro que ele precisará tratar especialmente os aspectos de segurança, mas qualquer método de pagamento exige isso?, completou a professora. Para ela, o projeto de Salviano está em sintonia com a tendência de ampliação no uso dos dispositivos móveis.

?Antes, não vivíamos sem o cheque. Agora, pagamos no cartão. Mas daqui a pouco, faremos tudo via celular. Essa é uma tendência”

Perfil empreendedor

Salviano é analista de sistemas em uma empresa da área de tecnologia em Araraquara e descobriu a oportunidade de participar do Prêmio Santander Empreendedorismo por causa de um e-mail que recebeu com o título ?Links da semana?, enviado todas as sextas-feiras pelo ICMC. Quando leu o edital do Prêmio, faltavam apenas duas semanas para as inscrições acabarem. Mas notou que não era preciso desenvolver o projeto, bastava apresentar uma ideia. Então, resolveu tentar. Enviou uma mensagem para a coordenadora do curso, professora Simone Souza, que imediatamente encaminhou a solicitação para a docente responsável por ministrar a disciplina de empreendedorismo. Foi assim que o estudante conheceu a professora Ellen.

Há cerca de 10 anos, Ellen é uma das responsáveis pela disciplina de empreendedorismo, oferecida aos alunos dos cursos de Sistemas de Informação e Engenharia de Computação. ?Temos cada vez mais alunos interessados em empreender e o ICMC busca estimulá-los. Mas muitos estudantes não sabem como começar, por isso, nas aulas, busco mostrar quais são os passos iniciais para empreender?. A professora conta que usa o modelo de sumário executivo do Prêmio Santander Empreendedorismo durante as aulas e que sua intenção é motivar a vertente empreendedora também nos estudantes da pós-graduação do Instituto: ?Queremos incentivar os alunos a desenvolverem suas pesquisas já pensando em criar produtos com inovação?.

Segundo Ellen, Salviano tem o perfil de um empreendedor: mesmo ainda não sendo aluno da disciplina de empreendedorismo, a qual só cursará no próximo ano, ele foi proativo e correu atrás de todas as informações de que precisava para construir o sumário executivo de seu projeto, requisito básico para participar da competição. Depois, precisou contar com o mesmo autodidatismo para desenvolver o plano de negócios.

?Para ser um empreendedor, não basta ter uma boa ideia, é preciso também enxergar as oportunidades?

Salviano já mobilizou a família. Ele conquistou dois sócios: a própria namorada, Caroline dos Santos, que cursa Ciências de Computação na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar); e seu irmão, Henrique Salviano, que cursa Estatística na UFSCar. Na próxima quinta-feira, todos estarão torcendo para que Salviano comece a trilhar uma nova etapa de sua vida. ?Quero ter algo meu e trabalhar para mim mesmo?, finaliza.

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]