Pesquisar
Close this search box.
/
/
O que você precisa saber sobre os reajustes de planos de saúde

O que você precisa saber sobre os reajustes de planos de saúde

Qual a diferença entre planos individuais, coletivos e o falso coletivo? Quais deles tem o reajuste mais alto? A gente explica para você

Todo o início surgem sempre os mesmos assuntos: os impostos, compra de material escolar e o famigerado reajuste do planos de saúde. Especificamente sobre o último caso, há sempre dúvidas sobre os benefícios oferecidos no mercado e, claro, os motivos para aumentos tão exorbitantes.

A primeira coisa que você precisa entender é: a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) é o órgão responsável por regular todos os planos de saúde, sejam eles individuais/familiares ou os coletivos (empresariais e por adesão). Ela pode definir, por exemplo, se um reajuste pode ou não ser aplicado.

Um exemplo disso aconteceu em setembro do ano passado quando a ANS suspendeu, por 120 dias, a aplicação do reajuste de todos planos  por causa da pandemia do novo coronavírus.

No entanto, aqui, há uma diferença importante: a ANS pode suspender a aplicação do aumento, mas ela não poderá definir o percentual de reajuste de todos os planos disponíveis no País. Dito isso, vamos falar sobre os planos existentes no País.

Reajuste dos planos individuais e familiares

O plano individual é uma modalidade com baixa oferta no mercado nacional, muito embora exista um movimento de novas empresas oferecendo esse modelo, como é o caso da Qsaude.

De acordo com a ANS, cerca de 20% do total de planos de saúde em funcionamento no País está nesse grupo contra 70% dos planos empresariais – há ainda os outros quase 10%, que compõem o chamado coletivo por adesão.

Um dos motivos para a escassez desse plano no mercado está relacionado ao reajuste: quem define o percentual máximo é a ANS, que normalmente é o menor que o valor definido pelo mercado. Para o período de maio de 2020 a abril de 2021, o índice estabelecido foi de 8,14%.

Reajuste dos planos coletivos com 30 beneficiários ou mais

Sabe o plano de saúde que a sua empresa oferece? Então, ele é justamente o benefício mais popular do Brasil e o mais oferecido pelas empresas.

Também conhecido como “empresarial”, ele está sujeito às regras da ANS, exceto por um detalhe: o percentual de reajuste. Quem define o aumento não é a agência, mas o mercado ou, no caso dos planos de saúde, a chamada inflação médica. Em linhas gerais, trata-se de um regra de cálculo bem complexa e que inclui desde a inflação oficial até fatores como a inovação médica, entre outros.

Este ano, existem relatos que o reajuste poderá chegar a 50% – o percentual inclui o aumento não aplicado no ano passado por causa da já mencionada suspensão da ANS.

Reajuste de planos coletivos com até 29 beneficiários

Essa é uma modalidade que também pode incluir empresas, mas com um detalhe: o número de beneficiários de um grupo não poderá ser superior 29 pessoas.

Assim como no coletivo com mais de 29 beneficiários, o reajuste é definido pelas regras do mercado – ou a inflação médica.

“Falsos coletivos”

Há ainda um modelo mais barato, que vem crescendo em popularidade, mas que andou dando dor de cabeça para a ANS: o chamado falso coletivo.

A ideia do plano é a seguinte: sob a coordenação dos planos, diversas pessoas se juntam e formam um grupo de beneficiários ou coletivo. Ou seja, em vez de contratar um plano individual, o indivíduo ingressa em um falso coletivo.

Até pouco tempo, o modelo era apontado como inseguro porque não criava um vínculo representativo tal qual acontece entre empresa e plano de saúde – e isso poderia gerar problemas no uso do benefício.

Para dar fim a essa situação, a ANS passou a obrigar a necessidade de vínculo associativo, de classe ou empregatício para adesão ao falso coletivo. Ou seja, em tese, se você fizer parte de uma associação, isso já credenciaria você a ter a esse plano.

Acontece que o consumidor precisa ficar atento ao falso coletivo. De fato, ele é barato, porém o reajuste não é definido pela ANS, mas pelo mercado – a tal inflação. E, conforme mencionamos, ele poderá chegar a 50% este ano.


+ Notícias

Por que a pandemia fez retomar o debate sobre o PL da Multicanalidade?

Excluídos digitais: um quarto dos brasileiros sequer tem acesso à internet

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]