Pesquisar
Close this search box.
/
/
Por que a Nespresso quer que você tome café gelado?

Por que a Nespresso quer que você tome café gelado?

Marca da Nestlé, a Nespresso lançou dois cafés especiais para serem tomados frios e investiu em um espaço para divulgação. Tudo para criar uma tendência

Nesta última semana, quem passou em frente à Avenida Europa se deparou com um espaço chamado Nespresso Summer House. Serão três dias de evento em uma espécie de casa de verão, como o próprio nome diz, com diversas experiências para as pessoas aprenderem a degustar um verdadeiro café gelado. Sim, gelado.

A marca acabou de lançar dois tipos de café para serem consumidos com gelo. Mas seria inocência pensar que a estratégia é apenas para chamar a atenção para o lançamento. Afinal, foram 3,9 mil convites colocados à disposição de membros do clube Nespresso e clientes das boutiques – esgotados em apenas duas horas. A ideia é que café gelado vire uma tendência da marca.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

A meta é ousada. Apesar das edições limitadas dos cafés Intenso On Ice e Leggero On Ice durarem até março, o investimento em bebidas geladas permanecerá. Nas boutiques, por exemplo, já é possível ter acesso a receitas de drinks gelados, de forma similar que haverá na Summer House.

De acordo com a executiva Cláudia Leite, head de cafés e sustentabilidade da Nespresso, a empresa espera que o café gelado alcance um volume de 20% do total consumido. E ela não quer ficar para trás. “É algo que testamos no verão europeu, com os mesmos sabores, e teve uma receptividade muito grande”, diz ela.

A título de curiosidade, o café é preparado na própria máquina Nespresso, de maneira quente. Logo depois, leva gelo – que gera uma reação química que faz o aroma do grão permanecer na bebida. Logo depois, é acrescentado água – a partir daí, as opções são infinitas.

Barreira cultural

O investimento de empresas no ramo de cafés gelados não é algo tão novo. Em 2011, a Coca-Cola já ventilava a sua entrada no segmento de cafés quentes e gelados prontos no Brasil. Até agora, não foi para frente.

Há duas décadas, o empresário taiwanês Chang Kai, da Brasfanta, lançou o café Mr. Brown, com vários sabores da iguaria gelada. É considerado um dos maiores micos do mercado – à época, o brasileiro simplesmente não apreciou o café frio e latas sobravam nos estoques dos varejistas.

Por aqui, diversas empresas apostam nas versões geladas, mas não com o café como protagonista. O Starbucks é um exemplo. Enquanto nos Estados Unidos é comum ver americanos tomando cafés com gelo no meio da rua, por aqui frapuccinos, repletos de ingredientes como chocolate e chantilly, dominam os pedidos.

Não é por acaso que o Starbucks aposta nas versões geladas. E não é pouco. Em 2016, a empresa anunciou que pretendia dobrar o número de bebidas geladas até 2020.

Café gelado em casa

A Nespresso quer ajudar na expansão da tendência do café gelado, mas também na preparação da bebida na própria casa. Nele, pode ir limão, vodka, raspas de laranjas, entre outros.

“Queremos criar uma curiosidade nas pessoas e até mesmo diminuir a estranheza que a bebida pode trazer”, diz a executiva da Nespresso.

E o investimento está sendo alto. A Nespresso não divulga os valores que investiu na preparação do evento e na publicidade, mas alguns fatores ajudam a entender o tamanho do aporte.

No lançamento para imprensa e influenciadores, a convidada mais esperada era a atriz Giovanna Ewbank, uma das estrelas mais bem pagas em propaganda. Estima-se que o seu cachê para marcas ultrapasse o R$ 1 milhão.

A estrutura também não ficou para trás, com parcerias com empresas como a Diageo, e sua vodka Ketel One, além da lanchonete Bullguer. Os três dias (1, 2 e 3 de fevereiro) ainda terão atrações como a cantora Pathy Dejesus, DJ Zeh Pretim e o grupo Batuque Digital.

Tudo isso para fazer você se acostumar a tomar um café gelado.

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]