Pesquisar
Close this search box.
/
/
Brecha com Pix: Máquina da Cielo apresenta abertura para fraude no sistema de pagamento

Brecha com Pix: Máquina da Cielo apresenta abertura para fraude no sistema de pagamento

A empresa declarou que o caso foi isolado e a falha já foi resolvida, entenda o que aconteceu

Imagine ir a uma loja de eletrodomésticos em busca de uma geladeira de última geração. Ao entrar no ambiente e encontrar o modelo, com valor de R$ 6.000, você se dirige ao caixa para efetuar o pagamento por Pix. Assim que a maquininha da Cielo reconhece o pagamento, você — que nessa imaginação é cliente também do Bradesco — abre seu aplicativo do banco para escanear o QR-Code e concluir a compra. Porém, na última autenticação, o app te pede para escrever por extenso o valor que será pago.

Como o campo é livre, é possível inserir qualquer outro valor de confirmação. Assim, ao invés de R$ 6.000, você insere R$ 600 e sai da loja pagando apenas 10% do produto original, sem que o lojista sequer perceba que foi vítima de fraude — posto que o comprovante de papel sai com o valor originalmente inserido.

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente 

A situação parece um tanto quanto hipotética, posto que as transações de Pix são normalmente autenticadas várias vezes e os valores são sempre os mesmos do faturamento e do pagamento. Mas o caso não é exatamente imaginação: uma máquina de pagamento da Cielo apresentou esse erro na hora de realizar um pagamento por Pix utilizando o QR-Code, conforme mostra um vídeo que viralizou nas redes sociais nesses últimos dias.

Pix e Cibersegurança: entenda o caso

Após inúmeros usuários assistirem ao conteúdo do vídeo, o pagamento se tornou incerto e tanto a Cielo quanto o Bradesco se pronunciaram sobre o assunto. Procurada pela redação da Consumidor Moderno, a empresa destacou que esse foi um caso isolado e que a falha de segurança já não representa mais nenhum risco.

“A Cielo esclarece que a intercorrência na utilização de aplicativo para pagamento por Pix em máquina da Cielo foi isolada e já se encontra sanada”, explica a corporação de pagamentos.

“Foi uma situação pontual e isolada, que já havia sido prontamente corrigida. O vídeo é de uma semana atrás”, complementa o Bradesco.

Leia mais: Procon SP notifica Banco Central por causa do vazamento de 160 mil chaves PIX

Ainda que tenha sido um caso isolado e que não compreende mais riscos, é preciso analisar como os sistemas de pagamento por vezes não são tão confiáveis quanto o esperado. Como escreve o especialista de e-commerce da MrBot, Alexandre Volpi, que compartilhou o conteúdo em sua rede do LinkedIn, essa é mais uma prova de há vezes em que erros acontecem e é necessário buscar sempre a melhoria dos sistemas.

“Por mais que o seu sistema seja seguro (e você pode acreditar nisso), sua aplicação ou solução vai rodar obrigatoriamente em um sistema operacional (temos alguns bugs aqui) os drivers da sua placa de rede, placa de vídeo, a bios da sua máquina, todos esses caras têm um ou um monte de bugs, sem contar os usuários, as redes de wifi abertas… Adivinha por onde os criminosos vão entrar? Pelo lugar mais fácil, é claro! Sem defender ou acusar a Cielo: sistemas são bichos ingratos, filhos digitais desnaturados e acredite quando lhes digo que todos nós temos telhado de vidro. E vou além: é um vidro bem fininho”, escreve o especialista em sua rede.

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente 

Repercussão e esclarecimentos

Investida sobre o caso, a redação da Consumidor Moderno realizou testes de transações via Pix pelo aplicativo mobile banking do Bradesco, que ocorreram de acordo com a normalidade, sem erros.

Em resumo,caso reflete algo que muitos especialistas costumam alertar: as novas tecnologias são encantadoras, mas podem ser perigosas. É preciso, portanto, monitoramento constante e trabalhar a cibersegurança em conjunto com as inovações do mercado.


+ Notícias

Pix avança em seus serviços e apresentará novidades em 2022
Débito, crédito, Pix ou boleto? 40% optam por dinheiro em espécie 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]