/
/
PetX: a experiência dos animais de estimação ganha cada vez mais protagonismo

PetX: a experiência dos animais de estimação ganha cada vez mais protagonismo

Cada vez mais empresas oferecem benefícios aos 'pais de pets', mais um indicativo da potência deste mercado. Confira iniciativas e soluções:

Trabalhar em uma empresa que ofereça benefícios pet, que podem incluir desde auxílio para compra de ração a licença-adoção ou por luto, parece ser só o sonho de tutores de animais de estimação, os famosos “pais de pet”. Mas políticas corporativas deste tipo já existem e estão se tornando cada vez mais comum.

Impulsionadas pelo mercado pet aquecido, as empresas têm passado a considerar a experiência dos seus colaboradores em relação aos seus animais. Afinal, nos últimos anos houve um aumento significativo de pessoas que contam com cães e gatos em casa. De acordo com o Censo Pet IPB/2022, a população doméstica de animais de estimação aumentou em 6% para felinos e a canina 4%.

Isso fez do Brasil o terceiro país em número de animais domésticos: são 149,6 milhões deles espalhados pelos lares brasileiros. Considerando os dados, o que os novos benefícios revelam é que nem o mundo corporativo pode mais ignorar que os animais domésticos estão, sim, sendo considerados parte da família.

“O impacto da pandemia provocou uma mudança de comportamento. Os tutores estavam mais próximos de seus pets e puderam perceber os benefícios da interação humano-animal. Hoje em dia, eles possuem uma preocupação maior sobre o bem-estar de seus animais”, comenta Natália Lopes, médica veterinária e gerente de comunicação e assuntos científicos da Royal Canin Brasil.

Seria a PetX – experiência pet – a nova tendência dos animais domésticos, que agora chega também às corporações?

Assine nossa newsletter!
Fique atualizado sobre as principais novidades em experiência do cliente

Animais de estimação se tornam protagonistas

Uma vez que os animais de estimação já são tidos por muitos como membros da família, empresas que consideram esta relação no momento de construir suas políticas de benefícios acabam demonstrando sensibilidade à nova tendência: pets são agora protagonistas.

Não só está em jogo o bem-estar dos colaboradores e o que eles esperam do local de trabalho, mas o incentivo a uma cultura organizacional que busca um equilíbrio entre trabalho e vida pessoal. Também há o reconhecimento sobre os efeitos que a relação humano-animal pode trazer à saúde mental e física.

Uma pesquisa da HABRI (Human Animal Bond Research Institute) em colaboração com a Mars Petcare, por exemplo, identificou que 80% dos tutores de pets se sentem menos solitários por causa dos bichanos. “O reconhecimento do papel significativo dos pets na vida das pessoas têm impulsionado essa mudança de comportamento. À medida que mais empresas adotam políticas voltadas para os pets, é possível que essa tendência se fortaleça e se torne ainda mais comum no mundo corporativo”, afirma Juliana Gonçalves, diretora de RH da Royal Canin Brasil.

Da mesma forma, os próprios tutores têm se tornado mais conscientes das necessidades dos animais que adotam ou compram, buscando soluções que atendam às suas demandas específicas. Então, faz sentido que a preocupação chegue ao que se espera das companhias para as quais trabalham.

O que as empresas podem oferecer para tutores de pets?

Com escritórios pet friendly, a Royal Canin, companhia de ração e produtos para pets, foi uma das primeiras no Brasil a adotar benefícios voltados aos animais de estimação de seus colaboradores.

Segundo a diretora de RH da empresa, o ponto de virada para o fortalecimento de políticas internas deste tipo foi a percepção geral do valor emocional agregado ao papel de ser um tutor de pet e da importância dos animais de estimação na vida das pessoas. Além disso, a própria evolução do mercado pet fez com que eles fossem cuidados e valorizados mais do que nunca.

Conheça o Mundo do CX

Assim, o que as empresas podem oferecer aos tutores de pet?

Licença-pet: desde 2018, a Royal Canin concede a Licença PETernidade, equivalente a oito horas ou um dia de trabalho, para novos tutores que adquirirem um bichano por meio de ONGs ou criadores. O objetivo é incentivar a posse responsável.

“Tornar-se tutor deve ser uma decisão consciente e planejada. Ao permitir que os funcionários tenham tempo para cuidar e se ajustar à chegada de um novo animal de estimação em suas casas, demonstramos compreensão e empatia em relação às necessidades e responsabilidades dos colaboradores”, comenta Juliana Gonçalves.

Licença por luto de pet: implementada em 2022 na empresa, pode ser usada pelo tutor que passa pela perda de um animal de estimação. Ela permite que o colaborador tenha um tempo adequado para lidar a perda de um parceirinho. Afinal, para a diretora de RH da Royan Canin, esta pode ser uma experiência emocional semelhante à perda de um ente querido.

Auxílio-pet: colaboradores e novos tutores recebem um auxílio da empresa para compra de alimentos para os animais domésticos.

Escritório pet-friendly: em dias específicos, as pessoas podem levar seus pets ao escritório. “Com isso, proporcionamos um ambiente de trabalho mais inclusivo, que reconhece e valoriza a importância dos animais de estimação na vida de seus colaboradores”, complementa Juliana Gonlçavez.

PetX e reflexos no mercado de animais domésticos

A importância das novas políticas corporativas voltadas à experiência dos pets e seus tutores caminha junto do crescimento deste mercado, que tem se expandido desde um aquecimento considerável na pandemia.

De acordo com o Radar Pet do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Saúde Animal (SINDAN), 30% de cães, gatos e outros animais de estimação foram adotados ou adquiridos no período pandêmico. Isso fez com que o Brasil fosse não só um dos países com mais pets do mundo, mas também um dos mais lucrativos.

Em 2021, por exemplo, o mercado de animais de estimação brasileiro faturou R$ 51,7 bilhões, segundo o censo do IPB. Já o SEBRAE estima que hoje existem mais de 285 mil empresas voltadas para os animais domésticos no Brasil.

Neste caso, a experiência pet começa a se refletir nas oportunidades de negócio: as empresas vão das mais tradicionais, como casas de banho e tosa, pet shops, clínicas veterinárias e passeadores/adestradores, a outras que revelam a criatividade do nicho, como creches, SPAs, organização de festa para pets, refeição natural, hotéis, pet sitter (babá) e serviço funerário e plano de saúde.



+ NOTÍCIAS
Prevenção e desfecho: Conheça a estratégia da Alice
inDrive anuncia nova solução em delivery para o Brasil

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]