Pesquisar
Close this search box.
/
/
O que falta para as marcas acertarem o alvo na experiência do cliente?

O que falta para as marcas acertarem o alvo na experiência do cliente?

É necessário que as empresas tenham uma visão clara do seu negócio, dos desejos do cliente, e que trabalhem para proporcionar uma jornada de consumo com boas experiências

O nascimento de modelos de negócio voltados para o consumidor, que acompanham e até mesmo ditam as tendências é um dos principais avanços dos últimos tempos. Entretanto, um estudo recente de mercado – Deliver the CX They Expect: Customer Experience Trends – publicado pela Acquia, mostrou que 90% dos consumidores acreditam que as marcas não estão acertando o alvo quando o assunto é experiência do cliente e que, embora 94% dos profissionais de marketing concordem com a afirmação, 80% acreditam que sua marca já atende às expectativas dos consumidores.

Mais do que nunca, é necessário que as empresas tenham uma visão muito clara do seu negócio, dos desejos do cliente, e que trabalhem toda a organização para proporcionar uma jornada de consumo com boas experiências e de acordo com as necessidades de compra.

A inclusão de canais digitais na jornada do cliente, por exemplo, é uma tendência irreversível e fundamental para a construção de uma experiência completa, em que a trajetória digital se soma ao atendimento humano de forma que o cliente não sente mais a transição do online para o offline.

Vale destacar que, a falta de tempo é um fator cada vez mais determinante para os clientes, e as empresas precisam levar isso em consideração na hora de elaborar uma comunicação e ofertar um produto ou serviço. A estratégia deve ser simplificada e cada vez mais assertiva, para construir uma relação eficiente e verdadeira com o consumidor, além de integrar os canais de comunicação e reter a atenção das pessoas, considerando a visão do consumidor e a questão do tempo como fatores vitais.

Neste contexto, em 2019, destacaram-se as novas tecnologias que possibilitam um atendimento mais eficiente e direcionado – como chatbots, agentes virtuais, next best action – uma vez que as empresas estão testando e deixando claro aos seus clientes que esta é uma fase de aprendizado.

Experiência do cliente

É um momento interessante de experimentação e evolução constante e o mercado aceita e entende eventuais falhas. Consumidores passam a fazer parte da estratégia do negócio e se colocam a disposição para contribuir com a construção de um novo modelo de atendimento.

Por acreditar que entender e aprimorar a experiência dos clientes e usuários de seus produtos é vital para o negócio, a Sodexo Benefícios e Incentivos, que está sempre atenta às últimas tendências de mercado para oferecer os melhores serviços de qualidade de vida, reforçou ao longo deste ano seu posicionamento em todos os canais de comunicação a fim de fortalecer a identidade da marca e engajar os 103 mil clientes RH, 505 mil estabelecimentos credenciados e 5,9 milhões de consumidores que atende em todo o País.

A companhia, que tem um investimento global em melhoria da experiência do cliente, tem no Brasil uma das principais fábricas de inovação e, neste sentido, apostou fortemente no desenvolvimento e lançamento de um novo App para consumidores, com mais de 3 milhões de usuários inscritos.

Além disso, lançou a tecnologia NFC para pagamento em estabelecimentos comerciais sem a necessidade de apresentar o cartão físico e investiu na construção de um novo modelo de atendimento ao cliente dentro do conceito omnichannel, que começa a ser implementado em 2020.

Para o próximo ano, a Sodexo considera que a quebra de paradigma deva ser a utilização de dados para a antecipação de uma necessidade ou um serviço adicional, além do tradicional esforço na integração dos canais a fim de garantir consistência e qualidade de atendimento em cada um deles, proporcionando a melhor experiência para o consumidor.

Modelos como next best action ou next best offer serão fundamentais para otimizar as ações de vendas. Além disso, o uso de speech analytics ajudará a monitorar a qualidade de atendimento de forma mais assertiva e gerará insights valiosos para um trabalho de melhoria contínua.

Muito além da tão comentada Costumer Experience (CX), que tem se desenvolvido de maneira robusta e consistente, está a criação de um ciclo virtuoso que eleva a qualidade das empresas, dos profissionais, das soluções tecnológicas de atendimento e autosserviço, e de todos que fazem parte desse ecossistema. É preciso ouvir o cliente, pois é ele que sempre nos dará o caminho do que precisa ser melhorado.

*Daisy Lacerda é Head de Customer Experience da Sodexo Benefícios e Incentivos.


+ NOTÍCIAS

Tendências de consumo para 2020 exigirão criatividade e atenção à área de CX
Como o customer experience pode ajudar os advogados
Customer Experience sem intermediários
A eficiência do Customer Experience em Israel
A relação entre a escolha da tecnologia e a experiência do cliente

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]