Pesquisar
Close this search box.
/
/
O que são as lives NPCs que o TikTok quer restringir?

O que são as lives NPCs que o TikTok quer restringir?

Nova trend começou em meados de julho no TikTok e, rapidamente, ganhou seus adeptos; usuários recebem presentes dos seguidores durante as transmissões ao vivo

Após aviso exibido pelo próprio TikTok, criadores de conteúdo divulgaram em suas redes sociais que a plataforma tem restringido as lives NPCs (Non Playable Character). As transmissões tiveram grande alcance no Brasil nas últimas semanas, mas o streaming iniciou uma tentativa de evitar que conteúdos assim sejam consumidos pelos usuários da plataforma.

As NPCs geraram críticas entre os usuários do TikTok, até mesmo entre os influenciadores com grande alcance. Agora, a plataforma tem emitido um aviso de que irá restringir “vídeo repetitivo, não autêntico e degradante para induzir os espectadores a enviarem recompensas”. Para aqueles que entraram na onda desse formato de live, houve um retorno de até R$ 50 mil por dia.

Leia mais: A ascensão do book tok: o influenciador de livros no Tik Tok

O que são as lives NPCs feitas no TikTok?

A sigla NPC significa “personagem não jogável”. A trend começou em meados de julho no TikTok e, rapidamente, ganhou adeptos. Nas transmissões ao vivo, os usuários da rede social se vestem como personagens não jogáveis de games e fazem performances robóticas, uma vez que, nos videogames, essas figuras têm performances pré-definidas e não são controladas pelo jogador.

Com as lives NPCs, os criadores de conteúdo passaram a receber presentes do público e até mesmo dinheiro. Alguns tiktokers chegaram a relatar ganhos que vão de R$ 30 mil e R$ 50 mil por dia. Conforme recebem o que é enviado pelos seguidores durante a transmissão, eles reagem com expressões que vão desde palavras a gestos. Na vida real, é o público que decide – com suas recompensas – o que o NPC fará.

Foi justamente a possibilidade de lucro que tornou viral esse formato de transmissão ao vivo. Posteriormente, os presentes enviados pelo público podem ser resgatados em dinheiro.

Assine nossa newsletter!
Fique atualizado sobre as principais novidades em experiência do cliente

Esse formato de transmissão será banido da plataforma?

Dentro do próprio TikTok, criadores de conteúdo passaram a ser críticos do formato. Em uma das polêmicas sobre as lives, o influenciador Felipe Bressanim, conhecido como Felca, compartilhou um print do aviso da plataforma de que esse tipo de conteúdo seria vetado da plataforma. Ele chegou a fazer algumas lives como forma de ironizar a situação. A suspeita é que a rede social acatou reclamações de um movimento de usuários insatisfeitos com a quantidade de lives.

Nas outras redes sociais, durante a semana, circularam imagens de usuários com cartazes com a escrita “trabalhando para não fazer live NPC”. O movimento vem do fato de que muitos tiktokers que produziram conteúdo no formato faziam críticas ao formato de trabalho formal. Uma usuária, por exemplo, relatou ter ganho US$ 200 em duas horas de live, e finalizou seu vídeo com a frase: “Eu não nasci para trabalhar como CLT”.

Conheça o Mundo do CX

Porém, as notificações enviadas aos produtores de conteúdo que têm surfado no formato, e no lucro que ele pode dar, não significa que as lives serão proibidas na plataforma. Ainda é possível que as NPCs sejam feitas e assistidas, e os streamers serão recompensados por isso.

O que muda é o fato de a plataforma de vídeos deixar de recomendar as performances para os demais usuários, pois, entende que o formato vai contra as diretrizes da Comunidade TikTok.



+ NOTÍCIAS
Você já entrou nessa dança? O TikTok como parte da experiência do cliente
A ascensão do book tok: o influenciador de livros no Tik Tok

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]