Pesquisar
Close this search box.
/
/
Itaú Digital Lab: a ferramenta do banco para ouvir continuamente seus clientes

Itaú Digital Lab: a ferramenta do banco para ouvir continuamente seus clientes

eCGlobal ajudou o Itaú a criar a plataforma que promove diálogo contínuo com mais de 800 pessoas. Alguns produtos surgiram dentro das comunidades de clientes

Hoje, mais da metade (56%) dos clientes do Itaú utiliza os canais digitais da empresa. Se considerarmos o fato de ser uma empresa enorme e representante de um setor visto como dos mais tradicionais do mercado este é um indicador impressionante.
No Brasil, as fintechs eram em 454 até o fim do ano passado. Neste ano, já são 604 startups que querem revolucionar o mercado financeiro. Diante desta avalanche, os bancos tradicionais se esforçam para ser vanguarda.
No Itaú, este esforço pode ser visto no Itaú Digital Lab. A empresa apostou na colaboração de clientes para melhorar seus produtos e até criar novas ferramentas. Uma delas é o Digital Lab, comunidade online que funciona como um canal contínuo de comunicação entre o banco e os consumidores, e que foi o assunto de um dos painéis do CONAREC 2019.
O projeto foi concebido em parceria com a eCGlobal. Para isso, são formados grupos de 80 a 120 clientes para testar e validar novas soluções da empresa. No total, 870 pessoas participam da comunidade.


“Fazemos todo o back office para ajudar o Itaú a lançar novas comunidades”
Adriana Rocha
Cofundadora e CEO da eCGlobal


A plataforma permite que os clientes interajam como fazem nas redes sociais. Por isso, os participantes se sentem à vontade para dar sua opinião sobre a nova funcionalidade.
A ferramenta trabalha com gamificação. Não à toa, os consumidores que mais participam das discussões juntam pontos e conseguem trocá-los por vale-presentes e descontos em lojas parceiras. Por isso, a eCGlobal entrega ao Itaú grupos altamente segmentados. Assim, o banco consegue entender como cada perfil vai reagir a cada produto.

Mudanças no fluxo de trabalho

Claudia da Matta Furniel, gerente de Marketing do Itaú Unibanco, explica que muita coisa mudou no dia a dia da empresa. Antes de desenvolver novos produtos, a companhia precisou ajustar seu fluxo de trabalho.
O modelo de squads, conceito para equipes multidisciplinares, foi implantado no Itaú Digital Lab. Antes, o time de atendimento em canais digitais já usava a metodologia. “Funciona como modelo de esteira, o tempo todo tem algo acontecendo. Analisamos as atividades da semana anterior e planejamos as da próxima semana ao mesmo tempo”, explica Claudia.

Claudia da Matta Furniel, gerente de Marketing do Itaú Unibanco, durante palestra no CONAREC 2019 / Foto: Rafael Canuto

Resultados

A metodologia de trabalho deu certo:

Em 2016, o Digital Lab conseguiu realizar 123 atividades, entre teste de usabilidade e validação de novas funcionalidades. No ano seguinte, foram 282 atividades. Em 2018 487 e a expectativa para 2019 é realizar 1.113 atividades.

Entre os trabalhos de destaque da unidade estão a funcionalidade “Minhas Finanças”, dentro do app do Itaú. A feature que ajuda os clientes a controlar despesas nasceu no Digital Lab: os clientes deram a ideia, testaram a usabilidade da função e aprovaram a ferramenta. Hoje, mais de 40% dos clientes mobile usam o Minhas Finanças.
O novo aplicativo de pagamentos do Itaú também surgiu da parceria com os clientes. Neste trimestre, o banco vai lançar o Iti, onde as pessoas conseguem pagar, comprar e vender. Todo o conceito – inclusive o nome – foi idealizado pela comunidade.
Além de estar sempre em contato com os consumidores, o Itaú ganhou também em agilidade com o Digital Lab. Antes, a empresa realizava pesquisas com um prazo de conclusão de 30 dias úteis. Hoje, o banco consegue finalizar em até 10 dias úteis.
A iniciativa do Itaú em parceria com a eCGlobal mostra como ouvir o cliente pode mudar o negócio. Somente em 2019 serão mais de mil projetos no labs. Deve vir mais inovação por aí.

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]