Pesquisar
Close this search box.
/
/
Inteligência Artificial deverá impulsionar ainda mais o consumo no Brasil

Inteligência Artificial deverá impulsionar ainda mais o consumo no Brasil

Alessandra Montini explica em artigo que a Inteligência Artificial deve assumir protagonismo nas relações de consumo no Brasil. Você está preparado?

*Profº e Dra. Alessandra Montini, da FIA*

Estamos vivendo um momento de muitas perguntas sem respostas e bastante incerteza no Brasil, seja na economia do país, desemprego, segurança, política e tantas outras coisas. As redes sociais ganham cada vez mais força e possibilitam que cada um seja dono da sua própria verdade, mas se tem uma coisa que todos precisam concordar é que estamos na era dos ERA DOS DADOS! Sim, somos monitorados 24 horas por dia. Esses mesmos dados vão reger ainda mais o aumento do consumo no Brasil, afinal, as marcas estão cada vez mais atentas ao perfil de seu cliente em potencial e isso se deve ao histórico de dados de cada pessoa.

A quantidade de informações gerada pela humanidade cresce em ritmo acelerado. Vivemos conectados e o aumento dos dispositivos é cada vez maior. O avanço descompassado do digital nos trouxe a economia dos dados e está mudando inclusive o comportamento dos consumidores.

Confira a edição online da Revista Consumidor Moderno! 

Na década de 1950 o desejo dos pesquisadores era construir computadores que possuíssem as mesmas características do cérebro humano (máquinas com inteligência artificial). Hoje temos técnicas de inteligência artificial que podem auxiliar em várias tomadas de decisão. O mercado de A.I. ajuda milhões de empresas a utilizar dados para converter objetivos em ação.

A IDC global divulgou um estudo recente que diz que o mercado de inteligência artificial terá um crescimento anual (CAGR) de 46,2%, chegando a US$ 52 bilhões em 2021. Os gastos com inteligência artificial triplicarão até 2022, com isso temos uma projeção de que o valor chegará a US$ 77,6 bilhões daqui a quatro anos, três vezes mais do que os US$ 24 bi de 2018.

O Machine Learning e o Deep Learning serão tendências que deverão crescer mais rápido na categoria de tecnologia em crescimento ao longo da previsão, representando cerca de 40% de todos os gastos cognitivos e de inteligência artificial com um CAGR de cinco anos de 43,1%.

Se você é empreendedor ou gestor de empress e está lendo esse artigo, eu te pergunto: ”Você sabe realmente o por que precisa de uma solução de A.I.?; “Será que tenho dados necessários para contratar uma solução dessa?”; “Como os dados devem está estruturados?”; “É possível usar alguma solução já pronta?”; “Como escolho meu fornecedor para esse tipo de serviço?”; “Como usar a solução de A.I?”; “Qual a importância dele para meu negócio?”.

Posso te afirmar que esse é um caminho sem volta para todos os setores e indústria. Por conta da tecnologia avançada, as práticas e técnicas de machine e deep learning são cada vez mais empregadas pelas empresas em sistemas e demais soluções.

Veja alguns exemplos de aplicações: minimizar problemas; otimizar o tempo; fazer gestão de estoques; evitar ruptura de estoque; fazer alinhamento da cadeia de suprimento; permitir solicitação automatizada de produtos; oferecer melhor gestão de vendas (tempo-real); assistentes virtuais como a Siri; software de reconhecimento facial como Facebook, que conta com uma grande precisão no reconhecimento de familiares/amigos de usuários, utilizando informações submetidas por eles próprios; ofertas personalizadas sugeridas para seu e-commerce; indicações de conteúdos oferecidos pela Netflix; oferecer produtos com base no rastro digital; monitoramento de menções e referências às empresas no Twitter, associando machine learning a regras linguísticas; detecção de fraudes; pontuação de crédito; obter vantagem competitiva oferecendo produtos aos clientes com base nos dados gerados pelos sensores; previsão de receitas de uma mercadoria; mensuração de níveis de êxito em campanhas de marketing etc.

Conclusão, a Inteligência Artificial auxilia as empresas na análise de dados e na tomada de decisões e analisa as informações de forma inteligente. Os softwares também agrupam dados e aplicam cálculos mais complexos. Esses algoritmos não só absorvem as informações como também refinam tudo aquilo que aprenderam com elas. E você, vai ficar fora dessa?

* Formada pela Universidade de São Paulo – USP, Doutora em Administração pela FEA, Mestra e Bacharel em Estatística pelo Instituto de Matemática e Estatística IME-USP, Alessandra Montini é hoje Diretora do LabData da FIA – Laboratório de Análise de Dados além de ser Membro do Conselho Curador da FIA

>

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]