Pesquisar
Close this search box.
/
/
Como a inflação está moldando as tendências de consumo

Como a inflação está moldando as tendências de consumo

A inflação continua a ter impacto nas decisões de compra: estas são as tendências de consumo que você precisa saber, segundo a Medallia

Vimos grandes mudanças no comportamento do consumidor nos últimos anos. Embora a pandemia de covid-19 tenha alimentado grande parte dessa turbulência inicialmente, acontecimentos socioeconômicos globais recentes e inflação impulsionaram algumas tendências de consumo.

Vale lembrar que no Brasil, no mês de dezembro de 2022, o índice da inflação fechou em 5,79%, cifra mais elevada desde 2017 (com exceção de 2021, que viu o índice chegar a 10,06%), segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Duas conclusões importantes sobre este cenário surgiram de um recente relatório de pesquisa de mercado, Consumidores Reagem à Inflação”, realizado pela companhia especializada em experiência do cliente, a Medallia.

Segundo a companhia, ambos os aspectos se concentram em finanças pessoais e ajudam a entender como a inflação vem afetando o dia a dia dos consumidores.

Para a Medallia, um fator em destaque é que os consumidores estão mais sensíveis ao preço das coisas. Eles estão cortando gastos como resultado disso. Mas, essas mudanças foram desiguais entre as categorias de produtos, deixando alguns setores ainda mais vulneráveis a mudanças no comportamento do consumidor do que outros. Vejamos a análise da Medallia:

Como a inflação está moldando as tendências de consumo

O preço do produto é agora o fator número um que influencia os gastos das famílias. Quase metade de todos os consumidores (49%) diz que o preço influenciou suas decisões de compra nos últimos três meses, um aumento de 20 pontos percentuais em relação aos 29% dos consumidores que disseram o mesmo em agosto de 2021.

Quase a metade dos consumidores (42%) dizem que estão gerenciando os aumentos de preços passando a comprar menos produtos ou produtos mais baratos. Outros, em menor número, recorrem à busca de fontes adicionais de renda ou estão recorrendo a poupanças ou contraindo mais dívidas.

 Os consumidores realizaram as maiores mudanças de gastos nas categorias de produtos “emocionais”, incluindo viagens e entretenimento. Por outro lado, eles fizeram mudanças mínimas em seus hábitos de consumo nas categorias de produtos mais essenciais, como utensílios domésticos e gasolina.

As transações de consumidores em restaurantes e supermercados desaceleraram no primeiro semestre de 2022, depois de terem subido no final de 2021 em comparação com os níveis da primavera de 2020. No entanto, como os preços aumentaram, o gasto total por transação aumentou.

Se o custo dos bens e serviços aumentasse mais 5 %, todos menos 3% dos consumidores dizem que o custo adicional afetaria suas futuras decisões de compra.

medallia

Sobre o aumento de preço, 25% dos pesquisados dizem que terá forte efeito nas decisões de compra futuras, e apenas 18% dizem que terá pouco efeito

Conheça o Mundo do CX

O impacto na experiência do cliente deve ser administrado

Nesse cenário, a experiência do cliente, sua satisfação e consequente fidelização é mais importante do que nunca para os negócios, em todos os setores, segundo a Medallia.

Períodos de inflação alta e gastos reduzidos do consumidor são certamente tempos difíceis para o crescimento dos negócios. No entanto, líderes experientes têm a oportunidade de adaptar suas estratégias para construir e manter a lealdade do consumidor.

Você pode descobrir sua vantagem competitiva e proposta de valor e ser mais inteligente ao comparar seu desempenho com ferramentas e tecnologias que permitem fazer isso.

Na avaliação final da Medallia, a inflação é o fator mais importante para os consumidores no momento, por isso, líderes devem considerar expressar os efeitos da inflação em seus próprios preços e custos gerais, bem como nos esforços de sua marca para limitar os aumentos de preços da melhor maneira possível para construir e manter a confiança de seus clientes.


+ Notícias

O papel do app na construção da experiência ideal, segundo a Amazon 

ChatGPT no autoatendimento? Solução da NICE é a primeira a integrar a tecnologia 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]