Pesquisar
Close this search box.
/
/
Indústria X: a reinvenção de negócios impulsionada por IA

Indústria X: a reinvenção de negócios impulsionada por IA

Accenture avalia que a IA, alavancada estrategicamente em combinação com outras tecnologias digitais, é a chave para se criar a "Indústria X"

Não há dúvidas de que o digital vem impulsionando uma nova reinvenção industrial já há bastante tempo. A Accenture define essa reinvenção como “Indústria X“. Nela, empresas usam tecnologias digitais avançadas para transformar suas operações, suas experiências de trabalho, o relacionamento com seus clientes e seus modelos de negócios em algo disruptivo e novo.

No centro disso está a Inteligência Artificial (IA) e o seu poder por trás dessa “reinvenção digital”. Uma combinação de estudos de casos e análises de pesquisas recentes da Accenture, afirmam que, quando combinada com outras tecnologias digitais poderosas, a IA cria “produtos industriais X”. Esses produtos ou serviços envolvem ainda mais seus usuários e melhoram continuamente a experiência do cliente.

Para a Accenture, as empresas vencedoras neste modelo entendem que a IA pode moldar o futuro da indústria e dos negócios. Para isso, o comprometimento da alta liderança e de recursos financeiros para desenvolver as habilidades necessárias – ajustadas ao modelo de negócios para acomodar a IA – é fundamental.

Conheça o Mundo do CX

Reinventando com IA

Mas como a Accenture chegou a essa conclusão? Pesquisas da companhia revelaram que a maioria das empresas reconhecem o potencial da Inteligência Artificial para seus negócios.  No entanto, a Accenture define o melhor passo nessa jornada como uma “inteligência aplicada”. Ou seja, quando novas tecnologias e a engenhosidade humana, combinadas com análise e experiência do setor, estão sendo aplicadas no centro dos negócios e em escala.

Veja: quase todos os pesquisados (98%) começaram a integrar a IA em seus produtos de uma forma ou de outra. E eles entendem claramente que ao combinar IA com outras tecnologias digitais – especialmente computação móvel (Mobile) e análise de dados (Big Data) – eles podem gerar maior eficiência operacional e experiências diferenciadas para os seus clientes.

No entanto, apenas 24% reconhecem que a “reinvenção digital” pode impulsionar o crescimento em escala e os melhores resultados. O problema é que mais de 75% adotam uma abordagem não estruturada e dispersa para o desafio de integrar IAs em seus negócios. Ainda: a maioria aproveita apenas seu ecossistema imediato, em vez de uma rede estendida de parcerias, que poderia complementar e fortalecer suas capacidades existentes rumo a essa “reinvenção digital” sutentável.

 Indústria X: uma jornada em 4 etapas

Por conta disso, a Accenture elencou alguns passos importantes para as empresas interessadas nesse modelo. Embora diferentes setores e geografias da indústria adotem abordagens bastante diferentes para o desafio da “reinvenção industrial impulsionada por IA”, a Accenture avalia que as empresas bem-sucedidas mantêm adotam uma jornada sequencial de quatro etapas. Vamos a elas:

Estágio 1: Acreditar

A reinvenção digital começa com a convicção. As empresas precisam realmente acreditar no poder da IA para moldar o futuro de seus produtos e negócios, e trazer as principais partes interessadas com eles. A boa notícia é que as pesquisas da Accenture revelam que quase sete em cada dez demonstram tal convicção.

Quase 70% acreditam no poder da IA com convicção suficiente

Estágio 2: Visão

No entanto, quando se trata de transformar a convicção em uma visão comercialmente viável, apenas 16% dos entrevistados se qualificam, segundo a Accenture. Em muitos casos, é o CEO quem aposta nessa transformação, baseada em dados, autorizando as principais equipes a começar a desenvolver estratégias de investimentos e o ecossistema para adquirir, processar e proteger os dados necessários para gerar máximo valor em IA.

Esses “visionários industriais”, diz a Accenture, são aqueles que conseguem ver “a grande foto”, onde 82% classificam a maior fidelidade do cliente e insights mais profundos do uso de produtos e serviços como os principais impulsionadores de valor para seus negócios. E a mesma proporção diz que “maior segurança” e “serviços mais inteligentes” é crítico para as escolhas de seus clientes.

Estágio 3: Confirmar

Munido de uma visão robusta e estratégia orientada por dados, o próximo passo então é comprometer recursos financeiros e de gerenciamento em duas áreas críticas: adquirir as habilidades necessárias para garantir a integração sem atrito de novas tecnologias com infraestruturas legadas. E a mudança de elementos do modelo de negócios para incorporar IA.

Nesse ponto, apenas 5% dos executivos entrevistados pela Accenture chegam a esse estágio, mas são muito claros sobre as razões de seu sucesso. A maioria cita parcerias estratégicas como fundamentais para ampliar as habilidades de dados que consideram mais importantes. Por outro lado, 64% dizem que mudaram ou mudarão elementos críticos de seu modelo de negócios para oferecer relevância ao cliente em todo o ciclo de vida do produto.

Apenas 5% comprometem a gerência sênior e os recursos para incorporar IA

Estágio 4: Executar

Por fim, apenas 2% dos entrevistados alcançam a escala necessária para gerar valor de mercado a partir de seus produtos “reinventados digitalmente”. Segundo a Accenture, eles fazem isso trabalhando com parceiros. Tudo para identificar os componentes de IA que desejam combinar com outras tecnologias digitais, agora e no futuro, como parte de sua proposta de valor para o cliente.

Apenas 2% alcançam a escala de que precisam para gerar valor de mercado a partir de seus produtos reinventados digitalmente

Combinação digital é o segredo

“A reinvenção de produtos industriais com IA ainda está em seus estágios iniciais, e acertar é tudo menos fácil. No entanto, os sucessos dos líderes de IA em nossa amostra revelam claramente que isso pode ser feito, e que a IA na indústria é muito forte”, avalia Eric Schaeffer, Diretor Geral Sênior, Industrial, na Accenture.

Nenhuma empresa ou indústria é ainda uma “praticante perfeita” de produtos e serviços reinventados digitalmente. Mas, sem dúvida, algumas estão bem adiantadas nessa jornada. A Accenture afirma que elas sabem, por exemplo, que produtos e serviços “proativos”, de autoaprendizagem e colaborativos são o futuro da indústria. Sabem também que a IA, alavancada estrategicamente, em combinação com outras tecnologias digitais, é a chave para criar esse futuro, a indústria X.

4 passos para lideranças interessadas na Indústria X

Crença: Articule sua crença na reinvenção digital e comunique-a com paixão de forma simples e autêntica.

Visualização: Defina aquilo que você deseja reinventar digitalmente. Identifique o valor a ser construído e determine o impacto em todas as suas frentes.

Comprometimento: Garantir que a alta administração esteja comprometida em garantir as parcerias estratégicas que criam valor e mitigam riscos.

Execução inteligente: Aproveite seu ecossistema para inovar. Adote uma abordagem “fail fast”. Capacite sua força de trabalho para desenvolver e atender produtos reinventados digitalmente em todo o seu ciclo de vida.



+ Notícias

5 tópicos de uma abordagem consultiva como diferencial em BPO

5 Inteligências Artificiais para facilitar o seu dia-a-dia

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]