Pesquisar
Close this search box.
/
/
/
“IA é fundamental no roteiro de inovação de todos os setores”

“IA é fundamental no roteiro de inovação de todos os setores”

Ingrid Imanishi, diretora de Soluções Avançadas da NICE, avalia o potencial do ChatGPT e da IA para o mercado de CX nos próximos anos

Ingrid Imanishi, diretora de Soluções Avançadas da NICE, sempre viu com bons olhos a IA para a criação de um modelo de autoatendimento mais inteligente e eficiente. “É a única forma de escalar, de maneira sustentável e robusta, o atendimento automatizado para uma melhor experiência”, afirma. Porém, a diretora avalia que para alcançar a excelência em CX é preciso que as empresas avaliem todo esse potencial de inovação da IA com as preferências de seus clientes, que passam a confiar e adotar o canal que proporcionou a melhor experiencia de atendimento. “O importante é as empresas estarem atentas para garantir a melhor experiência de maneira personalizada”, pontua.

Buscando aprofundar essa visão, conversamos com Ingrid sobre algumas questões pontuais evolvendo o ChatGPT, suas facilidades, seus desafios e todo o potencial da IA para o CX nos próximos anos.

IA generativa vai acelerar a oferta de autoatendimento resolutivo

CM – Nesse primeiro ano do ChatGPT, como você avalia seu impacto nas experiências digitais dos clientes?

Ingrid Imanishi – Uma grande massa de indivíduos teve oportunidade de experimentar aplicações baseadas em IA generativa a partir da popularização do ChatGPT. Enquanto clientes, nas experiências digitais fornecidas pelas empresas, algumas marcas já foram capazes de incorporar as capacidades aos seus domínios web, aplicativos móveis e canais de atendimento. Vimos uma aceleração de projetos de inteligência artificial conversacional promovendo o autoatendimento, a resolutividade e a amplificação da capacidade de produção dos profissionais de atendimento e de gestão de CX.

CM – Essa inovação trouxe mais economia para as empresas ou mais facilidades para a vida dos clientes?

Ingrid Imanishi – Várias pesquisas nos últimos anos vêm apontando a preferência do cliente em resolver suas necessidades e problemas por mesmo, seja em aplicativos, em canais de autoatendimento, buscando conteúdos e informações em sites, portais e redes sociais. Sempre que as empresas investem em facilidades, mecanismos mais amigáveis de interação com clientes e mais inteligência, além de atender o desejo dos clientes, elas também estão reduzindo custos pela contenção digital.

CM – O ChatGPT para otimizar o chat e reduzir conversas humanas não pode propiciar experiências ruins para os clientes. Como tem sido obter esse equilíbrio?

Ingrid Imanishi – No meu dia a dia tenho verificado que quando os clientes recebem um atendimento de qualidade, efetivo e resolutivo, isso se traduz em uma experiencia positiva e satisfatória. Eles passam a confiar e adotar o canal ou mecanismo que proporcionou essa experiência. Não importa se ela se deu por meio de um aplicativo de autoatendimento, um robô ou um agente. Na minha visão, as conversas humanas que geram satisfação e valor de negócios para ambas as partes prevalecerão. Mas não serão necessariamente a preferência de todos os clientes, em todos os contextos. O importante é as empresas estarem atentas para garantir a melhor experiência de maneira personalizada, promovendo comodidade, resolutividade e engajamento na medida de cada cliente.

Ingrid Imanishi, diretora de Soluções Avançadas da NICE.

CM – Privacidade e segurança no uso de dados se tornaram temas sensíveis sobre IA. Como é aproveitar todo o potencial dessa tecnologia e estar atento a isso?

Ingrid Imanishi -Para garantir a privacidade e a segurança é necessário ter total controle sobre os dados que serão trafegados ao consumir tecnologias, sejam elas quais forem. No caso de LLMs (Large Language Models), a principal diferença entre o ChatGPT (e tecnologias similares) e os chatbots das décadas passadas é a qualidade e profundidade da devolutiva: a tecnologia é treinada em bilhões de pontos de dados para produzir algo coerente e conciso, mas nem sempre correto e ideal para o caso de uso.

Para garantir isso, precisamos emparelhar LLMs com um conjunto de dados robusto, de forma que possa treinar e informar continuamente. Além disso, precisamos sobrepor as diretrizes das marcas – como elas falam e como a constituição de uma marca (que orienta todas as decisões de negócios) é segmentada em resultados utilizáveis. Isso tem muito a ver com gestão de conhecimento, com governança sobre conteúdos produzidos, mantidos e publicados pela companhia, de forma eficiente e pronta para alimentar a IA generativa. Mas o melhor caminho sem dúvida é consumir tecnologias de parceiros confiáveis, certificados e com capacidade de gestão de segurança e sustentação dos produtos que fornece.

CM – Para os próximos anos como você avalia o avanço e o papel do ChatGPT para tornar a experiência do cliente mais excelente?

Ingrid Imanishi – Estamos vendo a inteligência artificial se associar a novos recursos como aprendizado de máquina, processamento de linguagem natural, data lakes e muito mais – para se tornar algo novo e exponencialmente mais poderoso do que os casos de uso anteriores. Este é um momento em que a IA generativa não é apenas um tópico doméstico, mas uma parte fundamental do roteiro de inovação de todos os setores.



Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]