Pesquisar
Close this search box.
/
/
Como a IA generativa pode transformar a experiência do cliente em tempos de mudança

Como a IA generativa pode transformar a experiência do cliente em tempos de mudança

Além de personalizar interações, a IA generativa traz oportunidades em tempo real que proporcionam valor e eficiência

Um estudo da Gartner mostrou que 38% dos líderes veem a melhoria da experiência e retenção do cliente como o objetivo principal das iniciativas para implantar aplicações treinadas em grandes modelos de linguagem. De fato, estamos em um cenário de constantes mudanças e cada vez mais as empresas estão enfrentando desafios mais complexos para atender às expectativas dos consumidores. Nesse contexto que a Inteligência Artificial (IA) generativa surge como uma ferramenta promissora para ajudar as organizações a atingirem esses objetivos.

Mas é preciso atenção. Embora a IA generativa amplie, e muito, o volume massivo de conteúdo, anúncios e notificações, a tecnologia por si só não garante o crescimento das marcas. Segundo a pesquisa, apenas 5% dos consumidores se lembram de ter experimentado interações digitais positivas com uma marca ao considerar uma compra, e essa estatística chama a atenção para a importância de criar valor em vez de apenas quantidade.

Os CEOs também relataram que a sensibilidade aos preços se tornou uma mudança principal no comportamento do cliente à medida que a inflação começou a diminuir. Com a pressão econômica que muitos consumidores enfrentaram nos últimos tempos, a capacidade de tomar decisões de compra informadas e econômicas se tornou fundamental.

É aqui que a IA generativa entra em cena, trazendo a capacidade de criar respostas e soluções de forma autônoma para melhorar a experiência do cliente, além disso, a IA generativa pode personalizar as interações com os consumidores, entendendo suas necessidades individuais e oferecendo soluções sob medida.

Exemplos de empresas que utilizam IA Generativa

O Diwali, é um dos festivais mais importantes da Índia, e a Mondelēz International, uma das maiores empresas de alimentos do mundo, aproveitou essa oportunidade para criar uma campanha. A empresa criou avatares de IA personalizados para interagir com os consumidores durante o festival. Essa inovação destaca como a IA pode ser usada para aprimorar a experiência do cliente e estreitar os laços culturais em um mercado diversificado.

Já a Wendy’s, uma das principais redes de fast food, com a ajuda da IA buscou maneiras de melhorar a eficiência do seu serviço de drive-thru. Para atender a esse objetivo, a empresa atualizou a tecnologia de IA generativa do Google Cloud. Com essa tecnologia, a empresa pode analisar dados em tempo real, como pedidos, padrões de acesso e disponibilidade de produtos, para otimizar o processo de atendimento no drive-thru.

Outro exemplo é a Octopus Energy, uma empresa de energia com sede no Reino Unido, que está redefinindo a forma como se relaciona com seus clientes. A empresa afirma que a IA está fazendo o trabalho de 250 pessoas em sua equipe de atendimento ao cliente, respondendo aos e-mails dos clientes de forma eficiente e precisa. Dessa forma, percebemos como a IA pode ser uma ferramenta valiosa para melhorar o atendimento ao cliente e economizar recursos.

Melhorando a experiência do cliente

O estudo da Gartner mostra ainda que entre as diversas aplicações da IA, a IA generativa se destaca pelo seu potencial em aprimorar a experiência do cliente e fortalecer o relacionamento entre as empresas e seus clientes. Apesar de envolver complexidades e investimentos, os benefícios a longo prazo superam os desafios.

De acordo com o estudo, a tecnologia pode aumentar o valor para os clientes:

  • Educá-los sobre como usar melhor produtos e serviços
  • Aconselhando-os sobre novos usos
  • Validando suas decisões de compra
  • Antecipando suas necessidades
  • Ajudando-os a alcançar um objetivo

Considere usar a IA generativa para:

Integre novos clientes ou eduque os existentes

Integrando soluções de inteligência artificial generativa em canais de atendimento automático, como assistentes virtuais, é possível permitir interações humanizadas que oferecem informações detalhadas sobre produtos e sua utilização.

Identifique oportunidades de aumento de valor para os clientes em tempo real e automatize ou ajude os agentes a fornecerem informações e conselhos contextualizados.

Entenda melhor a intenção e o sentimento do cliente (por meio de assistentes virtuais) e ajude a resolver problemas com eficiência — ou encaminhe o cliente ao melhor canal para resolvê-los.

Resuma as interações do cliente.

Os modelos generativos de IA podem realizar trabalhos pós-atendimento, como produzir notas de chamada, fornecer resumos atualizados durante a interação em canais de voz e texto e colocar informações em repositórios empresariais e mecanismos de pesquisa para melhoria contínua.

Feche o ciclo dos problemas do cliente. As organizações de serviços podem gerar e-mails e textos para clientes de forma instantânea e eficiente, e as plataformas de comunicação empresarial podem personalizar mensagens de acompanhamento.



Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]