Pesquisar
Close this search box.
/
/
Geração Z prefere desemprego a ser infeliz no trabalho

Geração Z prefere desemprego a ser infeliz no trabalho

Pesquisa revela que a nova geração procura a felicidade acima de tudo no trabalho; empresas precisam reavaliar sua atratividade e prioridades para reter talentos

“Nossas descobertas devem servir como um alerta para os empregadores. Há uma clara mudança de poder em andamento à medida que as pessoas repensam as prioridades”. A frase é de Sander van ‘t Noordende, CEO global da Randstad, empresa holandesa de consultoria e RH, especializada em trabalhos flexíveis, em reportagem da Business Insider.

A declaração jogou luz sobre um dado interessante: cerca de 56% dos trabalhadores da geração Z (zoomers) e 55% dos trabalhadores millennials relatam que deixariam o emprego se isso interferisse em suas vidas pessoais.

O dado parte de um estudo global feito pelo Workmonitor (da própria Randstad) que ouviu 35 mil profissionais em 34 mercados e revela que quase dois em cada quatro profissionais das novas gerações optariam pelo desemprego a permanecerem trabalhando onde não gostam.

Confiança determina perfil dos mais novos

Outro dado interessante é que o estudo revela uma característica muito valorizada no perfil dos jovens trabalhadores: a confiança.

Na pesquisa, 49% estavam confiantes em encontrar um novo emprego rapidamente se fossem demitidos ou saíssem dos seus atuais trabalhos.

Além disso, 70% deles estariam abertos a novas oportunidades. Desse montante, 32% da geração Z e 28% dos millennials disseram também estarem em busca de um novo emprego.

Leia mais: Por que é preciso ter um olhar estratégico sobre o modelo de home office

Os atrativos decisivos para retenção de talentos

Para as empresas, cabe o desafio de manter os talentos contratados e garantir que suas condições de trabalho estejam em sintonia com valores e predileções das gerações de profissionais mais novos.

“As empresas precisam repensar sua abordagem para atrair e reter funcionários, ou enfrentarão uma concorrência séria”, pontua Noordende.

De acordo com a consultoria, uma das formas das empresas serem mais atrativas é reavaliar seus pacotes de benefícios. A pesquisa aponta que 22% dos jovens trabalhadores receberam um aumento nos benefícios. Isso inclui assistência médica e previdência. Outro dado valorizado pela nova geração é o conhecimento: 25% também receberam novos treinamentos.

Flexibilidade: um caminho sem volta

Mesmo com uma parcial estabilidade da Covid-19 ao redor do mundo, as vantagens observadas no home office durante o período mais aguda da pandemia revelou que, sim, os trabalhadores podem ser produtivos em casa e ainda gerar economia para sí próprios e para suas empresas e serem mais felizes.

Nesse caminho a pesquisa revela que, 71% dos trabalhadores disseram que a capacidade de trabalhar de qualquer lugar era muito importante para eles. No entanto, não são todas as empresas para quais esses pesquisados trabalham que estão de acordo: 53% dos trabalhadores achavam que não tinham essa flexibilidade em suas funções atuais.

Diversidade e inclusão também formam a cartela de prioridades e valores para a geração mais jovem de trabalhadores: 49% da geração Z e 46% dos millennials afirmaram que não querem trabalhar para uma empresa que não tenha em sua agenda essa preocupação.

Por fim, o estudo mostra que a maioria dos trabalhadores querem estar em empresas cujos valores e perfil de liderança estejam em sintonia com seus valores pessoais e com as novas demandas da sociedade.

Tornar uma marca rentável e valorosa hoje requer esse olhar interno atento e flexível para sua força de trabalho. As mudanças estão acontecendo rápidas. Os mais jovens, a cada dia, estão ocupando mais cargos e cargos com maiores responsabilidades. O jogo para empresas agora não é só criar valor de mercado, mas, repensar o modo como lida com outro ativo de valor que a torna competitiva e atuante: seu colaborador.

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente 


+ Notícias

Pessoas que trabalham em home office se consideram extremamente felizes 

Home office na Twitch: Streamer Monge Han comenta experiência do coworking digital

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]