Pesquisar
Close this search box.
/
/
O futuro da defesa do consumidor no Brasil

O futuro da defesa do consumidor no Brasil

Na mais recente coluna de Cláudia Silvano, ela analisa os recentes acontecimentos envolvendo o sistema nacional de defesa do consumidor

Desde 2016, o Brasil está numa posição vulnerável em relação à elaboração e implementação de políticas públicas de defesa do consumidor, seja pela ausência de uma articulação com o Sistema Nacional de Defesa do Consumidor (SNDC) ou pela inexistência de uma agenda institucional de defesa do consumidor. Para que isso ocorra, precisamos de uma participação democrática dos diversos atores do mercado.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

Além disso, políticas estratégicas como a plataforma Consumidor.gov.br e o aprimoramento do SINDEC não tem recebido a devida atenção, sonegando as pessoas o acesso a soluções simples e efetivas de suas demandas de consumo.

Consumidor.gov

Após quatro anos de existência, o Consumidor.gov.br chegou a um milhão de registros. Mas é preciso considerar, contudo, que esse número é pouco significativo se considerarmos o seu potencial e o quanto ele pode facilitar a vida do cidadão e também das empresas, uma vez que viabiliza a solução do conflito de forma rápida e prática. A falta de uma agenda estruturada, de discussões de alto nível e da articulação com o Sistema, aliados a ausência da expertise de outrora, tem resultando num SNDC cada vez menos orgânico e acéfalo – algo ruim para as pessoas. Os consumidores estão sendo prejudicados, pois estão desprotegidos pelo governo federal – responsável pela política nacional de defesa do consumidor. Além disso, é importante pontuar que os grupos de trabalho do setor de telecomunicações e da segurança alimentar – algo estratégico para o país e que há tempos não se reúnem para discutir o tema.

Nova Senacon

Essa desarticulação tem facilitado o avanço de propostas legislativas que vulnerabilizam ainda mais o consumidor, a exemplo da alteração da lei do cadastro positivo, dos planos de saúde e da inexistência de uma norma de proteção de dados. O Brasil foi o primeiro país da América Latina a criar uma secretaria de estado para a defesa do consumidor. Além disso, a SENACON já liderou importantes agendas, nacional e internacionalmente, dialogou e fez esses direitos avançarem no país. No entanto, o último episódio envolvendo a Secretaria causou grande preocupação.

Recentemente foi publicado de um decreto que alterou o nome para Secretaria Nacional das Relações de Consumo, o que contrariou mandamentos constitucionais e que determinam como o estado fará, na forma da lei, a defesa do consumidor. Além disso, essa mudança modificou a estrutura da secretaria, submetendo-a a aplicação das sanções e eventuais termos de ajustamento de conduta ao crivo da Consultoria Jurídica do Ministério da Justiça. Uma trava, sem qualquer justificativa.

Ministério Público

Após manifestação capitaneada pela entidade Ministério Público do Consumidor e pela Proconsbrasil, com uma atuação decisiva de Alessandra Marques e Sophia Vial, o governo federal recuou e cancelou o decreto tido como inconstitucional. Nesse sentido, não há o que comemorar, pois o Brasil está cada mais distante de liderar essa causa.

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]