Pesquisar
Close this search box.
/
/
6 dicas para fidelizar o cliente por meio da experiência

6 dicas para fidelizar o cliente por meio da experiência

Empresa Attri destaca como obter sucesso a partir do UX

Trabalhar a jornada do cliente com base na estratégia de centralidade no consumidor é uma daquelas grandes mudanças pelas quais o mundo corporativo passou. De fato, é uma nova forma de fazer negócios que se mostrou muito eficiente para a captação e fidelização, visto que é bastante focada na experiência e seus inúmeros processos envolvidos.

Em momentos de agitação nos negócios, em especial para o varejo, há uma série de estratégias em desenvolvimento que visam a captação de novos clientes e fidelização dos antigos. Na Black Friday, por exemplo, há um intenso planejamento para o anúncio de boas ofertas, mas pouco se debate o momento do pós-venda e o que as marcas de fato fazem para serem, efetivamente, lembradas.

Assim sendo, há a necessidade de repensar a estratégia e investir em novos planejamentos para, além de garantir um bom faturamento, também se atentar ao relacionamento com o consumidor. Dessa forma, para garantir uma experiência proveitosa e eficiente, a Attri, empresa especialista em UX e desenvolvimento, destaca seis estratégias de user experience para criar relacionamentos mais próximos e duradouros. Confira:

O erro é o grande passo para garantir o sucesso

O que é a experiência do cliente senão uma extensa jornada de tentativas e erros? Afinal, se o comportamento do consumidor muda dia após dia e as tecnologias avançam, a estratégia de CX precisa acompanhar esse processo. É a melhor forma de acertar, ironicamente, é errando.

“Testes de usabilidade com usuários são a principal maneira de saber o que está ou não funcionando em suas plataformas e aplicativos. Apps mobile que travam, por exemplo, perdem usuários e também a possibilidade da retenção”, destaca a Attri.

Assine a nossa newsletter e fique por dentro das notícias sobre a experiência do cliente

A simplicidade, às vezes, é a melhor escolha

No quesito tecnologia, nada pode ser mais irritante que entrar em um site ou processo de compra online pouco intuitivo, no qual o usuário não consiga navegar com facilidade. É por isso que o user experience precisa ser pensado com muita cautela.

“Ofereça uma interface simples que não sobrecarregue a jornada do consumidor com atributos em excesso. Mostrar tudo que sua marca pode é bastante tentador, mas até algo bom pode ser demais”, complementa a marca.

Pensar como um designer abre mentes

Não é à toa que uma série de estratégias que utilizam “o pensamento de design” ganharam destaque nos últimos anos — a ver pelo Design Thinking e UX Design. Se a estratégia é deixar o cliente no centro, nada mais interessante do que desenhar algo com que ele possa se relacionar de forma fluida e intuitiva, especialmente tendo conhecimento que o consumidor de hoje já é bem mais exigente com as plataformas que escolhe usar.

“Mais de 75% dos consumidores julgam um site baseado apenas em estética. Então, limite o número de decisões do usuário através da psicologia, para que as decisões sejam fáceis e rápidas”, argumenta a companhia. “Quanto maior e mais próximo um elemento for, mais fácil e rápido é de clicá-lo. E saiba, clientes se lembram das informações em partes, o número máximo de objetos que uma pessoa é capaz de memorizar é sete.”

Simpatia é a alma do processo

É importante reconhecer que a jornada do cliente é construída a partir do respeito e da simpatia. E, se o objetivo é promover uma boa experiência, é necessário ter a sensibilidade para guiar, apoiar e ensinar.

“Uma boa estratégia de UX contém sua parcela de ensinamentos e orientações, seja, um e-mail de boas-vindas introduzindo sua marca e plataformas aos usuários. Clientes aprendem a usar os produtos com a orientação da empresa. Além disso, é possível guiar e ensinar usuários dentro do aplicativo ou site, através das configurações iniciais, popovers e modals. Ao se antecipar e responder as questões do usuário, a empresa melhora sua UX, evitando frustrações e aumentando o nível de satisfação durante a jornada”, ressalta a Attri.

A acessibilidade tem chamado a atenção do público

Vivemos em um momento no qual a tecnologia precisa estar inclusiva e acessível a todas as pessoas. Isso inclui, é claro, os sites das empresas. Trabalhar a acessibilidade a todas as pessoas e suas respectivas deficiências e dificuldades é fundamental para alcançar o sucesso.

“Um site muito complexo pode falhar ao carregar em determinados smartphones, sem contar situações envolvendo conexões péssimas. Além disso, é importante desenvolver apps sabendo desde o início que haverá necessidade de descrições de fotos em áudio para cegos e legendas para surdos e pessoas com problemas de audição. Plataformas acessíveis são importantes na retenção de clientes”, completa a marca.

Assine a nossa newsletter e fique por dentro das notícias sobre a experiência do cliente

Por qual experiência sua empresa será lembrada?

Todo o resultado da fidelização do cliente gira em torno dessa pergunta. E é por meio de uma boa experiência que a retenção do consumidor acontece.

“Encantar clientes é garantir a retenção deles. Uma estratégia de UX, do desenvolvimento ao design, passando pelo texto e conteúdo, tem o poder de fazer o usuário voltar para a plataforma buscando sempre ser surpreendido. Para reter os clientes, criar momentos que os recompensem é fundamental”, argumenta a Attri. “E aqui não estamos falando de dinheiro, mas dos elementos que causam boas emoções no usuário. É uma resposta diferente, uma descrição mais detalhada, um layout que converse com alguma promoção específica, são atributos que criam uma experiência positiva para o usuário.”


+ Notícias

“Customer Experience é mais do que User Experience”, diz CEO da Accenture

Como o varejo pode se valer do User Experience e da IA, segundo o Google

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]