Pesquisar
Close this search box.
/
/
Os desafios de precificação e diferenciação nos marketplaces

Os desafios de precificação e diferenciação nos marketplaces

Vender mais não é estratégia! Para a competitividade, é fundamental precificar corretamente, especialmente em um segmento que cresce continuamente

O crescimento do e-commerce é notável ano após ano, especialmente devido ao desenvolvimento tecnológico constante, que permite escala, e ao grande trabalho feito por diversas empresas no segmento. Mas, a concorrência também é maior, traz desafios de precificação, diferenciação e estratégias.

De acordo com dados recentes da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (Abcomm), o e-commerce do Brasil teve um faturamento de R$ 169,59 bilhões em 2022, cerca de R$ 18 bilhões a mais em comparação com o ano anterior.

Além disso, esse modelo se estabeleceu como uma das opções favoritas dos jovens na hora das compras, como evidenciam os números de um levantamento recente encomendado pela varejista Americanas: 83% dos entrevistados preferem os e-commerces na hora de comprar, e para isso são utilizados aplicativos (75%), sites próprios das marcas (57%) e redes sociais (26%).

Para quem vende, é cada vez mais importante deixar de lado o pensamento de que o foco está apenas em “vender mais e mais”, sem que haja um projeto estratégico sólido a médio e a longo prazo. Ou seja, se o segmento vem crescendo tanto com o passar dos anos, também é natural que apareçam novos concorrentes. Em um mar onde nadam cada vez mais peixes, é necessário adotar estratégias que sejam verdadeiros diferenciais na hora de o cliente adquirir um produto.

Conheça o Mundo do CX 

Precificação é sinônimo de competitividade

A precificação tem uma relevância fundamental para um e-commerce que está presente em um marketplace, por exemplo, pois ela interfere diretamente na rentabilidade do negócio.

Para que a precificação não traga problemas à empresa, ela deve obedecer a estratégias que deixem os itens a um preço competitivo, trazendo equilíbrio financeiro à companhia e oferecendo uma boa experiência aos clientes.

A criação de um bom planejamento na precificação permite que uma empresa consiga alcançar uma maior margem de contribuição, ganhe em competitividade, aumente o controle dos lucros e otimize seu planejamento financeiro, para ficar em apenas alguns exemplos.

Adoção das estratégias corretas

Entre algumas estratégias importantes de precificação estão a análise da concorrência, o preço baseado em valor, preço de penetração e o skimming.

O primeiro recurso talvez seja um dos mais conhecidos pelo público geral, já que o empreendedor baseia-se na análise dos valores dos itens da concorrência para uma decisão em seu negócio. Essa estratégia é interessante porque um produto vendido por um valor abaixo do que a concorrência oferece é um grande chamariz para o público.

Já o preço baseado em valor, outra estratégia importante, é um plano que foca no consumidor, visto que a precificação será estabelecida levando em consideração o valor agregado do item e o poder de compra das pessoas. Para uma implementação correta dessa estratégia, é necessário conhecer profundamente as demandas do público-alvo para melhor atendê-lo.

O preço de penetração, por sua vez, consiste no lançamento de um produto com valor bem abaixo dos concorrentes — ou com grandes descontos — para, a partir disso, a empresa conseguir chamar a atenção dos clientes em um determinado mercado. Esse método é amplamente utilizado por marcas novas e também por empresas que estão entrando em um segmento novo.

A estratégia é bem diferente do skimming, em que uma companhia lança um item por um preço alto e o reduz ao passo que a demanda aumenta, bem como cresce a percepção de valor do produto para os clientes. O plano de skimming costuma ser comum em empresas de tecnologia ou eletrônicos, tendo em vista que esses negócios costumeiramente trazem ao mercado inovações e, com o passar do tempo, surgem novos concorrentes e novas tecnologias.

Planejar quais estratégias são mais adequadas para cada tipo de negócio é fundamental para compreender melhor os caminhos que a companhia deve seguir de maneira saudável e um pouco mais previsível, especialmente em um segmento que cresce cada vez mais e gera ainda mais competitividade.

Diferenciar-se da média é uma meta que muitos empreendedores têm, mas que demanda um trabalho importante. Fazendo novamente uma alusão ao mar, o e-commerce é um lugar com cada vez mais peixes, onde apenas os mais adaptáveis aos contextos irão crescer de forma saudável.

*Anna Bokhmat é CEO do marketplace Flowwow, serviço de entrega de buquês, plantas, joias e doces em mil cidades ao redor do mundo.



+ NOTÍCIAS
Nova Era do CX: O que está por trás dela
Havaianas alia experiência física à presença digital 

 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]