Pesquisar
Close this search box.
/
/
As tendências em CX para 2024 na visão do C-Level

As tendências em CX para 2024 na visão do C-Level

Executivos de diferentes setores avaliam as tendências que redesenharão a experiência do cliente em 2024

Estabelecer um roteiro de inovação em negócios que comtemple investimentos em tecnologia com sucesso é uma tarefa que exigirá muito das empresas para o próximo ano. Em meio a um cenário econômico sensível para muitas delas, ladeado por um apelo crescente em novas tecnologias para a melhoria da experiência do cliente, o ano de 2024 será de grandes mudanças para empresas de todos os setores.

O último relatório do Gartner salienta: até 2026, cerca de 80% das empresas usarão APIs e modelos de IA generativa (GenAI) e aplicativos habilitados para GenAI em ambientes de produção – no começo de 2023 eram menos de 5%.

Em suma, os executivos devem avaliar os impactos e benefícios das tendências tecnológicas de forma muito mais estratégica. O desafio certamente será estabelecer um plano de inovação e comercial com mais equilíbrio e atenção aos riscos.

Nesse cenário, procuramos ouvir alguns executivos brasileiros sobre as tendências que impactarão seus setores em 2024.  Entre as vantagens da IA para a experiência do cliente, foi destacado também a valorização do equilíbrio entre a vida pessoal e carreira, crescimento de importantes ecossistemas no setor financeiro, transição energética, entre outros. Confira nas palavras dos próprios C-Levels o que será tendência em CX para 2024:

C-Levels e as tendências em CX  para 2024

Paulo Henrique Campos, Diretor de Customer Operations da TIM Brasil.

“Além do uso de Inteligência Artificial e do aumento da personalização, acreditamos que o foco na análise de dados será essencial para entender o comportamento do consumidor e direcionar o trabalho do atendimento. Quanto mais conhecemos o nosso cliente, melhor consigo atender às suas expectativas. Nossa meta é estar sempre à frente, antecipando necessidades e avaliando oportunidades de relacionamento”.

Claudia Storch, Diretora Executiva de Operações e Customer Experience da Pluxee Brasil 

“Estamos vivendo uma transformação no mercado de trabalho e entre as tendências futuras que podemos citar estão a personalização dos benefícios, a flexibilidade e o empoderamento do trabalhador, que passa a ser protagonista das suas escolhas e com mais poder de compra.  Ambas ressaltam a forte valorização do equilíbrio entre a vida pessoal e carreira, tema atual que deve se consolidar nos próximos anos. Essas são tendências que ajudam a manter a equipe motivada, retém talentos e reduzem a rotatividade. Outra perspectiva é a presença cada vez maior da tecnologia no setor de benefícios, que não para de evoluir”.

Larissa Novais, Diretora de clientes varejo pessoa física do Banco do Brasil.

“Temos observado o crescimento de importantes ecossistemas no setor financeiro, com forte atuação de outros players muitas vezes não originados nessa indústria. Estamos atentos às movimentações e novidades nas áreas específicas de interesse dos clientes em temas como Fincare, Finanças Embutidas, Investimentos, Crédito, Benefícios e Loyalty etc. Isso tudo deve permanecer em destaque e será fortemente explorado no setor.”

Sergio Zimerman, CEO do Grupo Petz

“A digitalização vai prosseguir ganhando importância no mercado, porque o consumidor cada vez mais vê o valor disso. Assim como as assinaturas, os planos de fidelidades. E cada vez mais a humanização do pet ganha reforço ano após ano. Imaginamos que 2024 não será diferente”.

Marcus Sanchez, Vice-presidente da EMS

“O setor farmacêutico segue sua natureza dinâmica e com muitas oportunidades. A EMS aposta no desenvolvimento e comercialização dos chamados supergenéricos (genéricos de alta complexidade) para marcar a entrada no mercado farmacêutico norte-americano. Para isso, estão sendo investidos cerca de US$ 50 milhões no exterior, além de algumas aquisições” .

Marcelo Bragança, Vice-presidente executivo da Vibra

“A Vibra está ciente da relevância dos impactos das mudanças climáticas na vida das pessoas e na própria continuidade dos negócios. Sabemos de nossa importância nessa jornada, como uma empresa com percentual de negócios majoritariamente relacionado a combustíveis fósseis, e já estamos adaptando nosso modelo de negócio, ampliando nosso portfólio de soluções no sentido de nos tornarmos uma plataforma multienergia. O caminho para a transição energética já está em andamento e investimos mais de R$ 4 bilhões em parcerias, aquisições e infraestrutura para tornar realidade esse processo”.

IA e o seu impacto tecnológico

Nessa linha, separamos algumas tendências em tecnologia apontadas pelo Gartner que complementam o raciocínio sobre o futuro do CX e das empresas:

IA generativa democratizada

A IA generativa democratizará modelos massivamente de inteligência artificial pré-treinados, computação em nuvem e código aberto, e por meio de aplicativos GenIA se tornará uma vasta fonte de informações acessíveis e disponíveis para usuários empresariais.

Gestão da segurança em IA

Será urgente as empresas focarem no suporte à governança, confiabilidade, imparcialidade, segurança, solidez, eficácia e privacidade ao modelo de IA adotado. Isso eliminará até 80% de informações defeituosas e ilegítimas, segundo o Gartner. Isso auxiliará também no gerenciamento contínuo de exposição a ameaças.

Engenharia de software impulsionada por IA

Engenheiros de software se beneficiarão cada vez mais por ferramentas de desenvolvimento baseadas em IA. Isso permitirá que esses profissionais escrevam códigos mais rapidamente e se dediquem a atividades mais estratégicas em sua área.

Força de trabalho mais inteligente e conectada

Segundo o Gartner, aplicações que incluem IA irão melhorar e automatizar o trabalho. Isso deverá crescer muito e construirá uma força de trabalho mais conectada, que impulsionará e acelerará talentos e reduzirá o tempo de aquisição de competência em 50%.

O “cliente-máquina”

O potencial tecnológico também criará atores econômicos não-humanos, que poderão negociar e adquirir de forma autônoma bens e serviços em troca de pagamento. Segundo o Gartner, até 2028, existirão 15 bilhões de produtos conectados com potencial para se comportarem como clientes, se tonando uma fonte de trilhões de dólares em receitas até 2030.

Tecnologia precisa ser sustentável

Impactos ambientais relacionados à área de tecnologia já preocupam empresas de todo o mundo. Segundo o Gartner, até 2027, 25% dos Chefes ou Diretores de Tecnologia da Informação terão remuneração associada ao impacto tecnológico sustentável.

A indústria na nuvem

Plataformas industriais em nuvem farão parte de 70% das empresas até 2027, segundo o Gartner. Em 2023 eram apenas 15%.



Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]