Pesquisar
Close this search box.
/
/
Crianças hackers? Saiba como garantir uso seguro da internet

Crianças hackers? Saiba como garantir uso seguro da internet

Avast identificou em fóruns da internet o interesse de crianças em aprender a hackear. Mas é preciso garantir que a atividade seja usada para o bem

O acesso de crianças à internet está cada vez mais frequente. No Brasil, 93% daqueles que têm entre nove e 17 anos já tiveram contato com a grande rede, segundo dados levantados pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br) do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br). O percentual representa 22,3 milhões de brasileiros na faixa etária.

Com a tecnologia tão integrada às vidas das pessoas, e cada vez mais cedo, torna-se necessário que os pais monitorem as atividades dos filhos no mundo digital. A não fiscalização dos adultos pode deixar os menores expostos aos mais diversos riscos, e até mesmo ao descumprimento de regras de boa conduta na internet.

Assine nossa newsletter!
Fique atualizado sobre as principais novidades em experiência do cliente

Crianças e o interesse em hackear

O entretenimento e os estudos não são os únicos motivos que levam as crianças ao ambiente virtual. Com o crescimento de sites de hacking, novos desafios são apresentados à segurança de menores no mundo digital. Em fóruns de discussão da internet, como o Discord, o Avast notou o interesse dos mais jovens em saber hackear. No episódio em questão, o objetivo era invadir um sistema escolar e infectá-lo com malware.

O objetivo do hacking é comprometer um sistema ou rede de computadores, contas pessoais ou dispositivos digitais. Ou, o uso da tecnologia pode ser útil para solucionar problemas e desafios. No último caso, não há má intenção por trás do processo. Porém, as habilidades podem ser usadas de forma prejudicial.

Leia mais: Como garantir um uso de telas saudável entre crianças e adolescentes?

O diretor de Inteligência de Ameaças da Avast, Michal Salat, apontou ser importante entender a motivação que leva crianças ao interesse por práticas de hacking. “É apenas curiosidade? É para conseguir dinheiro? Se seu filho ou seus alunos demonstrarem interesse em hackear por pura curiosidade, você deve encorajar a criança”, disse.

O hacking envolve segurança cibernética e, embora seja feito em um ambiente virtual, ainda é ilegal quando feito de maneira não consensual e tem consequências na vida real. As consequências podem perseguir quem o pratica por um longo período, uma vez que pode gerar processo até mesmo para os pais, caso quem o pratique não esteja em idade penal.

Conheça o Mundo do CX

Como garantir que a internet seja utilizada com segurança por crianças?

Com o aumento no número de crianças expostas à internet, algumas atitudes podem ser tomadas pelos pais para que o uso da rede seja feito de forma segura por seus filhos. Uma delas é o monitoramento, bem como a orientação sobre um uso seguro das plataformas digitais. Alguns aplicativos, como o Google Family Link, permitem que os adultos fiquem de olho no que é acessado pelos menores. Além disso, podem limitar o tempo diário de uso.

É possível prevenir ataques hackers?

O hacking de cibersegurança pode causar danos reais para as vítimas, desde o roubo de dinheiro à venda de informações para fins maliciosos, ou o compartilhamento de informações confidenciais que podem prejudicar a imagem de pessoas e empresas.

Para se proteger, o passo inicial é usar senhas fortes. A autenticação em dois fatores ou multifatorial para contas, como e-mails e perfis em redes sociais, pode garantir maior segurança. É importante também ter atenção com phishing, que são mensagens eletrônicas enviadas com links suspeitos.

Ter senhas nos dispositivos também é importante, bem como PIN ou reconhecimento facial. É necessário ainda usar um software de segurança, conhecido como antivírus. As redes Wi-Fi públicas devem ser evitadas, uma vez que não permitem que você tenha controle direto com a segurança. Por último, evitar sites duvidosos é necessário. Avalie cuidadosamente o que acessa e os aplicativos que baixa; só faça transações em sites que tenham certificado de segurança.



+ NOTÍCIAS
Letramento digital: como ajudar crianças a fazerem um uso seguro da internet?
O impacto das redes sociais nas crianças vai a julgamento

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]