Pesquisar
Close this search box.
/
/
4 estratégias para uso de IA na criação de imagens autênticas

4 estratégias para uso de IA na criação de imagens autênticas

78% dos brasileiros não sabem distinguir se uma imagem é real, e estabelecer confiança na publicidade se torna essencial para conexão.

Quanto mais a Inteligência Artificial (IA) generativa ganha autonomia, mais se debate sobre o quanto a ferramenta impacta na criatividade humana. Saímos da ficção e adentramos em um universo onde ousar, imaginar e criar ganhou realidades possíveis. Para muitos, a IA generativa despertou a criatividade de forma única, no entanto, para outros, é vista com temor.

Demorou um século para a Revolução Industrial reformular a produção e bastou décadas para que as redes sociais implementassem mais que uma revolução, um modo de vida. Se olharmos para a IA generativa, vemos em meses uma aceleração exponencial que ultrapassa os limites da criatividade. Recentemente, essa tecnologia tem se destacado na criação de vídeos, ganhando repercussão em plataformas como YouTube e TikTok, que já anunciaram que passarão a exigir dos criadores de conteúdo a identificação de vídeos gerados por Inteligência Artificial.

Essa medida busca atender a uma demanda crescente por transparência, conforme indicado no relatório “Construa Confiança na Era da IA” da Getty Images. O levantamento, que ouviu mais de 30.000 adultos em 25 países, inclusive o Brasil, entre os anos de 2022 a 2024, mostrou as atitudes do consumidor em relação ao conteúdo gerado por IA na publicidade, seu impacto na confiança da marca e fatores chave que distinguem o conteúdo visual excepcional, independentemente de ser capturado por humanos ou gerado por IA.   

Um dos dados centrais do relatório apontou que 90% dos consumidores querem mais autenticidade e confiança no envolvimento com as marcas que empregam imagens geradas por IA, ou seja, para a maioria dos consumidores em todo o mundo, é importante saber se um vídeo foi criado por IA.

Por outro lado, cada vez mais será preciso mais atenção das marcas e, principalmente, dos profissionais de marketing e publicidade ao incorporar imagens geradas por IA nos fluxos de trabalho. “Empresas de todos os setores estão se perguntando: ‘devemos nos envolver com conteúdo gerado por IA e, em caso afirmativo, como?’”, pontua Rebecca Swift, chefe global de conteúdo criativo da Getty Images. “A publicidade de sucesso sempre se baseou em narrativas visuais altamente criativas e autênticas – e isso permanece tão verdadeiro hoje como sempre, independentemente de uma marca escolher conteúdo filmado por humanos ou gerado por IA”.

Uma questão de confiança

Como se já não fosse difícil o suficiente determinar o que é real e o que não é nas redes sociais, a Inteligência Artificial veio para tornar essa tarefa ainda mais desafiadora. Com o avanço das tecnologias de IA, especialmente na criação de imagens e vídeos, a linha entre o real e o falso se tornou mais tênue. À medida que continuamos a compreender os efeitos das redes sociais nos jovens, nos idosos e na sociedade em geral, as marcas precisam estar cada vez mais conscientes do fator confiança.

De acordo com a pesquisa, 98% dos consumidores concordam que imagens e vídeos “autênticos” são fundamentais para estabelecer confiança. Isso significa que acertar na IA, especialmente em como ela é usada para criar e manipular conteúdo visual, é crucial para o sucesso futuro das marcas. O uso indevido de imagens geradas por IA pode não apenas prejudicar a reputação de uma marca, mas também alimentar o medo e a desconfiança entre consumidores.

Há apenas 10 anos, as redes sociais eram vistas como fonte de conteúdo real e autêntico, muito mais natural do que o que era disponível na grande mídia. No entanto, as coisas mudaram drasticamente nesse período. Hoje, 82% dos entrevistados globais concordam que “não se pode confiar que as mídias sociais sejam reais ou precisas”. Essa mudança na percepção mostra a crescente consciência pública sobre a manipulação de conteúdo, muitas vezes facilitada por tecnologias de IA.

IA é a ferramenta certa para sua campanha?

Especialmente os profissionais de branding e líderes empresariais podem usar a IA de forma de transparente, construindo confiança com seus consumidores e mantendo a autenticidade em suas campanhas. Para isso, os especialistas da Getty Images, recomendam:

1. Alinhamento com a mensagem central

Reflita sobre a mensagem central da sua campanha e avalie cuidadosamente que tipo de imagem (gerada por IA, UGC, pré filmada) e formato (imagem ou vídeo) se alinham com seus objetivos.

2. Setores com alta expectativa de transparência

O VisualGPS também revelou que, dados os altos níveis de confiança e expectativas associados a setores como saúde/farmacêutico, serviços financeiros e turismo, espera-se cada vez mais que sejam transparentes, portanto, uma abordagem cuidadosa aos tipos de conteúdo protegerá seu relacionamento com o consumidor.

3. O papel indispensável da criatividade

A criatividade continua indispensável na conexão com os consumidores, especialmente em meio à crescente desconfiança e saturação visual. Segundo a pesquisa, 78% dos brasileiros concordam com a frase: “estou chegando ao ponto em que não sei se uma imagem é real”.

As ferramentas de IA generativa referem-se ao passado e não podem reagir ao presente ou ao futuro, nem considerar como as pessoas se sentem em relação a uma marca ou produto. A criatividade humana permanece essencial para estabelecer essa ligação.

4. Definição de autenticidade

De acordo com a pesquisa VisualGPS, “autêntico” é definido como “real” ou “a coisa real”, seguido de “verdadeiro” ou “confiável”. 87% dos entrevistados consideram importante que uma imagem seja autêntica.

Representações de assuntos não humanos geradas por IA foram percebidas como menos enganosas do que as imagens geradas por IA apresentando pessoas ou produtos reais. Se a autenticidade for o ponto focal da campanha, considere usar imagens e vídeos pré-filmados de alta qualidade. Caso opte por usar conteúdo gerado por IA, especialmente ao representar pessoas, rotule esse conteúdo para garantir transparência com seu público.

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]