Pesquisar
Close this search box.
/
/
Conheça as marcas mais ágeis do mundo

Conheça as marcas mais ágeis do mundo

Quais são as marcas mais ágeis do mundo? Quais são os atributos que as tornam as mais ágeis? Empresa chegou à conclusão após entrevistar 80 mil consumidores. Venha ver se você concorda!

O que faz uma marca ser considerada ágil? A Landor considera ágeis as marcas que permanecem fiéis à própria essência, mas se adaptam e reagem positivamente às transformações do mercado. Assim, a agência global de branding lançou um amplo estudo que contou com a participação de 80 mil consumidores e analisou mais de 5200 marcas.

O resultado? Samsung, Android, Wikipedia, Google, Dyson, Apple, YouTube, Microsoft, Ikea e Disney são as marcas mais ágeis do mundo.

Atributos

Na primeira etapa, o estudo verificou a percepção dos consumidores, utilizando quatro pilares ? diferenciação, relevância, conhecimento e estima ? para medir a saúde das marcas que mais cresceram nos últimos cinco anos. Em seguida, cruzou o resultado dessa análise com 48 atributos pré-definidos pela agência, como tradicional, confiável, moderna, simples, prestativa, responsável, entre outros. A análise identificou que as marcas mais fortes transmitiam dois atributos aparentemente contraditórios: liderança e autenticidade.

  • Liderança: incorpora atributos como ser uma marca atualizada e visionária. Liderança é um forte condutor de diferenciação, que faz uma marca ser única.
  • Autenticidade: incorpora ser verdadeiro, uma forte característica de relevância, que se transforma em uma marca útil para o consumidor.

Marcas líderes, mas não autênticas, tendem a ser promissoras em seus mercados. Autênticas, mas sem liderança, aspiram a amadurecer no segmento. Mas quando detém esses dois atributos, tendem a ser frequentemente a marca mais forte e relevante de sua categoria.

Na segunda etapa, a pesquisa cruzou esses dois atributos com uma lista de mais de 5.200 marcas pré-definidas pela Landor para apontar quais delas demonstravam crescimento anual em liderança e autenticidade. Esse filtro levou as empresas selecionadas para a terceira etapa, quando passaram por uma análise de desempenho financeiro, atuação dentro de seus mercados, ações de marketing, pesquisa com consumidores, dentre outras métricas.

Na última etapa, a Landor realizou uma inovadora pesquisa online com Millennials, geração nascida entre 1980-1995, considerados nativos digitais, acostumados a expressar na internet opinião e percepção sobre as marcas, e responsáveis por um poder de compra global de mais de US$ 200 bilhões. Durante três semanas, a Landor ouviu a avaliação desses consumidores nos Estados Unidos, na Grã-Bretanha, na França e na China, e analisou mais de 4 mil posts nas redes sociais sobre as marcas pré-selecionadas.

Por fim, para chegar ao top 10 das marcas mais ágeis do mundo, o estudo cruzou o resultado das três primeiras etapas com a avaliação da última. ?Nos últimos cinco anos, as dez primeiras marcas apresentaram crescimento nos negócios porque demonstram agilidade em suas operações e flexibilidade às transformações do mercado. Este será o futuro das marcas?, afirma Fernando Leira, General Manager da Landor São Paulo.

6 comportamentos que definem uma marca ágil

Os seis conceitos abaixo podem ser aplicados em qualquer marca e adaptados para o próprio negócio, mercado e categoria.

1. Adaptável: marcas ágeis estão dispostas a mudar e a fazer isso rapidamente. Elas entendem que o sucesso exige ser ágil ao risco e à oportunidade. A Ikea, empresa sueca especializada na venda de móveis domésticos de baixo custo, já havia conquistado o público jovem. No entanto, lançou uma coleção especial de ?double-duty?, ou seja, de peças que ajudavam os moradores a maximizar os espaços de casa. Um sucesso!

2. Focada em princípios: significa procurar novas maneiras de entregar valor e garantir relevância. A Disney alcançou o sucesso por meio da imaginação. No entanto, na década de 1990 enfrentou dificuldades financeiras. Como estratégia, adquiriu a Pixar e a Marvel, renovando o portfólio de conteúdo, mas sem abandonar os seus princípios.

3. Aberta: marcas ágeis estão abertas a conversas e a novas ideias. Elas abrem as portas para a comunicação com clientes, funcionários, parceiros e sociedade para que tenham um relacionamento direto e ativo com o mercado. O Android, por exemplo, permite que os usuários personalizem seus dispositivos em um grau mais elevado que a Apple, fazendo jus ao slogan ?Be together. Not the same?.

4. Responsável: no sentido de respeitar comunidades, meio ambiente, clientes e funcionários. Ações responsáveis solidificam conexões entre marca e consumidor. A Samsung, primeira colocada da lista, usou a tecnologia para melhorar a vida das pessoas com autismo. Criou o aplicativo ?Look At Me? para desenvolver as habilidades de comunicação de crianças autistas, aprofundando as relações com aqueles ao seu redor.

5. Global: todo negócio é um negócio global, independentemente do número de países em que uma marca atua vendendo seus serviços/produtos. Marcas ágeis devem estar aptas a aprender com o mercado global e garantir que sejam relevantes às necessidades locais. A campanha publicitária Keep Walking, da Johnnie Walker, foi adaptada para 120 mercados globais com sucesso.

6. Multicanal: marcas ágeis trabalham em todas as plataformas. O Youtube, sétimo colocado na lista, encontrou maneiras de estender seu conteúdo e lançou o Youtube Space para promover a produção de vídeos e a formação na área.

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]