Pesquisar
Close this search box.
/
/
ConectCar tem novo CEO e aposta em Free Flow nos pedágios

ConectCar tem novo CEO e aposta em Free Flow nos pedágios

Com Eduardo Vasconcelos à frente das operações, ConectCar fortalece produtos que dão mais fluidez nos trajetos a condições especiais de pagamento com menos impacto ambiental

A ConectCar, empresa de meio de pagamento automático de mobilidade, tem Eduardo Vasconcelos (Vasco) como o novo CEO. O executivo conta com a confiança dos acionistas, Itaú-Unibanco e Porto, além de grande experiência de mercado e uma sólida vivência dentro da ConectCar. A Consumidor Moderno conversou com Vasco sobre os principais projetos para este primeiro ano nas operações, os desafios para inovar e oferecer uma jornada do cliente fluida e leve.

“Estou me sentindo muito bem, já estou na ConectCar há 3 anos e meio como CTO, e depois assumi o varejo. Esse caminho foi natural, com a aposentadoria do Felix Cardamone, e decidimos que poderia assumir essa cadeira”, revela Vasco, que tem sido uma das peças fundamentais para a transformação e o fortalecimento da marca no segmento de meios de pagamento.

Uma das inovações que chegam na ConectCar junto com um novo CEO é o início das operações Free Flow e o lançamento de novos produtos. A operação começou em três pontos da BR 101, e o objetivo é expandi-la gradualmente.

Free Flow vai tornar viagens mais ágeis

O Free Flow usa uma tecnologia capaz de identificar e tarifar veículos nas estradas sem precisar parar ou reduzir a velocidade para a cobrança da tarifa nos pedágios, diminuindo o tempo das viagens, tanto de veículos leves quanto de pesados.

Uma das maiores vantagens da nova forma de pedágio é a maior fluidez do trânsito: os veículos não precisarão parar ou diminuir a velocidade para passar pelas praças de pedágio. No Free Flow, o motorista poderá manter a velocidade máxima permitida na via. O motorista que pode levar horas em filas de pedágio, especialmente em feriados prolongados ou próximos às festas de fim de ano, pode passar direto pelos pórticos com o Free Flow.

“A ideia é continuar pisando no acelerador, porque as oportunidades são bem grandes”

Com o novo sistema de pedágio, os clientes que possuem uma tag terão a comodidade de a cobrança ser lançada automaticamente no extrato do adesivo, e nunca mais vão precisar se preocupar com o trâmite de pagamento. Quem não tem uma tag de pagamento automático deve fazer o pós-pagamento em canais digitais disponibilizados pela concessionária, como site, aplicativo e chatbot, e terão de pesquisar as regras adotadas pela concessionária da rodovia.

Descontos especiais

Válido para todas as categorias de veículos, quem efetuar o pagamento por meio da tag – de todas as empresas que oferecem esse serviço, terá automaticamente redução de 5% no valor cobrado por tarifa. Para os veículos de passeio, o desconto é progressivo, a partir da segunda passagem no mesmo pórtico dentro do mesmo mês e na mesma direção, podendo chegar a até 70% de desconto sobre a tarifa padrão.

“O Free Flow é uma tendência e o aumento na procura por soluções de pagamento automático, como as que oferecemos na ConectCar, deve acontecer de forma orgânica”, afirma Vasco. “Apoiamos todo e qualquer movimento que beneficie o consumidor e a mobilidade de forma geral, e o sistema vai trazer justamente isso aos motoristas, além de diminuir o impacto dos pedágios no meio ambiente”.

Leia mais:
O atendimento se traduz na experiência ou é ela quem o cria e alimenta?

Consumidor Moderno – Quais são as metas e desafios para este ano?

Eduardo Vasconcelos – Temos grandes desafios, de continuar o crescimento da companhia. A ideia é continuar pisando no acelerador, porque as oportunidades são bem grandes. A gente vem crescendo a 50% nos últimos anos, e queremos continuar nesse ritmo de crescimento forte com o B2C e os planos de White Label que oferecemos para os nossos parceiros de negócio, além das oportunidades que o mercado vem apresentando, como o próprio Free Flow.

CM – White Label e Free Flow são os focos para esse ano?

Vasco – Nossa plataforma de White Label vem se mostrando muito aderente ao mercado. Acreditamentos fortemente que podemos expandir novas parcerias B2B2C, como as que já temos com a Porto, Localiza, Mercado Pago. Esse é um dos nossos pilares, é uma plataforma totalmente plug and play em que conseguimos fazer com que a jornada do cliente seja a do nosso parceiro.

A gente não tem apego que seja a nossa jornada, mas que possa ser a mais aderente possível ao que o parceiro já tem de jornada com o cliente dele. É uma plataforma super robusta, segura, escalável e tem um big time de implantação muito bom.

“No fim do dia, um dos maiores benefícios que as pessoas têm hoje é o tempo”

Outro pilar da ConectCar é o B2C, a venda direta ao consumidor. Temos um produto com a melhor mensalidade do mercado. E acreditamos que o Free Flow terá uma demanda natural de expansão. Hoje, de cada dez passagens, seis já são feitas dessa forma. Nosso grande objetivo é democratizar esse serviço cada vez mais. Porque no fim do dia, um dos maiores benefícios que as pessoas têm hoje é o tempo. De não parar em uma fila de pedágio ou de shopping para pagar.

Claro que ainda as pessoas ainda conhecem pouco esse produto. O Free Flow, além de ter uma tarifa que julgamos justa aqui da nossa parte, tem descontos para o usuário frequente, que é o DBT (desconto básico de tag) e o DUF (desconto para usuários frequentes). Queremos cada vez mais entregar mais valor para mais pessoas.

Assine nossa newsletter!
Fique atualizado sobre as principais novidades em experiência do cliente

CM – Falando dessas dessas features que a ConectCar está oferecendo, como vocês estão desenvolvendo essa jornada do cliente?

Vasco – Sentíamos falta, e para mim foi muito relevante ter um RP próprio. Isso nos ajuda a ter mais mobilidade para criar novos serviços e produtos pro mercado. Também nossa plataforma, nosso leque de dados, segmentamos para transformar em informação de qualidade e individualizado.

Com isso entendemos que somos capazes de fato de segmentar muito mais nossa atuação, personalizar muito mais para cada cliente e entregar o melhor produto possível na ponta.

Assim, agora temos o plano completo, com maiores capacidades de uso, e o plano básico, para quem não quer pagar nenhuma mensalidade. Percebemos uma boa penetração dele no mercado também. Estamos trabalhando forte essas ideias para lançar novos produtos agora, com essas capacidades novas.

Leia mais:
Experiência em alta: Porto Seguro compra 50% das ações da ConectCar

CM – Quais as estratégias que a ConectCar usa para medir o NPS e aprimorar a satisfação do cliente?

Vasco – Nosso NPS gira na faixa de 60 a 70%. È um bom ponto, porque temos dois acionistas gigantes, Itaú e Porto, que tem isso na veia, a qualidade para o cliente é um valor muito forte. E este item para nós não é negociável. Eles não aceitam nada que não seja muito bom em NPS. Estamos trabalhando forte para melhorar ainda mais isso.

Sentimos que estamos em um nível superbom, mas ainda tem oportunidade de melhoria. Cada vez mais trabalhamos em antecipar qualquer tipo de ocorrência que o cliente possa vir a ter, com uma monitoração muito mais proativa.

Vemos uma dificuldade hoje, mas já estamos implantando e vendo alguns benefícios, diminuindo o problema que o cliente tem na cancela. O maior problema no final do dia é quando alguém não consegue passar na cancela.

Também temos trabalhado muito no atendimento para que os clientes que tiverem algum tipo de dificuldade consigam falar de uma forma mais digitalizada, que não precise de uma interação ou esperar em uma fila de atendimento, mas também mantendo o atendimento humano, porque vemos que as pessoas, de fato, querem conversar e resolver seu problema.

Um dos nossos orgulhos é perceber que estamos trabalhando forte nisso e tendo reconhecimento, como ter ganhado o prêmio de meio de pagamento de mobilidade da Consumidor Moderno no ano passado.

“Cada vez mais trabalhamos em antecipar qualquer tipo de ocorrência
que o cliente possa vir a ter, com uma monitoração muito mais proativa”

CM – Você citou dois grandes acionistas, dois players que são referência em suas áreas. Quais são os principais aspectos de cultura corporativa, do propósito, da missão, que a ConectCar carrega?

Vasco – Primeiro, e talvez o maior deles, o foco na qualidade da entrega do serviço para o cliente. Até porque além de acionistas, Porto e Itaú são nossos clientes. A gente tem sinergias muito forte de oferecer produtos e serviços deles em nossa plataforma.

Temos plataformas, planos de marketing muito alinhados. A gente trabalha muito junto. Temos autonomia total aqui na ConectCar, mas trabalhamos muito próximo dos dois, e muito engajados, com o NPS, com resultados, com crescimento de base dos dois, como nosso crescimento de base. Esse alinhamento é super bem-vindo, e estamos começando a ganhar relevância com o tamanho de base do serviço que a gente entrega, de qualidade para nossos clientes e os clientes deles.

Conheça o Mundo do CX

CM – Em relação à inovação, como a ConectCar desenvolve produtos e usabilidade?

Vasco – Está no nosso DNA. No ano passado, junto com o Cubo, fundou o Hub Smart Mobility. O Cubo é o maior ecossistema de inovação no Brasil e junto com alguns parceiros criamos o hub de mobilidade, uma estrutura específica para tratar este assunto. Hoje ele já tem parceiros e patrocinadores muito grandes, a TIM, B3, Jaguar, Land Rover, para citar alguns, e já temos 16 startups conectadas nesse ecossistema em que tratamos de oportunidades de novos negócios.

A ConectCar é uma empresa muito associativa, é muito bom ter essas startups, cada uma em seu segmento, trabalhando naquilo em que são especialistas e trazendo essas oportunidades para nós. É também uma cultura interna, precisamos ser transparentes pro cliente. Ele precisa usar o nosso serviço de uma forma em que ele não precise pôr a mão no bolso para ver o que está acontecendo.

“A ConectCar é uma empresa muito associativa, é muito bom ter essas startups, cada uma em seu segmento, trabalhando naquilo em que são especialistas e trazendo essas oportunidades para nós”

Estamos evoluindo com isso no dia a dia, nos últimos três anos e meio viemos passando por uma transformação e evolução de um trabalho com primeiro, pessoas incríveis, e trabalhando com um modelo de trabalho focado em business agility, muito mais do que em desenvolvimento ágil.

No business nós, toda empresa, estamos focados, dentro de um produto ou serviço. E isso tem feito com que tenhamos a capacidade de ouvir o cliente muito rápido e de reagir muito rápido, independentemente de qual área. O problema toca no atendimento e muito rapidamente chega na squad do produto para que corrigir ou ajustar.

Essa velocidade que a ConectCar vem trabalhando e evoluindo nos últimos três anos trazem muito dessas oportunidades de entrega de valor para o cliente e de inovação, porque as squads são autônoms e podem priorizar seus assuntos, testar, validar, e está tudo bem. A gente aceita isso porque sabe que alguma inovação ou um resultado diferente vão acontecer.



+ NOTÍCIAS
Varejo online ganha espaço e fatura mais no Dia do Consumidor
Brasil é o 2º país com mais transações em tempo real no mundo, indica ACI Worldwide

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]