Pesquisar
Close this search box.
/
/
Como pensar de forma critica ajuda em tempos de crise?

Como pensar de forma critica ajuda em tempos de crise?

Pensamento crítico vai além da capacidade de julgar ou argumentar, mas pode ser considerado como uma capacidade ampliada de reflexão

Frequentemente quando falo sobre o Pensamento Crítico as pessoas fazem confusão e se prendem a pressupostos que não condizem com o tema. Por exemplo, eles acreditam que pensamento crítico seja apenas a capacidade de julgar ou de vencer uma argumentação. Bem, nenhuma dessas hipóteses está completamente correta. De forma abrangente, o pensamento crítico é uma teoria que tem como objetivo tornar o processo de reflexão mais eficiente, usando da Filosofia, Linguística e Psicologia, e consiste em analisar o processo do pensamento por meio de elementos separados, mas que estão relacionados. Um deles é avaliar esses elementos e decidir quais devem ser mantidos e quais necessitam de melhorias.

A palavra ?crítico?, segundo o Dr. Gerald Nosich, autoridade no assunto e a professor da University of New Orleans, faz referência à palavra ?critério? no sentido de princípios e não referente à ?crítica? no sentido de desaprovação. O estudo do Pensamento Crítico proporciona informações sobre preconceitos e erros de raciocínio, assim como, fornece conhecimento sobre o ato de pensar e os desafios encontrados nesse processo. Traça orientações panorâmicas em como pensar, falar e escrever de uma maneira positiva e respeitosa, assim como influencia um público específico sem o uso de imposição ou manipulação, mas sim por meio da exposição de argumentos pungentes.

Mesmo que à primeira vista possa parecer um pouco teórico demais, o pensamento crítico pode ajudar de diversas formas. O processo de reflexão permeia todas as ações e decisões. Empresários estão expostos a uma quantidade imensa de informação verbal e, as respostas a essa enorme quantidade de estímulo deveriam ser concisas, informativas e persuasivas. No entanto, em alguns casos, apesar dos executivos terem ideias brilhantes, as mesmas acabam se perdendo em meio à confusão verbal e gera a falha no processo de recepção do conteúdo transmitido para os ouvintes.  
O estudo sobre Pensamento Crítico auxilia na compreensão desse problema. Quando revelamos a estrutura essencial de um argumento, torna-se fácil verificar como as ideias estão interligadas. Dessa forma, podemos nos livrar de informações redundantes que embaralham a comunicação e desperdiça um tempo muito valioso, além disso, ajuda no reconhecimento de preconceitos, hipóteses deficientes e pontos fracos presentes no pensamento.  

A atual recessão econômica tem mostrado que as crenças que as pessoas tinham com relação ao mercado não parecem funcionar, nem fazem sentido. Sendo assim, com a intenção de solucionar o problema, primeiramente, temos que entender o que saiu errado e contestar os pressupostos latentes que guiaram a economia para fora dos eixos.

Saber como enxergar e como contestar esses problemas também é uma parte do curso de Pensamento Crítico. Imagine-se dirigindodesapercebidamente em um ambiente desconhecido e subitamente você passa por cima de um buraco na pista. Da próxima vez que você dirigir naquele mesmo trajeto, você será mais cuidadoso e contornará o buraco. De forma parecida, quando você está consciente das contestações e motivos do preconceito, você sabe o que esperar e como estar mais bem preparado para encarar a situação da melhor forma possível.

Finalmente, o pensamento crítico ajuda os indivíduos a desenvolver uma maior resiliência, ou seja, ser sábio, reconhecer preconceitos e não ser facilmente influenciado por argumentos ruins. Agora, voltando ao exemplo sobre a atual situação econômica, com menos dinheiro no mercado, existe uma menor estabilidade e a falta de previsibilidade do que está por vir, desafiam indivíduos a tornarem-se mais empreendedores e a visualizar novas oportunidades de geração de renda.

A mudança necessária vem de duas dimensões, sendo necessário não somente revisar as políticas nas organizações, mas também fortalecer a mentalidade empreendedora das pessoas. Isto significa ganho de maior autonomia, maior capacidade de pensamento independente, identificação e aprendizado por meio dos erros cometidos, assim como a conquista na capacidade de sugerir soluções inovadoras em situações de ambiguidade.
 
* Giedre Vasiliauskaite é Doutora em Filosofia pela Universidade de Rotterdam da Holanda, professora do Master in Consultancy and Entrepreneurship de Rotterdam em parceria com INEPAD, programa de Mestrado em Negócios. É pesquisadora e especialista em Pensamento Crítico, Análise de Argumentos e Gestão Intercultural.

 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]