Pesquisar
Close this search box.
/
/
Toda brasilidade a favor do CX: CEOs trazem insights sobre a experiência do cliente

Toda brasilidade a favor do CX: CEOs trazem insights sobre a experiência do cliente

Em painel com Vitacon, Stone Pagamentos, Ânima Educação, Sem Parar Empresas e Outback Brasil, CONAREC discute a importância do CX

O CONAREC 2022 é verde e amarelo. E para falar sobre os desafios e diferenciais que só a experiência do cliente Made in Brazil pode oferecer, Roberto Meir, CEO do Grupo Padrão, reuniu Ariel Frankel, CEO da Vitacon, Augusto Lins, Presidente da Stone Pagamentos, Daniel Faccini Castanho, Presidente do Conselho de Administração da Ânima Educação, Henrique de Moraes, Presidente da Sem Parar Empresas e Pierre Berenstein, CEO do Outback Brasil, para o painel “CX Made in Brazil – Mais Conectado, Mais Inteligente, Mais Humano”.

Acompanhe a cobertura completa do CONAREC 2022

Debate integrante da grade de programação do CONAREC 2022, evento realizado nos dias 13 e 14 de setembro, no Transamérica Expo Center, pelo Grupo Padrão os executivos compartilharam insights sobre o CX de suas respectivas áreas de atuação.

O que é experiência afinal?

“Falo com muita tranquilidade que podemos descrever que na vida o que não é experiência, não existiu”, provoca Daniel Faccini Castanho. A fala surgiu logo após a importante indagação de Roberto Meir, CEO do Grupo Padrão: como gerar experiência em educação?

Quando pensamos na experiência do cliente, a mente nos projeta a percorrer a jornada de compra do consumidor, desde o contato inicial, ainda na fase de pesquisa do produto, até o pós-venda. Mas é preciso estar atento, porque há muitas oportunidades de implementar o seu negócio a partir de melhorias do CX.

Na Ânima Educação, o caminho foi entender que no processo de aprendizagem surge a partir ou da necessidade, ou da curiosidade. “E para gerar essa necessidade, você só consegue fazer experiência”, diz Faccini. “A proposta de valor da escola tem que ser desenvolver o autoconhecimento da pessoa, para que ela tenha a capacidade de ser protagonista da própria história. E você precisa ter um ambiente de confiança para ter conflitos de ideia”.

Novas possibilidades do Metaverso

Buzzword do momento, o metaverso também foi assunto para o painel “CX Made in Brazil – Mais Conectado, Mais Inteligente, Mais Humano”. Por mais distante da nossa realidade cotidiana, é preciso estar atento às oportunidades que o metaverso poderá trazer. Pierre Berenstein, CEO do Outback Brasil, conta como a empresa já começou nessas novas águas. A ativação foi realizada durante a CCXP, evento brasileiro de cultura pop.

Com toda uma narrativa criada em sinergia a partir dos produtos do Outback, a loja abriu no metaverso com ações de marketing para impulsionar as vendas de hambúrgueres durante o evento. O resultado: 21 mil lanches vendidos em três dias. “No Brasil, temos tradição em inovar. Temos uma liberdade grande de inovação tecnológica e de produtos”, conta Berenstein.

A busca por novos produtos e comportamentos são pilares que orientam também o trabalho realizado na Stone. Pensando especificamente em metaverso, por exemplo, Augusto Lins, Presidente da Stone Pagamentos, aponta como o case do Outback no metaverso deve inspirar outras empresas. “ O consumidor que entrou no metaverso é o que vai dirigir o carro Sem Parar. Todos nós temos que ficar muito antenados em conversar com o nosso cliente em qualquer um dos nossos negócios”, comenta. “Eu dedico 20% do meu tempo todos os dias para falar com o cliente. Tem que conversar porque nunca o consumidor esteve tão empoderado. Estamos vivendo um momento único de inclusão digital, inclusão financeira e quiçá inclusão social”.

Ouvir o cliente também é estar atento às dores

Não existe fórmula mágica. Mas se há algo que os executivos dos diversos setores concordam é que, para além das inovações, a voz do cliente sempre tem que ser ouvida. E isso significa, claro, ouvir também as suas dores.

Para Henrique de Moraes, Presidente da Sem Parar Empresas, isso significou entender que nunca ninguém vai gostar de pagar conta. “O nosso paradigma é que temos que fazer o momento de pagar conta desaparecer da sua vida. Não queremos que você procure a carteira. A filosofia é que o pagamento seja praticamente invisível, assim como os atritos”, diz. “ O Sem Parar não é mais apenas o pedágio. A lógica é aumentar os limites onde a gente consegue tirar a experiência de pagamento da vida das pessoas”.

Ariel Frankel, CEO da Vitacon, aponta também que um dos caminhos a partir da escuta é ressignificar relações. “Depois de resolver a dor do consumidor, como ele vai se comportar dentro desse novo ambiente? Como ela gostaria de consumir? A nossa jornada passou a ser de longo prazo. Esse pensamento fez com que a gente entrasse numa preocupação muito verdadeira, questionar a toda hora como esse cliente está sendo atendido. Entender as suas dores. A captação é constante, assim como as mudanças”.


+ Notícias

Alex Osterwalder: “Há um abismo entre a ambição e a habilidade de inovar”

Experiência tem que ser para todos: acessibilidade para 50+ 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]