Pesquisar
Close this search box.
/
/
Como o brasileiro se comporta quando o tema é a educação financeira dos filhos?

Como o brasileiro se comporta quando o tema é a educação financeira dos filhos?

Pesquisa traça as diferenças entre gerações e revela preocupação sobre educação financeira dos filhos

Como você educa seus filhos para tomar decisões financeiras inteligentes e responsáveis? Hoje, esse cuidado não só auxilia na formação e nas responsabilidades, mas, também na segurança familiar.

Com um olhar para essa questão, uma pesquisa buscou entender como o brasileiro se comporta quando o tema é a educação financeira dos filhos. Ela foi realizada recentemente pela Mozper, uma plataforma financeira gerida pelos pais e que funciona por meio de um aplicativo e de um cartão (saiba mais ao final do texto).

Durante o levantamento, foi constatado que 90% dos entrevistados afirmam conversar com os filhos sobre o tema. No entanto, apenas 57% desses mesmos pais tiveram oportunidade de falar sobre finanças com os próprios pais quando eram crianças.

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente

Pais: pouco contato quando crianças
sobre educação financeira

Um dos aspectos analisados na pesquisa, realizada com 600 respondentes com idade acima de 30 anos, foi a forma que a educação financeira esteve presente na vida deles na infância. De acordo com o levantamento, a grande maioria (82%) dos pais de crianças e adolescentes de 10 a 17 anos não teve educação financeira ou aprendeu apenas noções básicas na infância. Da parte que recebeu algum tipo de instrução, 86% disseram ter recebido instruções de pais ou irmãos, enquanto 38% afirmaram ter aprendido na escola e 22%, em livros.

“Os pais de hoje têm uma percepção melhor da sua relação com o dinheiro, entendendo o que isso pode representar, seja positivamente ou negativamente. Os responsáveis pela nova geração reconhecem o alto valor da educação financeira e mudaram o comportamento com seus filhos”, avalia Gabriel Roizner, CEO do Mozper, sobre a situação atual.

Leia mais: Influenciadores digitais falam sobre um novo modo de encarar o consumo

Conhecimento ajuda a tomar melhores decisões

A pesquisa também traz uma análise sobre a percepção do que é a educação financeira e de que forma ela pode impactar a vida dos mais jovens. Dos entrevistados, 94% acreditam que este é um tema de alta relevância, mesmo na parcela que não teve contato previamente com este modelo de ensino.

“De todos os nossos entrevistados, 79% das pessoas acreditam que podem se beneficiar com a educação financeira, pois isso é um conhecimento que as ajuda a tomar melhores decisões, tanto na vida pessoal quanto na vida profissional. Isso mostra que nossa proposta de educação financeira tem um grande público interessado, que enxerga o impacto deste conceito sendo aplicado nas vidas de seus filhos desde muito jovens”, ressalta Roizner.

Do total de respondentes, no recorte de mulheres, 85% delas acreditam no conceito de educação financeira, assim como 81% das pessoas que tiveram educação financeira básica entendem isso como primordial. E dos que nem tiveram educação financeira, 85% entendem sua importância. A pesquisa foi realizada em parceria com a empresa Grimpa, que ouviu pais e mães (internautas) de crianças de 10 a 17 anos. Foram realizadas 600 entrevistas em âmbito nacional (300 da classe AB e 300 da classe C). O nível de confiança da pesquisa é de 95% e margem de erro de 4% para leitura total.

filhos
Imagem: Mozpzer

Plataforma auxilia pais na educação financeira de seus filhos

Para ajudar pais, mães e responsáveis, o Mozper lançou oficialmente sua plataforma de educação financeira e seu cartão com bandeira Visa no Brasil. O objetivo é gerar responsabilidade e proporcionar educação financeira para crianças e adolescentes.

A plataforma (disponível em aplicativo), segundo a empresa, é segura, bastante intuitiva e fácil de navegar. Todo o conceito foi desenvolvido especificamente para crianças e adolescentes, com o cartão possuindo a tecnologia de pagamento por aproximação, sendo totalmente controlado pelos pais e/ou responsáveis. Para garantir a segurança, os adultos podem bloquear e desbloquear o cartão na hora que quiserem, além de acompanhar os gastos em tempo real.

Leia mais: Como consome Nath Finanças, youtuber referência em educação financeira?

Divisão do dinheiro em categorias e controle dos pais

A plataforma ainda possui funcionalidade para “divisão do dinheiro em categorias”, na qual o valor depositado pode ter o destino escolhido previamente pelos pais e responsáveis. Isso possibilita, por exemplo, fixar limites para gastos com alimentação, entretenimento (cinema, videogame etc.), compra de vestuários, brinquedos e saque em caixas eletrônicos.

Além do módulo de controle e de gestão de categoria de gastos, o aplicativo conta ainda com uma poupança dentro de suas funcionalidades. Ou seja, a criança que quer comprar algo pode se planejar para economizar até alcançar o valor total para efetivar a compra. O cartão tem ainda uma espécie de escudo “anti dívida”, no qual a criança tem o limite do saldo que estiver disponível na categoria definida pelos responsáveis.

“O que queremos é oferecer a oportunidade para pais e filhos conversarem sobre dinheiro, entenderem as necessidades de consumo sem surpresas ao longo do caminho e de educar para uma vida financeiramente responsável, de maneira fácil e divertida”, afirma Gabriel Roizner, CEO do Mozper. “Essa nova geração já possui uma relação diferente com o dinheiro, muito pelas vivências do passado de seus pais, que entenderam de outra forma como lidar com suas finanças, conforme nossa pesquisa demonstrou”, conclui. Para saber os valores para uso da plataforma e seu cartão acesso o site da Mozper.

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente  


+ Notícias

Fidelidade às marcas? A escolha dos jovens é a fluidez 

De olho no Pix: como a ferramenta vem transformando os negócios B2B 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]