Pesquisar
Close this search box.
/
/
Benefícios: nos EUA energia limpa é direito do trabalhador

Benefícios: nos EUA energia limpa é direito do trabalhador

3M, Cisco e Kimberly-Clark fornecem 35% de desconto aos seus funcionários que comprarem placas fotovoltaicas

E se um dos benefícios concedidos pela empresa na qual você trabalha fosse um desconto de 35% em painéis para converter a luz solar em energia elétrica? Pois é exatamente isso que acontece nos Estados Unidos desde outubro, quando três empresas norte-americanas incluíram esse benefício incomum aos funcionários.

As empresas que têm fornecido os painéis solares para os colaboradores são a 3M, dona de marcas como Post-it e Durex, a empresa de tecnologia Cisco e a fabricante de produtos de higiene Kimberly-Clark. ?Encorajamos nossos funcionários a agir de forma sustentável não só no nosso negócio, mas também fora dele?, destaca Gayle Schueller, vice-presidente global de sustentabilidade da 3M.

Para dar a seus empregados a oportunidade de usar energia limpa a um custo menor, essas companhias não tiraram um centavo do caixa. Elas tiveram apenas de se aliar a uma ideia e propagandeá-la internamente.

O desconto nos painéis está sendo oferecido por um programa concebido pela organização ambientalista WWF em parceria com a Geostellar, uma startup de energia solar dos Estados Unidos.

A meta é que, até outubro, 1.000 funcionários tenham energia solar em casa. Com isso, o país deixaria de emitir 74.500 toneladas de carbono por ano ? o equivalente a retirar mais de 15.000 carros das ruas.

O raciocínio da Geostellar, responsável por vender e instalar os sistemas, é que o dinheiro ?perdido? ao conceder o desconto será compensado pelo grande volume de clientes que deverão adotar a tecnologia solar em casa.

Economia
Além das três pioneiras, outras nove empresas aderiram ao programa nos meses seguintes. Juntas, elas somam 200.000 funcionários. Para ter um sistema de painéis solares, eles podem optar pela compra à vista ou por parcelar o pagamento em até 20 anos. Nesse caso, pagam cerca de 97 dólares por mês.

Se comparado ao gasto médio mensal de uma residência americana, a economia obtida com o uso dos painéis é de 35%. ?Queremos provar que consumir energia renovável é factível e vantajoso?, diz Bryn Baker, coordenadora da área de energia renovável da WWF.

A meta é que, até outubro, 1.000 funcionários tenham energia solar em casa. Com isso, o país deixaria de emitir 74.500 toneladas de carbono por ano ? o equivalente a retirar mais de 15.000 carros das ruas.

É a primeira vez que empresas se unem a uma ONG para incentivar o uso de painéis solares nos Estados Unidos. Até então, os consumidores recebiam ajuda do governo: ao comprar um sistema fotovoltaico, é possível obter 30% do valor do equipamento em créditos para ser descontados em impostos federais e estaduais.

Realidade brasileira
No Brasil não há incentivos do gênero e quem quer ter a tecnologia precisa desembolsar entre 14.000 e 100.000 reais ou encarar financiamentos com juros de até 20% ao ano.

Resultado: existem cerca de 300 microgeradores de energia solar no Brasil, ante quase 580.000 nos Estados Unidos. ?A falta de incentivos e financiamentos atrativos inviabiliza a popularização da energia solar em casa no Brasil?, afirma à Exame Raphael Pintao, sócio da Neosolar, empresa que instala painéis fotovoltaicos.

Crescimento
A boa notícia é que, por aqui, o número de empresas que buscam incentivar seus empregados a adotar práticas sustentáveis na vida privada também vem crescendo. Desde 2010, a operação brasileira do Google deixou de descontar os 6% do salário, previstos por lei, dos funcionários que recebem vale-transporte para estimulá-los a usar o transporte público no deslocamento para o trabalho.

Desde 2013, a fabricante de gases industriais White Martins conseguiu quadruplicar o volume de resíduos recicláveis recolhidos em sua unidade de Contagem, em Minas Gerais, ao estimular os funcionários a trazer o lixo de casa. Cerca de 150 pessoas colaboram assiduamente com o programa e 4 toneladas já foram enviadas às cooperativas de catadores da cidade.

Fonte: Mercado Ético.

Leia mais:
Brasil entre os dez mais atraentes para energia renovável
Yingli: energia solar é saída para baixar custos das térmicas
Coreanos desenvolvem célula solar mais eficiente do mundo
 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]