Pesquisar
Close this search box.
/
/
Procon envia equipe para combater abusos contra vítimas das chuvas

Procon envia equipe para combater abusos contra vítimas das chuvas

Oportunistas estão aproveitando da fragilidade dos consumidores na região da tragédia para elevar preços e cometer práticas abusivas

O Procon de São Paulo faz um alerta para a população das cidades do litoral paulista atingidas pelas fortes chuvas nos últimos dias, que deixaram pelo menos 48 mortos, segundo a Defesa Civil. O órgão de defesa do consumidor chama a atenção para a prática de abusos na cobrança de produtos e serviços nos locais atingidos, como a elevação de preços de alimentos, remédios, água e combustíveis. Segundo a autarquia, não é admissível que oportunistas se aproveitem da situação de calamidade e aumentem o drama de quem mora na região.

O diretor-executivo do Procon-SP, Wilton Ruas, afirma que embora não haja controle ou tabelamento de preços no Brasil, o Código de Defesa do Consumidor deixa claro que é vedado ao fornecedor elevar sem justa causa o preço de produtos ou serviços. Essa regra ganha ainda mais força em situações de extrema fragilidade do consumidor, como é o caso da tragédia que se abateu principalmente no litoral norte de São Paulo.

Nesta quinta-feira, o Procon-SP, com apoio do departamento de Polícia Civil responsável pelo litoral norte, enviará equipes de fiscalização para trabalhar junto do time do Procon do município de São Sebastião, para apurar práticas indevidas de elevação de preço sem justa causa. O Procon se coloca à disposição da população para investigar abusos praticados.

Quem identificar ou se sentir vítima de práticas abusivas deve procurar o órgão e fazer a denúncia. Também é possível denunciar nos Procons Municipais, para que os responsáveis sejam punidos, quando for comprovado que se aproveitaram da fragilidade do consumidor para obter vantagem indevida. A dica é: quando você identificar situações que possam ser enquadradas como abuso na relação de consumo, solicite a nota fiscal ou tente registrar a prática de alguma forma. Isso facilita a comprovação do abuso e a análise dos órgãos competentes. As reclamações podem ser feitas no site www.procon.sp.gov.br, na página Espaço Consumidor.

“O Procon-SP, bem como outros órgãos da Secretaria de Justiça e Cidadania, se junta aos demais órgãos do Governo de São Paulo, que a partir da decretação de calamidade, pelo governador Tarcísio de Freitas, estão se mobilizando, dentro de suas áreas de atuação, para prestar toda a ajuda e solidariedade possíveis para mitigar os efeitos dessa tragédia junto à população atingida”, afirma Ruas.

Bancos se mobilizam para ajudar litoral norte de São Paulo

A Federação Brasileira de Bancos e os bancos associados à ela já fizeram uma doação de mais de dois milhões de reais para ajudar no socorro às famílias vítimas das fortes chuvas que atingiram o litoral norte de São Paulo. Os recursos foram direcionados aos moradores da região e também a instituições como o Instituto Verdescola e a Gerando Falcões para compra de alimentos, água, colchões e artigos de primeira necessidade.

Os bancos também formalizaram parcerias com entidades civis locais e estão mobilizando clientes e funcionários para doações às vítimas. A liberação do saque calamidade do FGTS aos trabalhadores dos municípios atingidos, ações de auxílio para funcionários e familiares na região, abertura de agências para recebimento de doações e o reforço de orientações às equipes de seguros das instituições para o atendimento da população local também estão entre as primeiras iniciativas adotadas pelos bancos para amenizar o sofrimento da população.

A Febraban manifestou profundo pesar às vítimas da catástrofe que atingiu o litoral norte do estado e se solidarizou com as famílias. Desde o final de semana, a entidade está priorizando esforços para assistir os desabrigados pela catástrofe.

Porto Seguro reforça atendimento na região atingida

A Porto Seguro também está mobilizada para dar apoio à população do litoral de São Paulo. A companhia enviou 135 viaturas para o região e montou duas bases para ajudar a contornar emergências e encurtar prazo dos atendimentos de assistência e de sinistros. Situadas no quilômetro 40 da Rodovia Anchieta e na Riviera de São Lourenço, as bases foram erguidas em caráter emergencial e sem previsão de encerramento de atividades. As operações estão ocorrendo em São Sebastião, Guarujá, Bertioga, Maresias, Juquehy e contam com o suporte de mais de 25 profissionais na administração da operação.

Em relação às viaturas, foram enviados para o litoral veículos especiais aquáticos (marruás e moto aquática), guinchos e pick-ups. “Neste momento, estamos atendendo aos segurados e aos não-segurados, considerando a urgência humanitária que as chuvas ocasionaram no trecho litorâneo. Manteremos esse modelo de atuação enquanto houver necessidade e a situação não for dada como encerrada pela Defesa Civil”, destaca Rivaldo Leite, CEO da Porto Seguro.


+Notícias

Recuperação Judicial protege Americanas de ordem de despejo?

Procura por seguro viagem dispara no Brasil, segundo CNseg

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]