Pesquisar
Close this search box.
/
/
O que é preciso para consolidar camadas de segurança em plataformas digitais

O que é preciso para consolidar camadas de segurança em plataformas digitais

Especialista em soluções de cibersegurança fala sobre a construção de uma estratégia de segurança digital eficiente

Depois das discussões para a aprovação da Lei Geral de Proteção de Dados e diversos casos de vazamento de informações, a cibersegurança virou pauta prioritária em empresas de vários seguimentos.
Tanto é que o assunto já foi tema de Seminário promovido pelo Grupo Padrão (veja como foi). No evento, especialistas falaram da importância de encarar a cibersegurança como pilar fundamental da transformação digital nas companhias.
Já no O2O Innovation Experience, Marcelo Ferreira, Arquiteto Sênior de Soluções de Cibersegurança da IDEssencial, mostrou os pontos mais importantes para a construção de uma estratégia de segurança digital eficiente. Confira:

APIs pensados para segurança

O especialista explica que as APIs são o ponto onde as empresas encaram suas primeiras ameaças, geralmente aquelas mais conhecidas. APIs voltados para segurança trabalham com autenticação e monitoramento do comportamento do entrante. As ferramentas podem funcionar com machine learning para otimizar a identificação de vulnerabilidades.
Ao olhar para esta camada, as empresas já se preocupam com o vazamento de informações. “Muitas vezes as empresas estão blindadas com tecnologia para segurança, mas se esquecem que há perigo de vazamento de dados pelo próprio padrão adotado por sua plataforma. Essa possibilidade é potencializada em parcerias”, explica Ferreira.
Um exemplo de risco é uma parceria com outra empresa que foi invadida, mas o sistema de segurança ainda reconhece a parceira como agente confiável. É necessário que as APIs passem a gerenciar todos os entrantes na arquitetura para evitar vazamentos.

segurança digital
Foto Unsplash

Entrada de novos usuários

“Onboarding” é um termo importado da área de Recursos Humanos e tem relação com a adaptação de novos colaboradores. Em serviços digitais o significado não é muito diferente e tem a ver com a entrada de novos usuários nas plataformas.
Em fintechs, por exemplo, é comum que novos usuários subam arquivos como comprovante de endereço, foto da identidade e selfie com um documento. Nesta etapa, a contaminação por malwares presentes nos documentos é uma ameaça preocupante.
O remédio para este tipo de ataque é contar com um componente que examine a existência de malwares nos arquivos. Se identificado vírus, o documento deve ser isolado e eliminado da plataforma. Os usuários só deve ter pleno acesso à sua plataforma quando todas as etapas de verificação forem concluídas.
Feita a validação do documento que o usuário carregou, são tomadas algumas ações tradicionais, como validação do dispositivo utilizado para carregar os arquivos, via SMS e, depois, validação do endereço de e-mail.

Autenticação

Para Ferreira, esta já é uma camada muito bem cuidada pelo mercado de serviços digitais em geral. Mas ele explica que é possível ir além e oferecer ao usuário uma “experiência Uber”. Ou seja, oferecer acesso à plataforma sem a necessidade de inserção de senha todas as vezes que o usuário abre a aplicação.
“Isso só acontece quando o processo de onboarding é eficiente, já que a partir desta etapa a companhia passa a confiar no usuário e no dispositivo validado por ele”, afirma o especialista.
Para que isso aconteça, é preciso fazer uma análise de risco de acesso à plataforma. Se um usuário faz uma viagem ao exterior e sai do seu padrão de comportamento é necessário refazer a autenticação. As empresas podem desafiar o usuário solicitando autenticação por SMS ou mesmo restringir o acesso à plataforma.

segurança digital
Foto Pixabay

Vigilância preditiva

O monitoramento ativo está intimamente ligado à camada de autenticação. Em algumas situações, é necessário fazer o caminho inverso da autenticação. O monitoramento ativo é responsável por identificar anomalias nos padrões de comportamento do usuário e acionar a camada de autenticação.

Gestão de acesso

É um ponto fundamental para todas as aplicações. A luta contra o vazamento de informações está ligada a esta camada. Existe a possibilidade de colaboradores e prestadores de serviço estarem mal-intencionados e as empresas precisam se blindar contra isto.
Para os funcionários, é importante gerir todas as credenciais e evitar que tenham acesso privilegiado dentro da arquitetura. As empresas precisam dar acesso aos colaboradores àqueles itens que façam sentido para a função.
Para prestadores de serviço, as empresas não podem passar credenciais reais, e sim acessos monitorados e que tenham data de validade.

Portal de APIs

É importante que as empresas ofereçam esta solução para desenvolvedores e parceiros. Neste ambiente, são oferecidas funcionalidades como fóruns de debate, exemplos de soluções e um catálogo de todas as APIs disponíveis.
As empresas parceiras podem dispor de um ambiente para testar as aplicações e dados sintéticos para simular usos práticos durante os testes.


+ NOTÍCIAS

Estudo indica aumento de investimentos em cibersegurança na América Latina
Lei de proteção de dados: com a palavra, as empresas
A segurança de dados faz parte da transformação digital na sua empresa?
Transformação digital: mais gente, menos tecnologia
Cuidado: ataques cibernéticos podem estar disfarçados dos sites que você mais utiliza

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]