Pesquisar
Close this search box.
/
/
Claro, Vivo e Tim arrematam os principais lotes do 5G. Brasil terá nova operadora de telecom

Claro, Vivo e Tim arrematam os principais lotes do 5G. Brasil terá nova operadora de telecom

Vivo, Tim e Claro arremataram as faixas de 3,5GHZ, considerada a mais importante para a oferta de 5G. Uma boa notícia para o consumidor é que o País terá, de novo, uma quarta operadora móvel de telecomunicações. Conheça

Nesta quinta-feira (4), as operadoras Claro, Vivo e TIM arremataram três lotes na faixa de 3,5 GHz (gigahertz), considerada a principal do leilão do 5G realizado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O leilão com as demais frequências deve terminar nesta sexta-feira (5).

De acordo com informações da Anatel,  dentro da leilão da faixa de 3,5 GHz, os lances vencedores foram:

Lote B1 – vencedora Claro – R$ 338 milhões – ágio de 5,18%

Lote B2 – vencedora Vivo – R$ 420 milhões – ágio de 30,69%

Lote B3 – vencedora TIM – R$ 351 milhões – ágio de 9,22%

O edital ainda previa um quarto lote na faixa de 3,5 GHz, com abrangência nacional. No entanto, não houve empresa interessada.

Por que a faixa de 3,5GHZ é importante?

Especialistas em telecomunicações já apontavam o forte interesse das maiores empresas de telecomunicações no País pela faixa de 3,5GHZ. Mas você sabe o motivo?

O principal motivo é que a faixa é exclusiva para o 5G, com capacidade de transmissão de altíssima velocidade.

Além disso, a frequência é a mais usada no mundo para o 5G, segundo dados da Global Suppliers Association (GSA), entidade que reúne fornecedores de equipamentos para redes móveis. O  espectro de Banda C ou que vai dos 3,3 GHz a 4,2 GHz (o que inclui os 3,5GHZ) é o mais licenciado no mundo para uso em redes 5G. O levantamento mostra que existem ao menos 172 operadoras, distribuídos em 72 países.

O espectro também é apontado como ideal ideal para atender áreas urbanas.

Mercado de smartphones

Para o consumidor, a expectativa agora é o início da operação comercial de pacotes 5G. De acordo com o edital, a venda começa em julho de 2022, porém especialistas ouvidos pela Consumidor Moderno apontam que dificilmente isso deverá ocorrer antes de setembro do próximo ano.

Outra ponto que o consumidor deverá ficar atento é pesquisar a aquisição de um novo aparelho de smartphone.


Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente


O mesmo levantamento da GSA aponta que existem no mundo 117 smartphones compatíveis com tal espectro. E esse número não deve parar de crescer.

Outro estudo, desta vez feito pela Juniper Research, uma companhia do Reino Unido especializada em pesquisa e tendências do mercado de tecnologia, aponta que, até 2025, as vendas de smartphones 5G representarão 50% da receita de aparelhos.

De acordo com os dados fornecidos pela Juniper, o esperado é que, em 2021, a receita da venda de celulares 5G chegue a US$ 108 bilhões, com esse valor mais do que triplicando até 2025 e chegando, por fim, a US$ 337 bilhões.

No Brasil, já existem aparelhos à venda com a tecnologia, porém os valores andam bem salgados: eles não saem por menos de R$ 1,9 mil e pode chegar a pouco mais de R$ 13 mil em um modelo mais caro do iPhone 13.

Lembrando que a compra desse aparelho é fundamental para os consumidores que desejam contratar pacotes de 5G no próximo ano.

Aumento da concorrência

Uma boa notícia que surgiu nesse primeiro dia do leilão da Anatel é que o Brasil terá novamente uma quarta operadora de telecomunicações de abrangência nacional. Trata-se da a Winity II Telecom Ltda ou apenas Winity Telecom, ligado ao Fundo Pátria.

A empresa arrematou a frequência de 700 MHz por pouco mais de R$ 1,4 bi – R$ 1 a mais que o segundo colocado do certame. Das 15 empresas que disputam o leilão, apenas três ofereceram lance para o lote.

Outra nova operadora no país é a Brisanet, que levou o lote C4 do Nordeste de 3,5 GHz pelo valor de R$ 1,25 bilhão e ágio de 13.741,71% e o lote C5 por R$ 105 milhões.

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]