Pesquisar
Close this search box.
/
/
5 Estratégias para otimizar o Supply Chain na crise

5 Estratégias para otimizar o Supply Chain na crise

Especialista apresenta melhores práticas de gestão para evitar gargalos logísticos

Até o final do ano passado, a crise afetava mais a área industrial e agora já está presente nas vendas e no varejo. Segundo pesquisa do Centro de Estudos em Logística, empresas brasileiras gastam, em média, 7,5% da receita líquida com custos logísticos, considerando gastos com transporte, estoque e armazenagem.

Leia também:
5 Dicas para administrar melhor o seu negócio 

“Em um momento de instabilidade econômica aumenta a necessidade de as empresas tomarem decisões estratégicas e aplicar medidas corretas para a contenção de gastos. Para aumentar o rendimento de todas as etapas logísticas, é necessário um bom modelo de gestão de Supply Chain, pois o setor acaba afetando diretamente o cliente final”, explica André Duarte, organizador da 12ª Maratona de Supply Chain da Inbrasc, uma das escolas de negócios da Febracorp University. O executivo traz cinco dicas para manter a boa gestão de Supply Chain em época de estagnação financeira:

1. Planejamento ideal para uma boa política de estoque: Uma boa política de estoque deve envolver o produto que acabou a matéria-prima e o estoque em fornecedor. É preciso tentar unir a área industrial, a área comercial e a área financeira, mantendo pelo menos um nível de estoque mínimo para cada tipo de item. A gestão de estoque é uma ótima ferramenta para controlar os gastos e a satisfação dos clientes. Quem costuma fazer um controle eficiente, consegue praticar melhores preços e tem mais qualidade no serviço prestado. Por isso, procure um espaço físico e saiba o que, quanto, por quanto tempo e como estocar. Organização acima de tudo. Além disso, um sistema interessante para o gestor ficar atento é o Just In Time (JIT), proveniente do Japão.

Leia também:
China: alternativa para empresas driblarem a crise 

2. Melhore o fluxo de caixa com o aumento do prazo de pagamento: É necessário que toda empresa tenha uma boa gestão financeira para se desenvolver e, se isso não acontece, o caixa não tem dinheiro para suprir todas as dívidas da empresa. O estoque em excesso, por exemplo, é capital parado. Giro de compras maiores e menores quantidades é o melhor jeito de se trabalhar. Para manter tudo sobre controle, todo o dia é dia de verificar o caixa e sempre reavalie o prazo com clientes e fornecedores. Se você perceber que a organização não está indo muito bem, adquira um software automatizado e procure ajuda de um especialista.

3. Minimize as ameaças internas e externas do atual cenário: Faça a análise do ambiente na sua empresa e identifique as oportunidades, ameaças, forças e fraquezas que afetam a empresa no ato de cumprir a sua missão. As ameaças podem ser internas e externas e são aquelas que, não eliminadas, minimizadas ou evitadas pela empresa, podem afeta-la negativamente. Para manter a organização e um bom resultado da empresa, faça uma combinação entre os dados internos e externos, pois a sobrevivência e o sucesso da empresa dependem da sua sintonia com o ambiente.

4. Encontre novas técnicas de negociação para otimizar os resultados: Empresas precisam de profissionais capazes de negociar a fim de alcançar bons resultados. A negociação depende, portanto, de muita competência e deve fazer parte da realidade interna e externa. Existem quatro tipos de negociação para obter bons resultados: o primeiro passo é entender que as negociações podem ser relativas a aspectos estratégicos, táticos ou operacionais. Depois, é preciso fazer uma preparação do banco de dados e fazer uma negociação em equipe – principalmente em casos mais delicados. Por fim, a pós- negociação finaliza o processo. Desta forma, os tipos de negociação aliados às boas estratégias dão ao profissional uma melhor leitura de seu cliente. O resultado é a concretização de uma venda, por exemplo.

5. Implemente ferramentas e metodologias para antecipar estratégias: Para conseguir atingir o objetivo , é importante que se monte uma estratégia para ser bem sucedido no mercado e, com a ajuda de ferramentas corretas (softwares, estudo de casos, pesquisas de mercado), e a aplicação de metodologias, fica mais fácil de escolher e prever a melhor estratégia para alcançar o objetivo desejado.

Leia também:
Dez anos em dois

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]