/
/
/
/
/
Gerações de clientes e CX: a cultura da solução em primeiro lugar

Gerações de clientes e CX: a cultura da solução em primeiro lugar

Compreender como cada geração de cliente dever ser atendida é fundamental em CX, mas é preciso interesse genuíno no tema, avaliam executivos

Em Customer Experience (CX), entender uma geração não é apenas ter o conhecimento de públicos para realizar melhores ofertas, serviços e produtos, mas, compreender que este valor é uma ferramenta para construção das melhores experiências e do melhor atendimento ao cliente hoje. Essa percepção é o que tem auxiliado empresas num cenário onde diferentes gerações buscam diferentes (ou os mesmos) canais de atendimento dentro da sua jornada de consumo.

Mas isso não basta. O que fica claro hoje em CX, é que as empresas precisam ter um maior comprometimento com esse desafio sobre gerações de clientes e canais de atendimento, pois isso está relacionado a percepção e valor de marca.

Segundo Ana Kagueyama, da PayPal é preciso, acima de tudo, “ter um interesse genuíno no melhor atendimento, para só depois entender qual canal melhor funciona para cada geração. “Ou seja, é a cultura da solução em primeiro lugar”, diz a executiva.

Ana participou de um painel esclarecedor sobre este tema, no evento “A Era do Dialogo”, realizado pelo Grupo Padrão este ano. Na ocasião o entendimento sobre esse aspecto da gestão de canais de atendimento diante de diferentes públicos e comportamentos, suscitou análises pertinentes de seus participantes.

Entretanto, o evento avaliou que o bom atendimento ultrapassa gerações. Segundo Ana Kagueyama, “entender o consumidor vem antes da tecnologia para cada canal”. A executiva lembrou que as empresas precisam entender que “a tecnologia aplicada no atendimento parte do comportamento do cliente”, e que no “mundo de pagamentos”, por exemplo, agilidade é um diferencial importante.

As barreiras geracionais diminuem com os avanços tecnológicos

Evidente que a tecnologia faz hoje com que as empresas ofereçam um nível de personalização no atendimento nunca visto. Os dados digitais estão aí para confirmar. Mas é também necessário compreender que para algumas gerações de clientes essa demanda requer um entendimento maior do valor da experiência. Tiago Violin, da Porto Bank, avalia esse ponto: “Para uma geração ansiosa e imediatista, com a geração Z, esses consumidores não estão muito ligados à marca, mas sim a experiência. Elas amam experiências e não marcas”.

Mapear a satisfação em todos os pontos de contato do cliente,
independente da geração ou idade, e, pelos feedbacks é fundamental 

Isso gera uma preocupação ainda maior para a área de atendimento em CX: o quanto estou sendo resolutivo e ainda proporcionando uma boa experiência para o meu cliente? Para oferecer a melhor experiência e a melhor resolutividade, Maria Claudia Ornellas, diretora de Transformação e Experiência do Cliente da Vivo, entende que isso também passa por “ter a mentalidade inclusiva”. Ou seja, a premissa de que todos os produtos e serviços desenvolvidos estejam adaptados às diversas realidades existentes. “Mapear a satisfação em todos os pontos de contato do cliente, independente da geração ou idade, e, pelos feedbacks é fundamental agora”, salienta Claudia.

Devemos nos orientar para transformar diferentes jornadas em todos os canais

Personalização no atendimento sempre norteou as estratégias das empresas em Customer Experience (CX). Entretanto, com o avanço da digitalização permeando desde jovens até pessoas com mais idade, a experiência digital no atendimento parece ter diminuído essa distância geracional e forçado as empresas e encontrem nas diferenças um fator de compreensão mais abrangente para suas necessidades.

A experiência em canais de atendimento hoje exige eficiência. Diferentes gerações podem ser compreendidas em situações distintas de atendimento. Evidente que para cada público existam preferências de canais e linguagem, mas, tais momentos precisam de coesão do atendimento para que a experiência de cada público em qualquer canal encontre uma única trajetória: a resolutividade.

Com isso em mente, a missão das marcas sobre atendimento ao cliente é tratar da personalização como um dos aspectos para se obter bons resultados. Contudo, personalizar deve ter a resolução como objetivo final.

É como bem coloca Paulo Godoy, CEO da Olos Tecnologia, sobre o poder da digitalização e das novas tecnologias para CX. Para o executivo, diminuir atritos nos mais diferentes pontos de conato e derrubar as fronteiras geracionais é papel da tecnologia no atendimento ao cliente. Para todas as gerações de clientes o que as marcas precisam é buscar uma experiência ainda mais encantadora e resolutiva agora. “Nesse sentido, acreditamos que os canais de comunicação serão cada vez mais naturais e aplicáveis a qualquer tipo de atendimento, seja ele complexo ou não”, diz Godoy.



Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]