Pesquisar
Close this search box.
/
/
Vamos viver no mundo da Lua

Vamos viver no mundo da Lua

A corrida espacial não é mais como era antigamente...

Em 2007, o Google lançou a iniciativa Google Lunar XPrize. Qual seria a lógica de fomentar a exploração lunar décadas após a Nasa ter colocado o homem no satélite que orbita em volta da Terra? A ideia era – e é – ambiciosa: formar um time de profissionais – cientistas, exploradores, engenheiros, matemáticos, em volta do globo, capaz de reviver as possibilidades da exploração da Lua e do espaço. Para isso, a iniciativa XPrize oferece um prêmio de US$ 30 milhões para o time que oferecer a solução mais viável, brilhante e inteligente para viabilizar a exploração consistente do que existe além da Terra.

O efeito dessa iniciativa foi impressionante: dezenas de gênios, talentos visionários começaram a se mobilizar em cerca de 10 países para a competição. Uma vez ao ano, reúnem-se em Mountain Valley, sede do Google para avaliações. Robótica, pesquisa de materiais, cálculos de pesquisa de solo, física são disciplinas aplicadas na empreitada de levar um modelo de automóvel de exploração para a Lua (veja a foto).

Mais do que um reconhecimento, o projeto Google Lunar constituiu-se numa saga. E esta saga mereceu a criação de uma web série denominada “Moon Shot”, produzida por ninguém menos que JJ Abrams, com sua Bad Robot, mais a Epic Digital. Os quatro primeiros episódios foram apresentador no SXSW, em primeira mão. Mostram gente como Deepana, uma frágil indiana que especializou-se em matemática e hoje responde pelos cálculos que viabilizaram a construção do veículo explorador, ou ainda Alex Dobrianski, um gênio radicado no Canadá que pesquisa outras formas de locomoção no ambiente lunar. Cada episódio da série aborda um personagem e todos eles estavam presentes na avant premiére no SXSW.

Uma nova etapa da conquista da Lua

O que antes era privilégio de governos, que reuniam condições e paranoias para conduzir a exploração espacial, hoje, com a evolução da tecnologia, tornou-se uma empreitada possível para empresas diversas. Google, SpaceX, Amazon lançaram-se à corrida espacial. Um novo mercado está nascendo, com empresas, inovações, negócios e uma nova arena de conhecimento foi aberta.

Os episódios mostrados no SXSW constituem uma obra que retrata os valores universais responsáveis pela evolução humana: a capacidade de sonhar, de experimentar, de persistir, de ir além, de tentar caminhos diferentes. Os personagens são carismáticos, falam com simplicidade e revelam seus sonhos e aspirações de modo muito honesto.

Após a exibição dos filmes, aconteceu uma rápida conversa entre Josh Davis, produtor da Epic Digital, Orlando von Einsiedel, diretor e cineasta da Grain Media e
Andrew Lee, produtor da Bad Robot, produtora de JJ Abrams.

O fato é que a prerrogativa de pensar apenas em governos com capacidade para reunir capital, talento e recursos para promover empreitadas como viagens especiais já foi superada. A iniciativa Google Lunar XPrize conseguiu mobilizar um time de pessoas excepcionais, que sacrificaram o que foi possível pelo sonho de fazer a humanidade seguir uma nova e incrível jornada.

Um dos filmes exibidos dá a exata dimensão do que significa fazer parte dessa nova conquista da Lua. Um dos personagens fala, de modo cativante e emocionado: “Adoro a ideia de começar do nada e entregar algo útil para a humanidade. Em muitos pontos, a robótica é a expressão de uma nova geração. Eu prezo a idade e abraço a velhice. Estou num ponto da vida em que as máquinas podem fazer grandes coisas. Vou deixá-las em boas mãos”. Sim, a robótica e a concepção de tecnologias para exploração do espaço estão em desenvolvimento acelerado. A nova corrida especial é uma iniciativa privada, que resgata a propensão de pessoas talentosas a se engajarem em uma causa que transcende a própria natureza da Terra. É uma revolução trazer a Lua para perto, o espaço para pessoas comuns. Um novo campo de estudos, de informação, de inovação. Não é sobre ir para a Lua, é sobre criar e mostrar que tudo é possível.

 

***

Jacques Meir é Diretor de Conhecimento e Plataformas de Conteúdo do Grupo Padrão.

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]