Pesquisar
Close this search box.
/
/
Um milenar (e fantástico) exercício de design thinking: o vinho

Um milenar (e fantástico) exercício de design thinking: o vinho

Consumidor Moderno Experience Summit começa com um elemento inspirador, o vinho

Caminhar pelas ruas de Roma é uma experiência sensorial. A luz do outono envolve a cidade num tom amarelado distinto. A cada hora do dia é possível ver a mesma paisagem de formas diferentes, descobrindo novas perspectivas. Como a maioria das cidades européias, Roma é dos seus cidadãos. Os residentes e os turistas tomam as ruas e convivem nos diferentes espaços a qualquer hora. A comunhão das pessoas com a cidade é notável: pequenos negócios que evocam a velha tradição italiana de design e arte e cadeias globais de varejo fast fashion e alto luxo sinalizam para as pessoas que o ambiente permite a convivência de extremos, do grande e do pequeno, das inúmeras ruelas recortadas e das grandes praças, dos muitos carrinhos Smart e Cinquecentos com as imponentes SUVs, do esplendoroso Vaticano com suas igrejas seculares, das fachadas modestas para interiores espetaculares, das pessoas de diversas nacionalidades misturando-se em um caldo cultural do qual cada uma sai com inspirações próprias e particulares.

Esse é o contexto que envolve o Consumidor Moderno Experience Summit que iniciou-se no sábado, 1 de novembro. Um evento inspirador para permitir aos mais de 130 executivos presentes desenvolver a capacidade de inovar. Desta vez, tendo como proposta a compreensão do design thinking como método de modelar negócios sob a perspectiva dos clientes e consumidores.

Após um dia dedicado a passeios particulares – mas que de modo unânime levou quase todos a iniciarem a sua jornada pelo Vaticano e a Praça São Pedro, o dia seguint, foi reservado a uma experiência na vinícola Casale Cento Corvi, em Cerveteri, Roma, região do Lazio. A apenas 3 quilômetros do mar, com solo rico em minerais, a fazenda Casale Cento Corvi constrói uma história baseada na mais genuína tradição vinícola, com uvas exclusivas, processo de fabricação natural, sem qualquer interferência química, a partir de uvas orgânicas tipicamente italianas como as Giacche.

O grupo de executivos que participam do Consumidor Moderno Experience Summit pôde vivenciar como se produz de forma tradicional, usando as variáveis mais incertas – clima, vento, regimes da lua, intensidade do sol, qualidades das uvas – para oferecer vinhos mais complexos, brancos, tintos, rosés, que podem ser descobertos de diferentes formas.

Com o tema central versando sobre “design thinking”, a jornada na vinícola proposta pelo Consumidor Moderno Experience Summit foi pensada para proporcionar uma experiência envolvente e curiosa ao grupo. No total, 6 vinhos foram degustados, 4 deles durante um almoço agradável, na cantina da vinícola, com explicações técnicas e sensoriais que permitiram a todos desvendar sabores, aromas e combinações das bebidas com empenho e alegria. É emocionante e inspirador ver o entusiasmo e o humor contagiante da enóloga Giorgia Collacciani comentando sobre os vinhos que produzem na casa fundada por Fiorenzo Collaciani, seu pai, um senhor de cabelos brancos e sorriso no rosto. A família encanta pela simplicidade, pelo espirito de bem-servir, pelas histórias e pelo orgulho com que fala sobre seus produtos e suas lendas.

Há muitos contrapontos importantes aqui: o vinho como bebida milenar, que se renova e evolui a cada ano, oferecendo múltiplas possibilidades, sinaliza como produtos realmente podem se reinventar a despeito da evolução vertiginosa de tecnologias diversas. A Itália que parece devidamente alinhada aos mandamentos da economia global, preserva essências familiares em produtos que são fruto do que mãos e histórias humanas são capazes de criar. E melhor ainda, esses pequenos negócios – vinhos, massas, azeites, temperos, objetos, sapatos, moda – demonstram notável capacidade de conexão com as pessoas e com o entorno. O contexto da Itália global é, na verdade, uma fortaleza de afirmação cultural com concessões ao turismo expressas nas grifes que despontam em ruas comerciais como a Via del Corso.

Já a nossa jornada para construir negócios voltados à perspectiva do cliente tem muito a aprender com a experiência na vinícola Casale Cento Corvi: a espontaneidade, aliada ao conhecimento real de seus produtos, o controle das fases do processo, a pesquisas com variedades de uvas para criar inovações incrementais – vinhos de maior valor e de maiores nuances, são boas lições.

Mas a melhor de todas as lições disponíveis no ensolarado e especialmente iluminado dia em Cerveteri foi a de ver um time focado no próprio negócio, com uma cultura peculiar, vencedora, intensidade juvenil e capacidade de execução.

Poderíamos dizer, usando o jargão do gestor, que a família Collacciani “conseguiu engajar seu público interno em torno de um propósito genuíno”. Mas é melhor afirmar, no jargão mais popular, que o negócio da família se renova a cada geração sem perder a essência. Este é o elemento que conecta o vinho aos seus clientes, mesmo sendo eles brasileiros como nós, com outra cultura.

O bom vinho é um brinde à essência do design thinking.

*Jacques Meir é Diretor de Conhecimento e Plataformas de Conteúdo do Grupo Padrão.

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]