Pesquisar
Close this search box.
/
/
Se receber uma oferta de Netflix de graça, cuidado. Você pode ser vítima de um golpe

Se receber uma oferta de Netflix de graça, cuidado. Você pode ser vítima de um golpe

Cibercriminosos também criaram um comércio ilegal de contas roubadas. Saiba como se proteger desse tipo de golpe

O Netflix já caiu no gosto do brasileiro. A possibilidade de assistir a vários filmes via streaming pagando pouco, obviamente agrada a todos. No entanto, a popularidade do serviço também chamou a atenção de quem quer se aproveitar desse sucesso para aplicar golpes. Especialmente porque há demanda por formas gratuitas de acessar os serviços. Além disso, criou-se um mercado paralelo que oferece credenciais roubadas com um custo mais baixo.

O alerta vem dos analistas da Kaspersky Lab, que identificaram trojans sendo disseminados por meio de ofertas que prometem até mesmo dar acesso ao Netflix gratuitamente.

O tipo de malware que será baixado depende do criminoso por trás do golpe, mas os mais usados são keyloggers que servem para roubar seus dados financeiros, além de RATs, que permitem ao golpista controlar sua máquina.
golpe-netflix-modalidade-1

Uma técnica utilizada, por exemplo, é mandar falsas promoções, de olho nos dados do seu cartão de crédito para clonagem. Em uma das mensagens, os criminosos criaram uma promoção falsa entre o Netflix e o canal Telecine, que oferece seis meses de acesso grátis aos conteúdos de ambos. Ao clicar no link para ativar a oferta, o usuário é direcionado para uma página que solicitará as informações de acesso do usuário e o número do seu cartão de credito.

golpe-netflix-modalidade-2

Golpes como esses (e outros) sustentam o mercado paralelo brasileiro de credenciais do Netflix. Em um dos portais, por exemplo, o internauta pode acessar por três dias o serviço sem pagar nada. Uma assinatura mensal usando um login roubado custa apenas 10 reais. Para se ter uma ideia, uma conta completa, com acesso simultâneo em até quatro dispositivos e por tempo indeterminado, é comercializada por 20 reais (contra 30 reais no serviço legítimo).

golpe-netflix-pacote-roubo

“O roubo do login do Netflix pode inviabilizar o acesso do proprietário ao serviço, pois muitas contas não possuem o acesso simultâneo e pelo fato do criminoso ter acesso a suas informações de pagamento, como o cartão de crédito”, explica Fabio Assolini, analista sênior da Kaspersky no Brasil.

Como proteger sua conta

Infelizmente o Netflix ainda não oferece aos usuários brasileiros recursos de segurança avançados para impedir o roubo de uma conta, como a dupla autenticação. Assim, para proteger sua conta é necessário estar atento às dicas e boas práticas de segurança:

1) Use uma senha (e forte) exclusiva para o serviço: usar códigos repetidos é uma má prática de segurança, mas bem comum para os usuários. Uma senha forte deve contar letras, números e símbolos. Mais importante, não deve ser usada em nenhum outro lugar. Para evitar transtornos, dá para usar um gerenciador de senhas, como o Kaspersky Password Manager.

2)  Fique de olho no cadeado: se for acessar sua conta por meio do navegador web, verifique se a página possui conexão SSL (cadeado de segurança que fica no canto esquerdo do navegador). Se ele não for exibido, feche a página, pois ela é falsa.

3) Cadastre seu número de telefone: essa medida pode ser usada para recuperar sua conta, caso ela seja roubada ou a senha seja esquecida. De fato, esse é atualmente o único recurso de segurança oferecido pelo Netflix aos clientes e é altamente recomendável ativá-lo.

4) Não acredite em promoções mirabolantes: é comum que cibercriminosos enviem promoções com pacotes gratuitos ou recursos que não existem no Netflix. A mensagem sempre trará um link para uma página falsa, que solicitará seu login e/ou número de cartão. Na dúvida é melhor não informar nada e excluir a mensagem.

5) Não seja espertinho, o barato pode sair caro: comprar logins roubados ou buscar geradores de logins para tentar usar o serviço gratuitamente pode custar suas informações pessoais e financeiras. A maioria desses programas são falsos e visam apenas infectar o computador do internauta.

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]