Pesquisar
Close this search box.
Como criar conexões EMOCIONAIS COM OS CONSUMIDORES NO DIGITAL?

Como criar conexões EMOCIONAIS COM OS CONSUMIDORES NO DIGITAL?

Fórum CM debate a análise de dados na criação de valor e informação para o Customer Experience

É fácil compreender como os dados têm revolucionado a maneira de se fazer negócios. Em linhas gerais, se temos uma noção de como funciona a opinião e os hábitos do consumidor, devemos esse conhecimento a eles e à tecnologia envolvida para capturá-los. Entretanto, a mina de ouro cibernética, às vezes, carrega consigo um risco alto: transformar muitos pressupostos em certezas bloqueia a necessidade constante de atualização da experiência do cliente.

 

Para discutir este e outros caminhos que os dados digitais proporcionam aos negócios, foi realizado o primeiro Fórum Digital da Consumidor Moderno de 2022. O evento contou com a presença de Kleber Bonadia, diretor-geral da CXdzain, vertical de Inteligência e CX; Marcos Mayer, superintendente de Marketing da Connvert; e Alan Santos, head de CX da Connvert, e teve como tema a ciência por trás da experiência.

 

Mediado por Jacques Meir, diretor-executivo de Conhecimento do Grupo Padrão, o fórum discutiu e compartilhou conhecimentos em Customer Experience (CX) e como a utilização da tecnologia e da análise de dados pode trazer resultados efetivos para a experiência do cliente com marcas, produtos e serviços.

 

Mas, como podemos então superar as barreiras de códigos predeterminados quando pensamos em análise de dados? De que forma podemos criar conexões emocionais e significativas com consumidores no ambiente digital? 

 

“Devemos exercitar autenticidade e ter disposição para o diálogo e foco na experiência do cliente”, comenta Meir. No entanto, ele ressalta: “Não é uma experiência de forma gratuita ou pontual, mas, sim, a criação de um sistema voltado para uma experiência ao longo de todos os canais de contato com o cliente.”

NÃO DEIXE SUA EMPRESA SER ESCRAVA DE SEUS PRESSUPOSTOS

Por muito tempo, a coleta de dados consistia em analisar um banco de dados estruturados e transformá-los em informação.

 

“Muitas empresas ainda fazem ‘clusterização’, agrupamentos por ticket médio, valor de produto, tempo de relacionamento etc. Isso passou. O cliente tem hoje sua decisão influenciada em tempo real”, explica Kleber Bonadia, da Connvert.

 

Segundo Meir, hoje, a maior parte das empresas tenta ler dados a partir de seus pressupostos. “Muitas vezes ignorando informações e estágios decisivos
na resolução de um problema ou na construção da melhor abordagem desse novo consumidor.”

 

Bonadia concorda e diz que, de maneira geral, as empresas ainda são escravas de seus pressupostos. “A interpretação dos dados deve desmistificar processos e assumir erros também. Trabalhar essa informação de forma coletável, útil e íntegra é o primeiro passo. Nesse contexto, os vícios de antigamente acabam confundindo as necessidades reais de CX”, ressalta.

TRABALHE AS DORES DO CLIENTE, NÃO AS DA SUA EMPRESA​

No âmbito da evolução tecnológica dentro das empresas, olhar para onde os novos caminhos do relacionamento e da experiência do cliente apontam é o que viabilizará com que a empresa siga adiante. Nessa hora, é o cliente que deve ser o foco dessa transformação. “As empresas ainda trabalham nas suas dores e não nas dores dos clientes”, diz Bonadia.

 

Para Mayer, estamos a todo momento lidando com pessoas e, para que aconteça algum movimento e evolução nesse sentido, deve-se tomar cuidados. “É muito fácil nós prevermos que o problema está em algum processo, em alguma ação do passado. Até aí ninguém se sentirá constrangido. O difícil é colocar o dedo na ferida. Avaliar que é a minha área ou o meu papel que pode ser desempenhando de outra forma.”

O ENTENDIMENTO E A IMPORTÂNCIA DA MATÉRIA-PRIMA

Informação é ativo de valor em todas as esferas de negócios. No atendimento e no relacionamento com clientes, a informação é matéria-prima de primeira grandeza, mas não pode ser negligenciada, tampouco uma empresa hoje pode ser incapaz de realizar essa análise.

 

Para Mayer, as empresas devem estar atentas a dois fatores quando se pensa em informação. “Existe aquela informação do passado, apoiada em pesquisas, que teve sua importância em alguns momentos, mas que, muitas vezes, não é mais o principal dado para determinadas ações.”

 

Reside nessa estratégia a criação de sistemas analíticos de dados com o trabalho não só de coletar essas informações, mas de analisá-las com ciência.

 

“Nesse ponto, a construção de sistemas e treinamento de equipe, para alcançar um nível no qual essas plataformas analíticas possam acompanhar a evolução da experiência do cliente, tornou-se o grande desafio. Quando começarmos a olhar para este ponto, isso facilitará o uso da informação gerada de toda essa matéria-prima que temos em mãos. Evidentemente, temos algumas empresas à frente nesses processos, porém, como a pandemia acelerou a adoção tecnológica, somada à questão digital no comportamento do consumidor, isso acabou revelando que muitas empresas buscaram a tecnologia, mas não a ciência por trás dela”, pontua Alan Santos, head de CX da Connvert.

O FIM DO ENCANTAMENTO, A GERAÇÃO Z E O IMEDIATISMO

A influência da nova geração de consumidores (Z) denomina a narrativa de consumo hoje. Sustentabilidade, decisões de compra a partir da correlação com seus valores em um mundo ágil, phygital e imersivo. Tudo isso está em curso e cria um campo de atuação novo para marcas e empresas no relacionamento com os novos consumidores.

Segundo Bonadia, a palavra-chave aqui é imediatismo. CX para a nova geração, pontua Mayer, não se trata de encantamento e, sim, de entendimento e funcionamento. “Hoje, o consumidor espera que as coisas simplesmente funcionem.”

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]