Pesquisar
Close this search box.
A tecnologia a serviço do marketing

A tecnologia a serviço do marketing

Bruno Peres, coordenador de Marketing Digital da ESPM, comenta a ação da marca Havaianas e avalia como a tecnologia ressignifica a experiência do cliente e estabelece novas fronteiras para o marketing em 2024

Recentemente, uma das sete novas maravilhas do mundo, o Cristo Redentor, foi visto calçando os icônicos chinelos havaianas. Em uma ação de marketing ousada, a marca Havaianas utilizou uma tecnologia de computação gráfica para chamar a atenção do público e mostrar que pode estar em qualquer lugar. Para além disso, chamou a atenção para como a tecnologia pode impulsionar o marketing. 

O termo Computer Graphic Imagery (CGI) surgiu na década de 60, criado por um designer gráfico norte-americano chamado William Fetter. Desde então, a indústria do cinema foi uma das que mais se beneficiaram da evolução dessa tecnologia. As possibilidades de criação de universos e personagens garantiram que a imaginação de cineastas e animadores não tivesse limites. Sucessos dos cinemas como Star Wars, Matrix, Avatar, Hulk e Os Vingadores são apenas alguns dos exemplos de produções que criaram personagens e universos incrivelmente realistas com o uso da CGI.

Para Bruno Peres, consultor, professor e coordenador de Marketing Digital da ESPM, a utilização dessa tecnologia pela marca Havaianas explora todo o seu potencial “na construção de valor marca”.  “Fica claro que, independentemente da tecnologia utilizada, a marca buscou estar em sintonia com as possibilidades de encantamento geradas por ferramentas tecnológicas como essa. Utilizar com sabedoria todo o potencial que a tecnologia propicia na criação de uma peça publicitária, além de criar uma experiência impactante e memorável, é um atributo importantíssimo de diferenciação de mercado”, pontua Peres.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

A IA pode redefinir o marketing?

Cada vez mais, vemos o marketing se aproximar de tecnologias para impulsionar as marcas, seja revisitando e explorando aquelas mais utilizadas, seja buscando em novas tecnologias outras capacidades de criação, de compreensão de público e consumo. Sobre a utilização da Inteligência Artificial (IA) no marketing, uma tecnologia no hype de criação e exploração atualmente, paira uma questão: A IA estaria redefinindo a criação no marketing? 

Para Bruno Peres, “ainda não, mas irá”. O especialista avalia que seus recursos estão em vias de auxiliar as agências a mapear comportamentos, públicos e regiões com muito mais intensidade. Além disso, permitirá a criação de campanhas de forma mais ágil e com redução de custos. “Hoje, já percebemos muitos profissionais se especializando em ferramentas baseadas em IA. E já temos a utilização dela na produção de textos, vozes e, sobretudo, na produção de vídeos”, destaca Peres.

Para o especialista, essa capacidade de redefinição do marketing pela tecnologia e, principalmente pela IA, aponta grandes oportunidades, mas também grandes desafios. “O principal desafio é estar atento ao copywriter, especialmente na captura de imagens, ou seja, ter criações autênticas e de qualidade e profissionais capacitados e cientes desse risco é um ponto que deve ser muito bem analisado dentro das agências. Veremos cada vez mais a IA trazendo mais qualidade nas criações, o que também traz um risco muito maior de plágio”, alerta Peres.

Nessa jornada, além da tecnologia, o marketing lida com outras tendências e desafios na criação. “Hoje convivemos com valores que, há alguns anos, não eram tão observados e que agora ganham maior relevância para a sociedade. As marcas são um reflexo da sociedade e precisam se adaptar. Um exemplo é o ‘ativismo de marca’, além dos valores sociais e ambientais, que nunca serão descartados. São atributos com os quais cada marca precisa avaliar e entender a necessidade de construir essa conexão, caso ela queira ganhar relevância em seu segmento”, destaca.

Bruno Peres,
consultor, professor e coordenador de Marketing Digital da ESPM

Uma evolução que requer atenção

A ação da Havaianas no Cristo Redentor denota muito bem a sinergia da marca com aquilo que a tecnologia pode propiciar para o marketing: explorar novas fronteiras e criar experiências. O surgimento da tecnologia de William Fetter, décadas atrás, inspirou a Havaianas a retribuir o carinho e o reconhecimento do povo carioca, que há anos elege a marca como representante do estilo de vida do Rio.

Se atualmente, além das tecnologias revisitadas, a IA vem sendo inserida dentro das agências de marketing, é necessário que criativos e marcas se atenham à responsabilidade por trás da exploração e do uso dessa nova ferramenta. Talvez seja este o ponto sensível da nova jornada para o marketing em 2024.

“No marketing, acompanharmos essa evolução comportamental e fazer bom uso de ferramentas tecnológicas é um caminho natural. Certamente, a IA generativa é a mais mapeada e será muito utilizada de várias formas. Entretanto, quando utilizá-la e como utilizá-la é o ponto. São modelos de boas práticas que ainda estão acontecendo”, conclui Bruno Peres. 

SUMÁRIO – Edição 283

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Imagem idealizada por Melissa Lulio,
gerada por IA via DALL·E da OpenAI, editada por Nádia Reinig


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

Coordenador de Marketing de Performance 
Jonas Lopes 
[email protected]

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 283

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Imagem idealizada por Melissa Lulio,
gerada por IA via DALL·E da OpenAI, editada por Nádia Reinig


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

Coordenador de Marketing de Performance 
Jonas Lopes 
[email protected]

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]