Pesquisar
Close this search box.
/
/
Relacionamento de marcas com consumidores está mais para namoro: Eu aceito!

Relacionamento de marcas com consumidores está mais para namoro: Eu aceito!

Daqui pra frente tudo é phygital e as marcas estão cada vez mais conectadas ao consumidor, mas precisam ser gentis, transparentes e leais, como em um namoro

As inovações aceleradas pela pandemia nos fazem olhar cada vez mais para o ser humano e entender sua relação com marcas e empresas através da tecnologia. É engraçado pensar nisso, mas o ambiente físico agora se expande em um ecossistema que também é digital, então estamos a todo momento emprestando expressões da natureza e das relações humanas para falar dessas novas formas de se relacionar.

Com a nova lei geral de proteção de dados (LGPD), uma avalanche de pedidos desliza pelas telas do público, os induzindo a clicar em “Eu Aceito“. Mas para pensarmos nesse aceite, temos que rever certos limites de liberdade individual e relacionamentos. Pense bem, até o Oráculo em Matrix oferece um ‘cookie’ para o Neo antes de rodar o seu programa…  Porque, a partir desse sim, inicia-se uma relação na qual as empresas comprometem-se a gerenciar e armazenar os dados dos usuários que, em contrapartida, aceitam receber informações e serem acompanhados de perto pelas marcas.

Isso reflete diretamente no dia a dia de uma martech agency que deve estar preparada para o presente e vislumbrar o futuro das ativações com os consumidores, numa era Phygital  em que a simbiose entre o físico e o digital vai representar a totalidade, em uma somatória no entanto que vai pender em cada momento mais para lá ou para cá. Mas será preciso mesmo diferenciar um de outro ou o caminho é vê-los como parte de um todo?

Simbiose?!

Trata-se de um termo referente à associação benéfica/complementar de longo prazo entre dois organismos vivos. Também pode-se dizer da interação entre dois ou mais organismos diferentes; ou até sobre uma associação íntima entre pessoas.

Já deu para entender para que lado estamos caminhando?


Podcast Circle Consumidor Moderno: A nova realidade dos eventos é phygital; ouça e saiba o que esperar


Pois é, a partir do primeiro contato com o púbico nos conectamos à ele através de ferramentas digitais para incrementar e acompanhar sua jornada sempre com muito respeito aos dados fornecidos. Assim como num namoro devemos ser transparentes, leais, gentis, cordiais e pensar no longo prazo e benefício de ambas as partes do relacionamento.

O relacionamento híbrido

Na era phygital podemos pensar em lives em que o complemento do físico pode ser o digital, mas que a premissa contrária é tão real quanto. Em que, na verdade, definir quantos por cento de um ou de outro está cada vez mais difícil de se compreender. Se participantes estiverem conectados a um evento, seja para assistir ou aprender com grandes especialistas e ao mesmo tempo serem protagonistas através de enquetes, games ou até mesmo também entrarem ao vivo na telinha, o presencial tem que existir para ser um diferencial. Afinal de contas, mesmo quem estiver fisicamente no evento vai se conectar com seu celular e participar das ativações acima descritas.

No PDV gatilhos como QR Codes para sites fazem o consumidor se conectar a marca, se aprofundarem no assunto ou numa promoção, ou também os levam às redes sociais para acompanhar de perto e curtir o que aquela empresa oferece, comunica e entrega.

Quando os eventos voltarem ao presencial sem restrições, eles não deixarão o digital para trás, pois essa conexão sempre se estabelecerá para dar continuidade no contato com o público que hoje não vive sem seus smartphones em mãos. A jornada do participante deverá sempre ser pensada no físico e no digital para conectar, encantar e entregar a melhor experiência. Por isso o UX (User Experience) deve ser levado ainda mais em conta nesse novo contexto de relacionamento entre marcas e consumidores, onde as experiências marcantes ficam guardadas na memória física e digital.

Assim como vale sempre a pergunta inicial – você aceita começar a relação? – cabe também a continuidade – e aí, vamos namorar?

Siga sua marca favorita nas redes sociais e parta para o like attack, quem sabe vocês não dão match um dia.

* Fabio Pacheco é Head de Estratégia Criativa da Netza, idealizadora da Circle Aceleradora


+ Notícias 

Entenda e acabe com as zonas de atrito na jornada do cliente 

Desafios do atendimento: palavras mágicas para pessoas e robôs 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]