Pesquisar
Close this search box.
/
/
Paridade de gêneros nas empresas: É possível?

Paridade de gêneros nas empresas: É possível?

Confira o que revela uma pesquisa da ManpowerGroup sobre as mulheres e os homens serem tratados da mesma forma no mercado de trabalho

Ganhar o mesmo salário para realizar a mesma função. Conquistar cargos de chefia. Não ficar de fora em seleções para vagas (por causa da maternidade). Esses são alguns desejos das mulheres no mercado de trabalho. E eles podem não estar tão perto de acontecer quanto gostaríamos, mas também não são impossíveis.

Segundo uma nova pesquisa da ManpowerGroup, 97% dos Millennials (Geração Y) acreditam que sua geração finalmente alcançará a igualdade de oportunidades para líderes femininas emergentes.

No entanto, eles não acham que isso acontecerá antes de pelo menos 21 anos. Os mais otimistas, líderes do sexo masculino mais estabelecidos, estimam que o campo de atuação ficará nivelado ao longo dos próximos 14 anos.

A já reconhecida cultura machista é apontada como principal obstáculo, inclusive por líderes masculinos. Para a diretora de RH e Marketing do ManpowerGroup Brasil, Márcia Almström, assim como todos os países latinos, o Brasil tem uma cultura machista, com os papéis bastante delimitados entre os gêneros. “No entanto, a presença da mulher no mundo corporativo é uma realidade que se mostra cada dia mais presente aqui e é uma força propulsora para a mudança”, avalia.

Aliás, 59% dos entrevistados disseram acreditar que a única coisa poderosa que uma organização pode fazer para promover mais mulheres líderes é criar uma cultura de gênero neutro liderada pelo CEO. Já para 42%, a chave para tanto está no trabalho flexível, o que requer uma nova maneira de trabalhar, focada em desempenho.

“Está provado que o problema não se corrigirá sozinho – estamos presos em uma discussão circular”, disse Mara Swan, Vice-Presidente Executiva de Estratégia Global e Talentos do ManpowerGroup e Presidente Adjunta do Conselho da Agenda Global do Fórum Econômico Mundial sobre a Paridade de Gênero.

“O aumento da representatividade por meio da colocação de mais mulheres em funções de suporte como Comunicações e RH já não basta. Isso não está mudando a situação. A presença de mais mulheres em cargos de P&G ajudará significativamente a acelerar o fluxo de talentos e liderança. É por isso que encomendamos este relatório – para ajudar a transformar as palavras em ações”, avalia Mara.

“Colocar mulheres em posições de liderança não é apenas um imperativo ético. Quando metade da reserva de talentos e metade dos consumidores são do sexo feminino, isso faz sentido para os negócios, gera uma diversidade de pensamentos e uma melhor tomada de decisões”, disse Jonas Prising, CEO do ManpowerGroup.

“Os CEOs precisam ser os donos disso. A criação e a defesa de uma cultura de inclusão consciente são uma responsabilidade da liderança sênior – articulando um legado de talentos, dizendo como e quando as coisas terão que mudar, e ajudando os líderes a perceberem a seriedade disso. A verdadeira mudança demanda tempo, foco e disciplina”, conclui Prising.


Sobre a Pesquisa

Em agosto de 2015, o ManpowerGroup encomendou um estudo global de 222 Líderes Estabelecidos e Emergentes do sexo masculino e feminino, entre os quais 72 do ManpowerGroup, para investigar suas atitudes com relação à inclusão consciente das mulheres em cargos de liderança. Os líderes foram divididos em 111 executivos sênior (C-Suite) estabelecidos e 111 líderes da próxima geração com menos de 45 anos de idade que respondem diretamente às lideranças sênior ou a até dois níveis abaixo. Houve um equilíbrio entre homens e mulheres, em 25 países, fornecendo perspectivas regionais das Américas, Europa e Oriente Médio e Ásia-Pacífico. As entrevistas mais aprofundadas ocorreram entre 07 de agosto e 30 de setembro de 2015, totalizando mais de 130 horas de áudio que foram transcritas, traduzidas e analisadas utilizando uma mistura de métodos qualitativos e quantitativos.

 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]