Pesquisar
Close this search box.
/
/
TV CM: Dr. Consulta, um bom remédio para a saúde privada

TV CM: Dr. Consulta, um bom remédio para a saúde privada

O Dr. Consulta revolucionou o mercado de saúde. Confira matéria especial realizada em uma de suas unidades e entrevista exclusiva sobre seu modelo de negócio

A crise econômica pela qual o Brasil passou nos últimos anos derrubou diversos setores. Alguns, no entanto, foram mais afetados do que os outros. É o caso do mercado de saúde. Somente nos dois últimos, segundo a Agência Nacional de Saúde Suplementar, 2,6 milhões de pessoas deixaram de ter planos de saúde. O maior vilão para esse resultado foi o desemprego. Estes resultados, contudo, não afetaram apenas as empresas.

Com menos segurados pela iniciativa privada, o Estado, que tem como dever fornecer saúde universal à população, tem mais gastos com o setor. Ao mesmo tempo, com a recessão, ele possui menor arrecadação. Ou seja, a conta não fecha. Diante desse cenário, novos modelos de negócio em saúde, como o Dr. Consulta, estão surgindo.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

Nos últimos seis anos, a companhia apresentou uma série de novidades para um público carente de serviços médicos básicos, como exames e consultas. Primeiro, a companhia posicionou o seu paciente no centro do negócio, conferindo-lhe poderes como a possibilidade de marcar consultas e exames (e não raro no mesmo dia) por meios digitais – computador ou smartphone. Algo nunca antes visto.

Ao mesmo tempo, para que o negócio realmente funcionasse, os diferenciais foram a eficiência na gestão e a agressividade na expansão. E, claro, o encantamento do consumidor, segundo Renato Velloso Dias Cardoso, investidor, membro do conselho e vice-presidente de desenvolvimento de mercado e novos negócios do Dr. Consulta. Confira matéria realizada em uma das unidades de São Paulo da empresa:

Modelo de negócio

Cardoso é um dos responsáveis pela empresa criada em 2011 e que, atualmente, possui mais de 45 centros médicos espalhados pelo Estado de São Paulo. O executivo falou à Consumidor Moderno com exclusividade. Veja:

Quais são os pilares da gestão da empresa?

Em primeiro lugar, o Dr. Consulta foi idealizado para levar uma saúde de alta qualidade e eficiente, mas de maneira bastante acessível. E dentro do nosso conceito de acessibilidade, não estamos falando apenas de valor justo da consulta ou do exame, mas também de estar acessível na hora em que o paciente necessita. Seja em termos de localização, seja na facilidade de acesso às agendas.

Uma questão importante para o consumidor é o preço. Por que o Dr. Consulta é tão barato?

Uma coisa que lemos sobre nós e que não gostamos é que o nosso preço é barato. Quando você fala que uma coisa é cara ou barata, logo você está comparando com alguma coisa. Como iniciamos um segmento novo na saúde brasileira não existe ponto de referência, consequentemente não existe caro ou barato. Entendemos que o preço é justo pela qualidade da saúde que entregamos e que nos permite ter um NPS (Net Promoter Score) altíssimo, que está batendo 72%. Isso é mais alto do que empresas como Amazon, Google e Facebook. E a avaliação do nosso paciente aos médicos é positiva em 96% dos casos.

E o que foi feito que encantou tanto o consumidor?

Entendemos que o consumidor moderno é um cara que não privilegia apenas a qualidade. Afinal, qualidade é uma ideia essencial à medicina. Não tem como ser mais ou menos com saúde. Mas esse cliente também privilegia o tempo. Então, ele procura uma companhia disruptiva e transformadora do seu segmento, como é o caso do Dr. Consulta. Aqui, o cliente utiliza um aplicativo ou um site para agendar uma consulta em segundos, sendo que muitas vezes é possível ser atendido no mesmo dia. Ou seja, você atende o seu cliente de maneira muito ágil, rápida e ainda oferece uma contrapartida de qualidade. Se a experiência não for boa, o cliente desaparece.

Muitos dizem que o Dr. Consulta é uma clínica popular, uma definição que a empresa costuma discordar. Afinal, o que é a empresa?

Na essência, o Dr. Consulta não é uma rede de centros médicos populares. Somos confundidos, pois a inicialmente nosso modelo era baseado apenas nas consultas e exames. Hoje vamos além disso. Trabalhamos as informações que obtemos dos pacientes, desenvolvemos algoritmos, utilizamos uma robusta plataforma de Inteligência Artificial e desenvolvemos modelos preditivos que nos ajudam na gestão de saúde dos pacientes. Temos seis anos e, nos últimos três anos, testamos diversos modelos que fossem escaláveis. Então, chegamos ao modelo atual. Nós nos concentramos em uma classe de pessoas que não tinham acesso aos planos de saúde, pois não tinham como pagar por esse serviço. No entanto, identificamos que esse mesmo grupo tinha condição de pagar alguma saúde privada acessível.

E, a partir desses resultados, o alvo e o objetivo do Dr. Consulta foram ampliados?

Exatamente. Hoje, somos uma empresa de gestão de saúde. Não olhamos apenas o episódio de um paciente, mas temos uma visão 360º da saúde dele. Olhamos a necessidade futura do consumidor. Temos aí um elemento chave, que é despertar no cliente a necessidade dele se tratar ao longo da vida. Com uma visão de prevenção, ele vai melhorar a vida dele e, consequentemente, trazer melhores indicadores.

*Consumidor Moderno em colaboração com Dr. Consulta

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]