Pesquisar
Close this search box.
/
/
Compartilhar: a pauta do mundo dos negócios

Compartilhar: a pauta do mundo dos negócios

A ideia de dividir ou usar temporariamente produtos e serviços em vez de possuí-los: bem vindo à economia de compartilhamento

A economia compartilhada tem gerado uma mudança no mundo dos negócios e na cultura. Graças à tecnologia, internet e os sistemas as pessoas ampliam suas possibilidades sem fazer o mesmo com o desperdício de dinheiro. Hoje o ato de compartilhar ajudou a aumentar o número de pessoas que viajam pelo mundo conhecendo, de forma diferente, as culturas existentes nos lugares visitados.

A proposta do consumo colaborativo vai ao encontro da sustentabilidade e da crise mundial: você ajuda a conservar a matéria-prima e a diminuir o desperdício. Além do que, a troca, empréstimo ou compartilhamento é existente pelo tempo necessário e acordado em as partes.

Segundo o Aurélio, compartilhar significa: 1. ter parte em, participar de; 2.partilhar com alguém.

A nova maneira de fazer negócio é uma relação entre desconhecidos, comercial e ao mesmo tempo pessoal, em que consumidor e fornecedor se confundem. Isso é a base da chamada economia compartilhada.

?A economia compartilhada está alinhada ao propósito de sustentabilidade”, defende Lucas Foster, especialista em economia criativa. “No modelo tradicional, nós produzimos, vendemos e eventualmente nos desfazemos de algo. Nesse novo formato, aquela primeira e única transação dá lugar a muitas outras”, afirma a empreendedora norte-americana Lisa Gansky, autora do livro “Mesh – Por que o Futuro dos Negócios é Compartilhar”, ambos para o portal UOL.

Confira alguns exemplos de apps e portais de economia compartilhada.

1.    Waze
Quem usa o famoso aplicativo sobre as melhores rotas para se locomover nas cidades também colabora para que ele funcione cada vez melhor.  A partir do GPS de cada celular conectado, o Waze é alimentado com dados sobre velocidade nas vias. Além disso, seus usuários podem alimentar o mapa com dados sobre radar, policiamento, acidentes, etc;

2.    Moovit
O Moovit também surgiu para ajudar os usuários no trânsito, só que para quem usa o transporte público. Os dados transmitidos por todos os celulares conectados com o app identificam as melhores rotas de ônibus, trem e metrô, nas principais cidades do mundo. O aplicativo é gratuito, tanto para IOS quanto para ANDROID;

3.    Uber
O mais famoso aplicativo para conectar passageiros e condutores particulares. Para trabalhar para o Uber, o candidato precisa ter carteira de motorista profissional e plano de seguro. Os selecionados passam por um treinamento sobre padrão de atendimento. Roupas formais obrigatórias e oferta de água para os clientes são alguns diferenciais. O Uber já está presente em 260 cidades no mundo;

4.    Getaround
Para aluguel particular de carros nasceu o Getaround. Pode ser feito por um dia, uma semana, uma hora. Os proprietários são quem estipulam o preço. O app funciona em São Francisco e San Diego, na Califórnia;

5.    Spinlister
O Spinlister é voltado para o aluguel de bicicletas em algumas cidades dos Estados Unidos. O interessado informa onde está e o aplicativo encontra qual a bicicleta ?encostada? mais próxima. É possível filtrar tipo de bike e faixa de preço. Utilizando o cartão de crédito o pagamento é realizado pelo celular. Tanto o locador como o locatário pode avaliar a experiência de compartilhamento;

6.    Vitrina
É um aplicativo para comprarmos e trocarmos roupas e acessórios. Considerado um ?shopping? na palma de suas mãos, tanto lojas como pessoas físicas podem colocar produtos a venda, sejam novos ou usados. As compras e os recebimentos são realizados através do PayPal;

7.    Retroca
É possível comprar e vender roupas de crianças. Todas as peças passam por uma rigorosa análise de qualidade, são inspecionadas manualmente uma por uma e as que apresentarem qualquer defeitinho, bolinha, furinho, mancha, etc, são desclassificadas e não entram na loja online, mas são doadas para instituições parceiras;

8.    Catarse
Imagine o quanto de ideias e projetos interessantes existentes mundo a fora morrem por um motivo: falta de verba! Uma alternativa é convidar as pessoas que dizem ?que ideia boa? para colaborar financeiramente para que o seu projeto ganhe asas. Esse é o fundamento do Crowdfunding (financiamento coletivo). No Brasil temos o Catarse, uma plataforma que financia projetos criativos.

Além do boom do compartilhamento de carros ? que já chegou ao Brasil.

Confira um pouco mais sobre economia compartilhada no vídeo abaixo.

Com informações dos portais Consumidor Moderno, UOL e Estadão.

Leia mais:
Consumo colaborativo: empresária cria site de troca, empréstimo e compartilhamento de brinquedos
Compartilhamento de carros elétricos chega ao Brasil
Anarquistas econômicos: a revolução a partir do compartilhamento

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]