Pesquisar
Close this search box.
/
/
Como quitar suas dívidas e fugir da inadimplência

Como quitar suas dívidas e fugir da inadimplência

Para brasileiros, falta de planejamento no orçamento pessoal é o maior causador de dívidas, que ficam cerca de 70% mais caras do que o valor inicial

Uma vez inadimplente, é difícil recuperar o seu crédito. Para ser mais exato, no caso do consumidor brasileiro, demora-se cerca de dois anos para deixar de ter o nome sujo. Além de demorar para conseguir limpar o seu nome, segundo pesquisa do SPC Brasil e do Portal Meu Bolso Feliz, o consumidor brasileiro inadimplente normalmente tem suas dívidas distribuídas em quase quatro empresas diferentes. A maioria, adquirida por meio do cartão de crédito e de lojas, formando um débito total junto às empresas credoras que ultrapassa R$21 mil.

Ainda segundo a pesquisa, as dívidas dos brasileiros (adimplentes e inadimplentes), embutidas as multas e as taxas cobradas pelo atraso, chegam a um valor final até 70% maior do que o inicial. Com todos esses dados, é seguro dizer que acumular dívidas é um mau negócio, não?

Ao avaliar este cenário, é importante entender quais os motivos que te levaram a entrar na dívida e, mais do que isso, procurar a melhor maneira de quitá-la. Ao final, você tem como encontrar tranquilidade financeira.

Por que você entrou nessa enrascada?

Quase metade dos consumidores entre inadimplentes e ex-inadimplentes ouvidos na pesquisa afirmam que a falta de planejamento no orçamento pessoal é a principal razão para não pagar as contas. Se esse for o seu caso, é hora de começar a se organizar.

O passo a passo para acabar com a dívida
Segundo a pesquisa, quando você resolve quitar sua dívida, enfrenta um problema grave: encontrar a melhor maneira de eliminar a pendência que, provavelmente, já está muito maior do que você imaginava. Neste cenário, a bola de neve já aumentou e suas despesas, somadas às dívidas, podem até estar maiores que os ganhos. Esta é a hora de renegociar o que deve e, talvez, buscar um empréstimo para pagar suas contas. Veja o passo a passo completo.

Passo 1 ? Identifique o tamanho da sua dívida
Calcule exatamente o quanto deve. Se não souber ao certo, procure os credores para descobrir. Lembre-se que o valor deve considerar o montante emprestado mais os juros embutidos. Se necessário, peça ajuda para fazer esse cálculo. Faça isso com todas as suas dívidas;

Passo 2 ? Veja quanto pode pagar por mês
Use o Diagnóstico Financeiro, inclua suas despesas fixas, o empréstimo e os juros a serem pagos. Dessa forma, você planeja o pagamento de todas as suas contas e descobre o valor e o número de parcelas que pode pagar, já tendo uma proposta fechada para negociação. Se tiver uma poupança, esta é a hora de utilizar o dinheiro guardado para ajudá-lo a sair das dívidas. Quando sair do vermelho, aí recomece a poupar;

Passo 3 ? Como negociar com os credores
Segundo a pesquisa, na hora de pagar as dívidas, 41% dos entrevistados alegam que a maior dificuldade enfrentada é o valor proposto na negociação, considerado acima de suas possibilidades. 21% alegam que o valor da dívida está muito acima de seus ganhos e 19% citam a dificuldade em negociar prazos de pagamento. Há ainda os que desejam negociar, mas não sabem como o fazer (19%). A negociação com o credor é umas das mais importantes atitudes para resolver a sua situação. Veja a melhor forma de fazer isso:

? Saber exatamente o quanto possui para negociar é fundamental ao discutir a sua dívida com o credor. Antes de chegar para a conversa, certifique-se de ter coberto todas as possibilidades. Há alguma economia extra ou algum ?bico? que possa fazer para ajudar? E algum bem como carro ou eletrodoméstico que possa ser vendido para que o dinheiro extra seja usado no pagamento das dívidas? É preciso saber de fato o quanto você pode oferecer;

? Procure o seu credor. Se você não souber quem é o profissional da empresa credora que você deve procurar, entre em contato com a central de relacionamento e eles certamente lhe encaminharão à pessoa certa. Junto ao credor, busque entender como e quando seu nome ficará sujo e quais as alternativas existentes para seu caso;

? Se você tem mais de uma dívida, a solução é conversar com todos os credores e entender qual a sua situação em cada uma das empresas para as quais deve. É preciso saber o quanto de juros é cobrado por mês de atraso e quais os prazos propostos por cada empresa. Qual dívida pagar primeiro? ?Em primeiro lugar, procure pagar a que possui a maior taxa de juros. Depois, priorize a dívida mais alta?, explica Marcela Kawauti, economista-chefe do SPC Brasil. Não se preocupe em deixar uma dívida de lado enquanto paga outra. Tratando-se de dívidas, vale a premissa de se resolver ?um problema de cada vez?. Com tempo, paciência, organização e disciplina, você quitará todas as suas dívidas;

Passo 4 ? Avalie as propostas que pode fazer à empresa credora ou ao banco
Proposta 1: redução do valor da dívida
Sabendo o valor exato que pode oferecer e com quem falar, inicie a negociação. Neste momento é importante ser sincero, deixando clara a sua real situação financeira e o quanto de fato pode pagar. Lembre-se que o credor tem tanto interesse em receber a dívida quanto você tem em quitá-la. Assim, com uma conversa franca, pode ser mais fácil chegar a um valor e em um número de parcelas que sejam bons para ambos;

Proposta 2: mudança no tipo de financiamento
Quando não houver dinheiro para a quitação da dívida, mesmo após a proposta de negociação, junto ao banco, proponha uma mudança no tipo de financiamento que você está usando.

Neste último caso, você pode obter um empréstimo mais barato, como, por exemplo, o crédito consignado (média de 2% de juros ao mês), para saldar a dívida existente em situações de juros elevados. Você continuará endividado, mas a dívida com juros menores crescerá de forma mais amena. Para te ajudar no processo de escolha, use o Simulador Troca de Dívida;

Passo 5 ? Fuja das armadilhas
Lembre-se que quem empresta dinheiro também cobra juros. Por isso, evite os financiamentos com as maiores taxas, como utilizar cartão de crédito e o cheque especial. Para ajudá-lo a quitar as dívidas, procure os empréstimos com os menores juros, como empréstimo pessoal e empréstimo consignado.

Outro ponto importante é não cair na tentação de buscar empresas que prometem limpar seu nome sem quitar a dívida. Essas ofertas, normalmente, oferecem serviços desnecessários e, muitas vezes, que acabam não funcionando;

Passo 6 ? Tenha foco
Durante esse processo de quitação de dívida, você precisa praticar o autocontrole, cortar gastos supérfluos e deixar de adquirir novas dívidas, sempre evitando o uso do cartão de crédito. Para isso, prepare uma lista com tudo que costuma fazer e avalie sua rotina. Comer fora menos vezes por semana, evitar comprar roupas e falar menos ao telefone para reduzir a conta são boas opções para economizar.

Fonte: portal Meu Bolso Feliz.

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]