Pesquisar
Close this search box.
/
/
Comer de maneira sustentável é caro para um quinto da população mundial

Comer de maneira sustentável é caro para um quinto da população mundial

De acordo com o estudo, mais de 1,6 bilhão de pessoas, especialmente nos países em desenvolvimento, não têm condições de consumir o tipo de dieta balanceada sugerida

Não é segredo que a produção de comida em massa para uma população mundial cada vez maior é uma das grandes causadoras de emissão de gases do efeito estufa.
No começo deste ano, 37 cientistas do mundo todo se reuniram para tentar solucionar o desafio de como será possível alimentar um planeta de 10 bilhões de pessoas no futuro com uma dieta saudável e dentro dos limites sustentáveis do planeta. 
A iniciativa da fundação EAT resultou em uma dieta sustentável que ficou conhecida como “Dieta Planetária”. Ela sugere uma alimentação rica em frutas e legumes, proteínas vegetais e carboidratos integrais. As carnes e laticínios são indicadas em quantidades modestas. 

LEIA TAMBÉM: Como o mundo vai alimentar 10 bilhões de pessoas em 2050?

“O consumo geral de frutas, vegetais, nozes e legumes terá que duplicar, e o consumo de alimentos como carne vermelha e açúcar terá que ser reduzido em mais de 50%. Uma dieta rica em alimentos à base de plantas e com menos alimentos de origem animal confere benefícios à saúde e ao meio ambiente”, explica o cientista Walter Willett, professor da Faculdade de Saúde Pública de Harvard e um dos participantes da iniciativa. 

Um estudo publicado no The Lancet Global Health no começo deste mês questiona um ponto-chave não coberto pelas diretrizes da dieta: ela é sustentável do ponto de vista econômico?

De acordo com o estudo, a resposta é negativa. Mais de 1,6 bilhão de pessoas, especialmente nos países em desenvolvimento, não têm condições de consumir o tipo de dieta balanceada sugerida.

Segundo o levantamento, as refeições mais acessíveis propostas pela “Dieta Planetária” custam, em média, US$ 2,84 por dia, das quais a maior parcela é composta de frutas e legumes (31%), seguidos de nozes (18%), carne ovos e peixes (15%), e laticínios. 
Em países desenvolvidos e com renda per capita alta, a dieta representa em média 6% da renda de uma família.
Em países em desenvolvimento e de baixa renda, o custo aumenta para 89% da renda familiar, tornando a dieta sugerida inviável. 
O estudo conclui que promover uma alimentação mais sustentável é possível e acessível em muitos países. Mas para uma parcela mais vulnerável da população, é necessário uma combinação de renda familiar mais alta, assistência nutricional e subsídios para diminuir o custo dos alimentos. 

Foto Unsplash

Estratégias para a produção sustentável de alimentos

Na iniciativa que definiu a “Dieta Planetária”, os 37 cientistas de 16 países e várias disciplinas, incluindo saúde humana, agricultura, ciências políticas e sustentabilidade ambiental, definiram cinco estratégias para a produção sustentável de alimentos:

Dietas Balanceadas

Os cientistas dizem que é necessário um compromisso internacional e nacional para a adoção de dietas saudáveis. “Este compromisso conjunto pode ser alcançado tornando os alimentos saudáveis mais disponíveis, acessíveis e mais baratos no lugar de alternativas não saudáveis”.


Novas prioridades agrícolas

De acordo com o relatório, políticas agrícolas e marinhas devem ser reorientadas em direção a uma variedade de alimentos nutritivos que aumentam a biodiversidade, em vez de procurar aumentar o volume de algumas colheitas, como acontece com a soja e a cana-de-açúcar. 


Produção moderna e sustentável

O atual sistema de produção de alimentos requer uma nova revolução agrícola baseada na melhoria de uso do solo impulsionada pela sustentabilidade e inovação tecnológica.


Governança da terra e dos oceanos

O relatório indica ser necessário alimentar a humanidade com as terras agrícolas existentes, implementando uma política de expansão zero de novas terras agrícolas em ecossistemas naturais e florestas ricas em espécies. Além disso, é necessário melhorar a gestão dos oceanos do mundo para garantir que as pescarias não impactem negativamente os ecossistemas.


Redução de perdas e desperdício

Soluções tecnológicas aplicadas ao longo da cadeia de abastecimento alimentar e a implementação de políticas públicas são necessárias para alcançar uma redução geral na perda e desperdício global de alimentos.

JÁ SEGUE A CM NO INSTAGRAM?

Ver essa foto no Instagram

 

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL:? ? Comer de maneira sustentável é caro para um quinto da população mundial: ? ? Não é segredo que a produção de comida em massa para uma população mundial cada vez maior é uma das grandes causadoras de emissão de gases do efeito estufa.? ? No começo deste ano, 37 cientistas do mundo todo se reuniram para tentar solucionar o desafio de como será possível alimentar um planeta de 10 bilhões de pessoas no futuro com uma dieta saudável e dentro dos limites sustentáveis do planeta? ? Leia em: consumidormoderno.com.br? ? #lanches #comida #pornfood #sustentabilidade #saudavel #natural #plantbased #comidasaudavel #veganismo #vegetarianismo

Uma publicação compartilhada por Consumidor Moderno (@consumidormoderno) em



+ SOBRE O ASSUNTO

Estresse das mudanças climáticas está causando nova doença: a eco-ansiedade
A natureza como fonte de inspiração para o design sustentável
Como as gerações se relacionam com a comida?
“Vivemos a eterna luta entre o risco e o benefício”

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]