Pesquisar
Close this search box.
/
/
Até que o dinheiro, ou a falta dele, nos separe

Até que o dinheiro, ou a falta dele, nos separe

Dinheiro é a principal causa de brigas entre os casais; novo teste da Serasa revela se você conhece bem seu parceiro financeiramente

Transparência e honestidade devem guiar as questões que afetam o bolso e o coração dos casais. Falar abertamente sobre dinheiro e não esconder as finanças do parceiro são algumas dicas dos especialistas da Serasa para uma relação saudável e sólida. Novo teste da empresa pode ajudá-lo a descobrir se o seu relacionamento está indo em direção à riqueza ou à falência.

?O dinheiro é mais importante do que sexo quando se trata da duração ou da ruptura de um casamento?. Embora a frase do educador financeiro americano, Alvin Hall, seja polêmica, o dinheiro é, segundo estudos da Experian, a principal causa das brigas entre os casais. Uma pesquisa feita no Reino Unido com 3 mil pessoas, apontou que questões financeiras representaram 56% das causas de divórcio nos últimos seis anos.

De acordo com os especialistas da Serasa, os estudos britânicos se aplicam totalmente à realidade brasileira. ?Quando entrevistamos consumidores brasileiros, em pesquisas sobre educação financeira, percebemos que o dinheiro é a principal causa de conflito entre os casais. Sabemos que demora um tempo para que qualquer casal se sinta confortável para discutir sobre finanças, mas para que o relacionamento não acabe, é fundamental que os parceiros entendam o impacto das decisões financeiras no dia a dia e como isso pode afetar a vida a dois, diz a gerente do SerasaConsumidor, Karla Longo.

Pensando em contribuir para melhor compreensão do assunto, o SerasaConsumidor, braço da Serasa Experian voltado para os consumidores, propõe um teste que permite avaliar o quanto uma pessoa conhece ou não seu companheiro (a), levando a uma reflexão sobre a importância da transparência e honestidade quando se trata de dinheiro.

Saiba o que fazer para não sabotar seu relacionamento
1-    Você conhece bem seu parceiro? Faça o teste e descubra se você é compatível ou não financeiramente com o seu parceiro;

2-    Esteja aberto a falar sobre dinheiro com o seu companheiro. A maioria dos casais não se sente confortável para discutir sobre questões financeiras com o parceiro;

3-    Não guarde segredos financeiros do parceiro. Uma pesquisa da Experian mostrou que 29% das pessoas no Reino Unido descobriram que seu parceiro tinha contraído uma dívida de cartão de crédito a partir deles. Mesmo que esteja em apuros, a transparência e a honestidade é sempre a melhor saída;

4-    Tenha planos financeiros para o curto, médio e longo prazos. Eleja prioridades e estabeleça metas;

5-    Coloque as contas na ponta do lápis;

6-    Fale sobre seu passado financeiro com o seu parceiro. É muito importante saber se vocês estão, atualmente, na mesma página e como foi o comportamento do parceiro em relação à administração do dinheiro no passado, para que vocês não venham a ter problemas futuros;

7-    Não deixe que as diferenças em relação ao uso do dinheiro desgastem o relacionamento. Um pode querer gastar o dinheiro, por exemplo, na troca de carro e o outro, na decoração da casa;

8-    Discuta seus medos em relação ao dinheiro. Um pode ficar paranoico quando se faz um financiamento, por exemplo, já para o outro isto pode ser natural;

9-    Divida as responsabilidades financeiras, assim, o peso não fica nas costas de um só. A divisão das despesas da casa deve ser de comum acordo;

10-    Discuta suas atitudes em relação às finanças. Se você é um avarento e seu parceiro um gastador ou vice versa, por exemplo, tente primeiro compreender as atitudes do seu parceiro em relação às dívidas;

11-     Nunca gaste sem o acordo de seu parceiro, ele pode trazer à tona questões psicológicas não resolvidas. Para a psicóloga britânica especializada em relacionamentos, Susan Quilliam, desacordos financeiros podem trazer sentimentos poderosos da infância que não foram bem resolvidos. Por exemplo, se o dinheiro era muito apertado na infância, a pessoa pode ficar inquieta com os gastos do outro, mesmo com uma situação confortável agora;

12-    Estabeleça um limite financeiro para algumas extravagâncias. Por exemplo, um jantar fora de casa deve ser prazeroso e não uma dor de cabeça;

13-    Tenha sempre uma reserva para as vacas magras. Você ou seu parceiro pode ter uma redução na renda, perder um emprego ou até mesmo ficar doente. Consultores financeiros da Experian sugerem que vocês tenham um colchão de três a seis meses de salário para eventos inesperados. Uma pesquisa da Universidade de Warwick, Inglaterra, com seis mil casais, apontou que são nas épocas de crise que as chances de divórcio aumentam.

Segundo o professor Andrew Oswald, da Universidade de Warwick e responsável por esta pesquisa, não é a redução da renda que provoca o divórcio, mas, sim a frustração das expectativas. Ainda segundo o estudo britânico, um dos resultados estatísticos mais fortes é que quanto maior a renda do homem, maior a chance de o casal ficar juntos: homens que ganham 20% a mais que suas companheiras são 46% menos propensos a se divorciarem do que aqueles que ganham 20% a menos;

14-     Tenha claro que se seu relacionamento não der certo, você terá de separar suas finanças e isto não acontece automaticamente. Por isso, compreenda o impacto das decisões financeiras no dia a dia e como elas podem afetar a vida de um casal.

Fonte: Serasa Experian.

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]